Protocolo do pedido de registro de um potencial IPO no mercado norte-americano.

Os Conselhos de Administração do GPA, Via Varejo, Casino e Exito aprovaram hoje, 4 de junho de 2014, os principais termos para a criação da nova empresa Cnova ("Cnova N.V.", com sede na Holanda). O pedido de registro de um potencial IPO no mercado americano também foi protocolado.

Cnova será uma grande participante global de comércio eletrônico, com um volume bruto de mercadorias de mais de USD 4,9 bilhões[1] em 2013, com presença no Brasil com os sites Extra.com.br, CasasBahia.com.br e Pontofrio.com.br, operados pela Nova Pontocom (empresa detida majoritariamente pelo GPA e pela Via Varejo) e internacionalmente, através dos sites Cdiscount na França, Colômbia, Tailândia e Vietnã. O sucesso da Cnova terá como base um modelo de negócios de baixo custo com preços atraentes e uma extensa variedade de produtos, com soluções altamente diferenciadas de entrega e de pagamento.



Com base na paridade aprovada, a composição acionária da Cnova será proveniente, de forma indireta, de 53,5 % de GPA, Via Varejo e certos acionistas fundadores da Nova Pontocom; e, diretamente, de 46,5 % do Casino (incluindo sua subsidiária colombiana Exito).

A Cnova será gerida por dois co-CEOs (pelos atuais CEOs da Nova Pontocom e da Cdiscount, German Quiroga e Emmanuel Grenier, respectivamente), que irão se alternar na função de membro do Conselho de Administração.

O primeiro Conselho de Administração da Cnova será composto por nove membros: um dos Co-CEOs; dois conselheiros nomeados pela GPA; um nomeado pela Via Varejo; três conselheiros indicados pelo Casino, entre os quais Jean-Charles Naouri, Presidente do Conselho e CEO do Casino, que também será nomeado Presidente do Conselho de Administração; e dois conselheiros independentes.

A relação existente entre Nova Pontocom, GPA e Via Varejo será preservada, essencialmente, na forma de um aditivo ao Acordo Operacional firmado entre as três empresas, com o objetivo de preservar o relacionamento comercial e o compartilhamento das melhores práticas entre elas, e também na forma de um contrato de licença de marca de longo prazo.

A pedido dos Conselhos de Administração e comitês especiais das companhias envolvidas, fairness opinions foram emitidas do Santander para o Casino, do Credit Suisse para o GPA, do Bank of America Merrill Lynch para a Via Varejo e do Corredores Asociados para o Exito.

Os Conselhos de Administração da GPA, Via Varejo e Casino também autorizaram o protocolo pela Cnova do pedido de registro (Formulário F-1) junto à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), relativa a uma potencial oferta pública inicial no mercado norte-americano, bem como a implementação, por parte das empresas envolvidas, das medidas necessárias para realizar a operação acima.

Informações adicionais:

Um pedido de registro relativo aos títulos da CNova foi protocolado hoje junto à Comissão de valores Mobiliários dos EUA, mas ainda não possui caráter definitivo. O acesso à declaração de registro poderá ser feito acessando EDGAR no site: www.sec.gov.

Esses títulos não poderão ser vendidos, nem poderão ser aceitas ofertas de compra antes do momento em que o registro se torne definitivo.

Este comunicado de imprensa não constitui uma oferta de venda ou uma solicitação de oferta de compra de ações ordinárias da Cnova N.V., nem ocorrerá qualquer venda desses títulos em qualquer estado ou jurisdição onde tal oferta, solicitação ou venda seja ilegal antes do registro ou da qualificação sob as leis de valores mobiliários de qualquer estado.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: