O Índice Nacional de Satisfação do Consumidor (INSC), medido pela ESPM, fechou outubro com alta de 2,1 pp, passando de 55,5% em setembro para 57,6% no mês passado. O setor de varejo – integrado por lojas de departamento, supermercados, vestuário e drogarias – também teve crescimento no período, de 0,6% (de 77,6% para 78,2%).

O aumento está diretamente relacionado à performance das lojas de departamento, com alta de 2,7pp – a satisfação foi de 73% em setembro e atingiu 75,7% em outubro. De acordo com Cauê Saraiva, diretor da webSensus, empresa de pesquisa digital do Omnicom Group responsável pela operacionalização do INSC, “o bom desempenho está relacionado às repercussões positivas das ofertas e promoções realizadas, bem como a percepção de bom atendimento, produtos de qualidade e agilidade na entrega”.

Os demais segmentos que compõem o varejo registraram retração: vestuário, de 1,3pp; supermercados de 0,2pp e drogarias, de 0,1pp.

Primeiro e único indicador brasileiro com dados totalmente levantados na internet, o Índice Nacional de Satisfação do Consumidor foi lançado em maio de 2011 e hoje analisa o que pensam os consumidores sobre 92 empresas de 23 setores da economia.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: