De acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, o movimento dos consumidores nas lojas em abril de 2015 avançou 0,5% em relação ao mês de março/15, já efetuados os devidos ajustes sazonais. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve alta de 3,0% na atividade do comércio. No acumulado do ano até agora, isto é, de janeiro/15 a abril/15, a atividade varejista avançou 1,2% em relação ao mesmo período do ano passado (janeiro a abril de 2014).
Segundo os economistas da Serasa Experian, o movimento dos consumidores no comércio está ocorrendo com baixo dinamismo neste ano, fruto da inflação mais alta, do aumento das taxas de juros para combatê-la, da elevação dos níveis de desemprego e do baixo grau de confiança dos consumidores. Outro fator que tem prejudicado o movimento varejista nacional é o aumento da inadimplência, que obriga os consumidores que estão nesta situação a cortar gastos e priorizar a quitação/renegociação de dívidas em atraso.


No mês de abril, tivemos aumento do fluxo dos consumidores nos estabelecimento que comercializam móveis, eletroeletrônicos e equipamentos de informática (+0,5%); combustíveis e lubrificantes (+0,4%); e material de construção (+1,0%). Por outro lado, houve variações negativas na movimentação dos consumidores nos seguintes segmentos: supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas (-1,1%); veículos, motos e peças (-3,5%); e tecidos, vestuário, calçados e acessórios (-0,8%).

No período acumulado de janeiro a abril de 2015, três setores estão com crescimento e três com queda. No campo positivo tivemos as altas de 6,7% no segmento de tecidos, vestuário, calçados e acessórios; de 3,8% em móveis, eletroeletrônicos e equipamentos de informática; e de 1,8% nos supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas. Já no território negativo, observamos recuos de 10,6% no segmento de veículos, motos e peças; de 8,7% em combustíveis e lubrificantes; e de 10,5% no segmento de materiais de construção.

Metodologia do Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio

O Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio é construído, exclusivamente, pelo volume de consultas mensais realizadas por estabelecimentos comerciais à base de dados da Serasa Experian. As consultas (nas formas de taxas de crescimentos) são tratadas estatisticamente pelo método das médias aparadas com corte de 20% nas extremidades superiores e inferiores. Com as taxas de crescimento tratadas e ponderadas pelo volume de consultas de cada empresa comercial é construída a série do indicador. A amostra é composta de cerca de 6.000 empresas comerciais e o indicador, com início em janeiro de 2000, é segmentado em seis ramos de atividade comercial.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: