Estudo será lançado durante a Couromoda, em janeiro de 2016

Fabricantes e lojistas de calçados terão acesso em breve a uma série de informações inéditas e estratégicas sobre o consumo do produto no Brasil. Serão divulgados em janeiro, na Couromoda 2016, feira calçadista que ocorrerá em São Paulo, os resultados da pesquisa sobre as vendas de sete tipos de calçados que a Associação Brasileira de Lojistas de Artefatos e Calçados (Ablac) e a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) encomendaram à Kantar Worldpanel, de São Paulo/SP.

A coleta de informações é feita semanalmente em 11.200 lares, de todas as regiões. Este universo representa com precisão, segundo a gerente de novos negócios da Kantar Worldpanel, Rita Navarro, os hábitos de consumo de cerca de 50 milhões de lares, responsáveis por 90% do potencial de consumo do produto no mercado brasileiro. Com a pesquisa detalhada, o industrial e o varejista poderão traçar estratégias comerciais adequadas à realidade de um setor que produziu 877 milhões de pares no ano passado e tem um consumo per capita de 3,9 pares.

O calçado é uma das 170 categorias cujo consumo a Kantar monitora desde janeiro de 2014. “Os segmentos pesquisados são chinelos, tênis, sapatos femininos fechados, tamancos, sandálias e sapatos masculinos, sendo que cada segmento possui três divisões, conforme o tipo de construção”, afirma Rita.

Metodologia

Semanalmente, em dia e hora marcados, entrevistadoras visitam os lares cadastrados para verificar os produtos adquiridos, cujos códigos de barras são lidos. Outras informações, como nota fiscal, loja, dia de compra e forma de pagamento, por exemplo, são coletadas pelas entrevistadoras a partir da nota fiscal e inseridos num smartphone para análise posterior por técnicos da Kantar.

O cruzamento das informações permite identificar movimentos do mercado, como crescimento ou decréscimo, segmentos que se destacam em volume e receita, a representatividade em relação ao total de consumo, classes sociais, faixas etárias que aumentaram as compras, a frequência das mesmas e outras variáveis importantes.

Ferramenta

Os calçadistas apontam que a pesquisa será uma ferramenta importante de condução do mercado em um momento turbulento economicamente. “Para a indústria calçadista, a pesquisa irá auxiliar na adoção de estratégias de produção que devem estar ligadas, cada vez mais, ao desejo do consumidor”, aponta o presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein.

Já o presidente da Ablac, Imad Esper, ressalta que “ao revelar informações reais sobre o consumo de calçados no mercado brasileiro, a pesquisa vai solucionar uma grande dúvida de fabricantes e lojistas e permitir que suas atividades comerciais tornem-se mais assertivas”. Segundo Esper, o estudo também possibilitará a identificação de eventuais mudanças nos hábitos de consumo das famílias e como isso impacta as vendas de calçados, com o que as lojas poderão rapidamente adotar medidas para fazer frente à nova realidade.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: