A drogaria surgiu no mercado com um conceito diferenciado de gestão e foca na conversão de bandeira para crescer

A Rede Bem Drogarias já surgiu no mercado com um conceito totalmente diferenciado e isso é percebido em algumas iniciativas como a criação de um sistema que alerta os clientes quando os remédios de uso contínuo estão próximos de terminar; a mensagem é enviada pelo celular (via SMS) ou então por meio do contato telefônico cadastrado pelo cliente.

Para o Diretor Superintendente, Cesar Vieira, o mecanismo oferece praticidade à vida dos clientes, além de ser um gesto de carinho. “A Rede Bem é uma drogaria que nasceu com o objetivo de fazer parte da vida das pessoas, proporcionando mais conforto na compra de medicamentos. Por essa razão, investimos bastante em atendimento. Lá você não vai encontrar os funcionários atrás do balcão, ao contrário disso, eles estarão sempre recepcionando os clientes atentos a cada necessidade”, explica.



A maior parte dos clientes que se beneficiam dessa tecnologia é idoso que precisa de remédios para pressão, diabetes, colesterol, entre outros. Como esse público no geral não possui acesso a tecnologia, normalmente os alertas são enviados para parentes e/ou cuidadores. Para eles, ter o alerta é uma forma até de controlar o uso correto do medicamento, pois, caso ainda contenham muitos comprimidos conclui-se não estão tomando conforme a orientação médica.

O número de pessoas cadastradas no sistema aumenta diariamente, pois, é um conforto que todos os clientes querem ter, ainda mais quando podem solicitar e receber o remédio em casa. “Percebo a satisfação dos clientes ao gesto de carinho da farmácia. Todos aceitam receber o alerta e alguns até comentam que bom que vocês pensaram nisso. Elogiam a nossa iniciativa e criam uma relação de confiança com a Rede Bem”, explica o sócio-franqueado Adriano Gaberlini.

Para chegar a esse conceito, os executivos fizeram muitas pesquisas no mercado. Tanto visitaram farmácias em diversas cidades como conversaram com o público para identificar o que se esperavam desse serviço. A partir dessas informações, conseguiram estruturar um modelo diferenciado – humanizando o atendimento e potencializando o relacionamento com os clientes.

“Quando as pessoas precisam ir á uma farmácia para comprar um medicamento, entendemos que não estão passando por um momento confortável, pois, por menor que seja o problema é algo que está incomodando como uma dor de cabeça, por exemplo. Por isso, formatamos a Rede Bem para oferecer excelência no atendimento”, conclui.

Uma franquia de sucesso

Em menos de seis meses, a Rede Bem já possui dez unidades com a perspectiva de chegar ao final de 2014 com 50. Até o final de 2016 a meta é atingir 300 franquias. Para alcançar esses números, a empresa mira inicialmente o Estado de São Paulo, com posterior expansão nos demais Estados.

O foco inicial da Rede Bem é a conversão de bandeira, ou seja, fazer com que os donos depequenas drogarias entrem para a rede e passem a usufruir dos benefícios oferecidos. Porém, quem não está no mercado, mas possuí identificação com o setor, também pode se candidatar e ser franqueado.

O varejo farmacêutico brasileirovive um paradigma. De um lado, redes estruturadas e cada vez mais fortes, fruto de fusões e aquisições, muitas vezes com a participação de capital estrangeiro. De outro, as farmácias independentes, em maior número, porém, perdendo espaço a cada ano. De acordo coma consultoriaIMS, até 2017 as grandes redes serão responsáveis por 61% do faturamento do mercado nacional, estimado em R$ 49,6 bilhões. Os grandes já respondem por pelo menos 50% desta receita, mas do total de 65 mil farmácias do Brasil, pelo menos 58,5 mil são independentes.

“O pequeno varejista farmacêutico está fadado a fechar as portas caso não se profissionalize. A concorrência é brutal e somente as empresas estruturadas vão sobreviver,” afirma o diretor superintendente da Rede Bem, Cesar Vieira.

Nome da franquia: Rede Bem

Ano de fundação: 2013
Segmento:Varejo farmacêutico
Número de unidades próprias:01
Número de unidades franqueadas:07
Investimento inicial estimado:De R$ 120.000,00 a R$ 250.000,00
Capital de giro estimado:R$ 30.000,00
Taxa de franquia:Novas R$ 20.000,00 – Conversões R$ 12.000,00

Taxa de royalties:De 1,5 a 3,5 salários mínimos
Taxa de publicidade: Não há cobrança.

Faturamento médio mensal bruto estimado: R$ 150.000,00
Lucro médio mensal (% do faturamento):15%
Prazo de retorno:18 meses
Número de funcionários: 7

Área da unidade: a partir de 50m²

Prazo de contrato:5 Anos
Contato expansão: Cesar Vieira

Telefone:(17) 3033-6322 – 3033-4180

Site:http://www.redebemdrogarias.com.br/

E-mail:superintendente@redebemdrogarias.com.br
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: