Iniciativa pioneira da entidade promete revolucionar o sistema de cobrança do setor varejista gaúcho


Uma iniciativa da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul - FCDL-RS irá facilitar a quitação de dívidas, permitindo que devedores possam pagar seus débitos de forma simples e anônima, bastando acessar computador, tablet ou smartphone. Trata-se do Quitação FCDL-RS, que entrou em operação no início do mês de junho. O presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch, destaca que a ação pioneira irá revolucionar o sistema de cobrança do setor varejista gaúcho.

- A ideia é proporcionar ao devedor passos simples que lhe permitam saldar seu débito. Por meio do site, será possível acessar um ambiente seguro que vai viabilizar que a pessoa com débito possa negociar com a empresa para qual deve de forma segura, simples e direta - ressalta Vitor Augusto Koch.

O dirigente lembra, ainda, que o uso da tecnologia fará com que consumidores endividados e empresas possam sair ganhando já que há um processo de negociação. O presidente explana que a quitação com a consolidação online, digital e sem intermediários é benéfica para ambas partes.

- Imagine que você é devedor. Ingressa no site, faz uma oferta para quitar seu débito e, em menos de cinco segundos, saberá se ela foi aprovada ou não. Caso seja negada, terá mais duas chances de fazer propostas. Se todas as propostas forem negadas, ainda poderá voltar a propor novos valores após sete dias. Caso a proposta seja aceita, o pagamento poderá ser feito via cartão ou boleto bancário imediatamente. Com o pagamento efetuado, o devedor receberá um aviso de que em até cinco dias úteis terá seu nome sem impedimentos cadastrais - explica.

Para as empresas, a possibilidade de receber débitos também é um aspecto muito positivo do processo, ofertando acréscimos ou descontos para a quitação da dívida de acordo com o número de dias em que ela está em aberto, abrangendo períodos que vão de 30 a 540 dias. Mensalmente o sistema disponibilizará uma lista de todas as propostas feitas pelos clientes devedores, para que a empresa possa avaliar cada uma delas e gerenciar o fluxo de seus recebíveis.

Trabalho intenso

Parceiro da FCDL-RS na implantação deste processo pioneiro de quitação de débitos, o empresário Marcelo Ballona, co-fundador do site submarino.com, atua, hoje, como investidor em empresas de internet nos Estados Unidos, entre elas o TUTI.com, destaca o trabalho intenso realizado nos últimos dois meses e meio para disponibilizar o software com todas as integrações de boleto e cartão de crédito.

- É um conceito importante porque representa uma mudança para sociedade no momento em que o lojista vai poder receber suas dívidas dentro de regras que ele irá estabelecer. A cobrança ativa custa muito caro. Dependendo do tíquete médio, não vale a pena seguir o caminho com gastos de correspondência ou telemarketing. A plataforma do site quitação é única no sentido de oferecer a possibilidade de o lojista escolher os critérios para o recebimento. Para o cliente pessoa física é uma chance de pagar as dívidas a qualquer hora do dia ou noite, na privacidade e conforto do lar. Constatamos que muitas vezes as pessoas não querem se expor fisicamente pela situação de cobrança - avalia o empresário.

A plataforma será totalmente protegida contra fraudes e contra acesso de terceiros que não estejam envolvidos na negociação. Representa uma reabilitação de crédito sem nenhum tipo de constrangimento. O site do programa é www.quitacao.fcdl-rs.com.br.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: