Barulhos de apitos, cornetas, rojão e fogos de artifício podem perturbar os pets, deixando-os estressados

Por conta da audição e sentidos apurados, os animais domésticos são os que mais sofrem em época de comemorações esportivas e festas temáticas. As reações dos pets podem variar, de ataques ao dono e a outros animais até a fugas, ferimentos, quedas ou mesmo recolhimento.

"Os cães escutam barulhos até quatro vezes mais distantes que nós. A audição deles é muito aguçada e os barulhos intensos costumam causar sofrimento, acarretando estresse", explica a veterinária da DrogaVET e especialista em comportamento animal, Mônica Veras.



Em casos mais graves, alguns cães entram em convulsão ou se enforcam na própria coleira, quando não conseguem rompê-la para fugir. Para evitar comportamentos como esses, a veterinária indica treinamentos com sons previamente gravados - quando tocados constantemente, ajudam o animal a aceitar o barulho de forma tranquila. Outra possibilidade é o uso de florais, que, quando receitados pelo veterinário, auxiliam a acalmar os bichinhos.
Por serem reações não previsíveis e que variam de animal para animal, Mônica sugere algumas dicas gerais para que os animais possam participar da festa sem se machucarem:

1) Durante os fogos, o melhor a fazer é deixar os animais tranquilos, em casa, e fechar as janelas para diminuir o barulho.

2) Alguns pets tentam fugir, subir pelas paredes e podem se machucar. Nestes casos, o uso de caixas de transporte evita que eles se machuquem, porém as mesmas já devem ter sido usadas por eles, de modo que reconheçam o acessório como um ambiente familiar e seguro.

3) Medicamentos específicos, recomendados por um veterinário de confiança, ajudam a acalmá-los.

4) Os medicamentos naturais não são prejudiciais. Pelo contrário, trata-se de uma boa opção para tranquilizar pets mais sensíveis ao barulho.
Crédito foto: João Borges

"O ideal é sempre procurar um veterinário para descobrir qual é a melhor opção de prevenção e tratamento para o animal. Dessa forma, donos e pets poderão curtir os jogos e as próximas datas comemorativas de maneira tranquila", finaliza Mônica.
Sobre a DrogaVET

Foi em busca de soluções no segmento de manipulação veterinária, respeitando integralmente todos os princípios éticos que regem a produção de medicamentos e a sua aplicabilidade aos animais que, em 2004, surgiu a DrogaVET. Criada pela farmacêutica Sandra Schuster, a empresa é pioneira no ramo e a maior rede de farmácias de manipulação veterinária no Brasil, especializada em produzir e oferecer produtos com inovação e qualidade, atuando na prevenção, tratamento e prolongação da vida dos animais. Mais informações estão disponíveis no site www.drogavet.com e na FanPage: https://www.facebook.com/pages/DrogaVET/.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: