Maior liberdade de escolha dos produtos e facilidade de transporte são principais motivos apontados pelo estudo

Para a maioria dos trabalhadores brasileiros, a tradicional cesta natalina entregue pelas empresas no fim do ano pode ser substituída por um cartão pré-pago, em favor da liberdade de escolha dos produtos e da maior facilidade de transporte. A conclusão é de uma pesquisa encomendada pela Alelo, líder do segmento de benefícios. Dentre os 323 trabalhadores ouvidos nas regiões Centro-Oeste, Nordeste, Sudeste e Sul, 72% dizem preferir o cartão, contra 16% que afirmam gostar mais da cesta física.

A possibilidade de montar uma ceia natalina ao gosto da família, com flexibilidade para a escolha dos produtos e a vantagem de levar para casa itens mais frescos, como carnes, frutas, legumes e verduras são fatores apontados pelos entrevistados que consideram os cartões uma opção mais interessante. Também foram citados como motivos para preterir a cesta física a dificuldade no transporte e a repetição de itens que compõem a cesta ano após ano.

A Alelo, que tem em seu portfólio o cartão Alelo Natal Alimentação, encomendou ao Instituto Expertise a pesquisa para entender melhor as preferências dos trabalhadores quando o assunto é a cesta natalina. Foram consultados homens e mulheres que utilizam o cartão alimentação e/ou refeição, com idades entre 18 e 65 anos e das classes A, B e C. As entrevistas ocorreram entre 20 e 25 de agosto de 2015.

Livre escolha e agilidade

O estudo também indica que 88% dos que preferem o cartão têm como principal motivo a liberdade de escolha. Além disso, 54% concordam que a cesta física costuma ser pesada e difícil de transportar; e 62% afirmam que não utilizam vários dos produtos que geralmente estão na cesta tradicional.

Ainda segundo a pesquisa, a preferência pelo cartão é tão evidente entre os trabalhadores brasileiros que independe do valor final da cesta. 87% dos entrevistados dizem que optariam pelo cartão mesmo que o valor do crédito fosse 10% menor do que o custo avaliado da cesta convencional.

"Estamos atentos às tendências do mercado e contamos hoje com um portfólio diversificado capaz de atender a diferentes necessidades do trabalhador brasileiro, inclusive em relação aos presentes de fim de ano", afirma André Turquetto, diretor de Marketing e Produtos da Alelo. "Investimos em pesquisas de mercado para entender o comportamento de consumo dos usuários, o que apoia a nossa estratégia de oferecer vantagens a esse público", complementa.

Sobre a Alelo

A Alelo é uma companhia brasileira com portfólio de soluções simples e completas, que vão de cartões-benefício para empresas de todos os portes a cartões pré-pagos para empresas e consumidores em todo o país. Com mais de dez anos de história, a Alelo foi apontada em 2013 como a empresa líder no setor de benefícios pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) do Ministério do Trabalho e Emprego. No mesmo ano, lançou o Alelo Comer Bem é Tudo de Bom, um movimento que tem como objetivo incentivar hábitos saudáveis no dia a dia dos trabalhadores brasileiros.

A Alelo conta, ainda, com a confiança de milhares de empresas-clientes e com a maior rede de estabelecimentos comerciais afiliados do Brasil. Entre os produtos e serviços oferecidos pela empresa, estão Alelo Refeição, Alelo Alimentação, Alelo Natal Alimentação, Alelo Cultura, Alelo Auto, Alelo Vale-Transporte, cartão para viagens internacionais MoneyCard VisaTravel Money e cartões pré-pagos Prepax.

Conheça mais sobre a Alelo em: www.alelo.com.br, www.facebook.com/AleloBrasil e www.twitter.com/alelobrasil.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: