Aplicativo PiggyPeg, criado pela corretora Geração Futuro, do banco Brasil Plural premia consumidores com valores e tem jornal como sócio

Um aplicativo que oferece dinheiro diretamente ao usuário. Esse é o conceito do PiggyPeg, app criado pela corretora Geração Futuro, do banco Brasil Plural, e que tem o Estadão como sócio. O conceito do app é premiar com valores creditado em conta-corrente consumidores que se dispuserem a visitar as lojas cadastradas. Em quatro meses de lançamento, já são 70 mil usuários cadastrados e 200 varejistas, entre eles redes nacionais, como Marisa, de moda feminina, e Chilli Beans, de óculos e acessórios.

PiggyPeg
De acordo com Eduardo Moreira, sócio-diretor da Geração Futuro, o conceito do PiggyPeg é de um programa de fidelidade em que o usuário não precisa trocar pontos e a “moeda” é a geração de fluxo de consumidores para as redes de varejo. O app pode ser usado tanto por grandes cadeias varejistas, que podem selecionar unidades com menor movimento para ofertar os prêmios, quanto por pequenos e médios comerciantes.

Flávio Pestana, diretor executivo Comercial do Grupo Estado, explica que a sociedade no PiggyPeg é uma forma de o Estadão incentivar a criação de ferramentas benéficas para o varejo. “Queremos ajudar no desenvolvimento de tecnologias que melhorem a eficiência e colaborem para as vendas, afirma, acrescentando que o jornal também será parceiro de mídia do aplicativo.”

O cadastro de lojistas no aplicativo é simples. Cada loja ou filial de rede define um prêmio a ser coletado pelo cliente. Os valores geralmente começam em R$ 1, mas há casos de comerciantes oferecendo R$ 3. Uma vez na loja, o consumidor que baixou o PiggyPeg precisa ir até o ponto de coleta (geralmente um tablet), apontar o celular com o app aberto e capturar o QR Code da promoção. A pessoa poderá fazer apenas uma coleta por dia em cada unidade cadastrada. “O objetivo é fazer com que as empresas aproveitem os visitantes para gerar negócios”, diz Eduardo Moreira.

O aplicativo PiggyPeg está disponível para iPhone e Androide e pode ser baixado nas respectivas lojas virtuais.Ao fazer o cadastro, é preciso informar nome, CPF, idade e sexo, entre outros dados. A retirada de valores poderá ser feita sempre que se juntar ao menos R$ 20. O dinheiro será transferido para a conta-corrente informada.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: