Resultado do ano também foi afetado pelo fraco desempenho de dezembro que foi 4,1% menor em relação a 2013

A SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo) em parceria com a Virtual Gate, empresa especializada no monitoramento de tráfego de pessoas em lojas, anunciam o comportamento do ICV 30 (Índice de Consumidores do Varejo Mensal) durante o mês de dezembro e que fecha o desempenho do ano em 2014.

Em 2014, o ICV 30 identificou uma queda de 3,8% no fluxo de clientes no varejo em relação ao ano de 2013. O índice também constatou que, apesar de novembro, mês da Black Friday, ter havido uma forte alta na data, a queda do mês de dezembro puxou para baixo o resultado final do ano. “Sem dúvida, 2014 foi um ano bastante difícil para o comércio varejista. Foi o pior desempenho dos últimos 10 anos”, afirmou Eduardo Terra, presidente da SBVC.



“Esse resultado mostra claramente a necessidade dos governos olharem o consumo como um importante elemento da economia e que precisa de instrumentos ágeis para mantê-lo aquecido. Seja através de incentivos fiscais ou estímulos ao crédito, o fato é que o varejo brasileiro vai precisar de uma atenção especial em 2015 para que ele volte a manter seu papel de equilíbrio na economia nacional”, sugere Eduardo.

Para Heloisa Cranchi, diretora geral da Virtual Gate, empresa que monitora os mais de 1.200 pontos pesquisados, é um ano para ser avaliado com bastante atenção. “Certamente, é um resultado que merece análises cautelosas por parte dos varejistas. Seja pela Copa, seja pelas eleições, ou qualquer outra justificativa, o fato é que, em 2014, o consumidor foi menos às lojas. Há que se buscar alternativas para reverter esse cenário em 2015”, declara Heloisa.

O ICV 30 também comparou o último trimestre de 2014 com mesmo período de 2013 e o resultado também foi negativo: queda de 2,0%. “O desempenho de novembro de 2014, por conta da Black Friday, havia sido muito bom, conforme constatamos através do ICV Saz da data; 46% superior no período da Black Friday. Porém, isso não foi suficiente para melhorar a performance do trimestre, pois dezembro foi realmente muito fraco”, afirma Eduardo Terra.

Na opinião de Terra, pode estar havendo uma real mudança no comportamento do consumidor, que pode estar se dividindo entre a loja física e o comércio eletrônico. “Hoje, as compras online são uma realidade, mas as lojas físicas não deixarão de pertencer ao universo do consumidor. Há que se equilibrar as vocações de cada canal. O cliente pode pesquisar na internet e experimentar na loja. Pode se abastecer de informações na web e fechar o negócio no ponto de venda”, avalia Eduardo. Segundo o presidente da SBVC, o varejista terá que entender profundamente seu cliente e atendê-lo de uma maneira a torná-lo cada vez mais satisfeito.

Os ICV’s (Índices de Consumidores do Varejo) são dois indicadores desenvolvidos para medir o desempenho do fluxo de clientes/consumidores durante o mês que antecede sua divulgação e nas datas calendários do comércio.

Sobre a SBVC

Fundada em 29 de maio de 2014, a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) é uma organização sem fins lucrativos, aberta, multissetorial e com atuação complementar às demais entidades de classe do varejo.

Sua missão será contribuir para o aumento da competividade do varejo, apresentando conteúdos e estudos de mercado, promovendo networking entre executivos do varejo de todos os segmentos, levantando e defendendo os interesses políticos do segmento e promovendo ações sociais. A SBVC nasce sustentada por quatro pilares fundamentais: Conteúdo, Político, Ações Sociais e Relacionamento.

Sobre a Virtual Gate

Fundada em 2002, a Virtual Gate, fornece soluções para o aumento de faturamento dos varejistas através de tecnologia que permitem a gestão do fluxo do consumidor e da taxa de conversão.

A Virtual Gate atende alguma das maiores empresas do País e grandes redes varejistas, além de oferecer soluções de grande valor agregando para médias e pequenas empresas de todo o Brasil, com clientes em todas as regiões.

A Virtual Gate, conta com alguns cases de sucesso em seu portfólio como: C&A, Pernambucanas, Telhanorte, TendTudo, Casa Show, Nike, Livraria Cultura, Saraiva, Lojas Americanas, Farm, Animale, Paquetá, Calvin Klein, Loungerie, L’Occitane, Sephora, entre outros.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: