Especialista dá 8 dicas que vão ajudar varejo a faturar na data

Para Fred Rocha planejamento, promoções reais e organização interna são os pontos chave para lojista vender na data

Dia 27 de novembro acontece mais uma edição da Black Friday, um dia em que o varejo se propõe a fazer grandes promoções em todo país. A data já é tradição nos EUA e chegou no Brasil meio desacreditada. Mas 2014 ficou marcado como o ano no qual a ação teve realmente grandes promoções e retorno para o comércio do país.

Fred Rocha dá dicas de como vender mais no período
Para o especialista em varejo Fred Rocha, o setor atravessa um momento delicado e precisa criar promoções realmente vantajosas para consumidor que está cada vez mais informado e propício a fazer bons negócios na data. “Se ainda não começou a se planejar, ainda dá tempo. Planejamento é essencial para o sucesso da data, principalmente para quem vende produtos com maior valor agregado como televisão, computador, celular, eletrônicos de maneira geral. Como são produtos mais caros, o consumidor costuma planejar bem a compra, pesquisar bastante os preços. Então, essa é uma ótima oportunidade de vender", afirma.



Abaixo, ele lista oito dicas que devem ajudar os varejistas faturarem na data.

1 – Verifique seu estoque: é interessante aproveitar a data para liquidar também aqueles produtos que não vendem. Busque os produtos que estão no estoque há algum tempo, remarque e coloque em destaque na loja.

2 – Monte kits: uma boa saída para aquelas mercadorias que não têm giro sozinhas é colocá-las em kits ao lado de produtos que vebden melhor e criar kits que tenham o perfil do seu cliente.

3 – Busque a indústria: verifique quais fornecedores conseguem reforçar o seu estoque até o dia 27para que possa planejar suas promções em conjunto. A indústria deve ter produtos para fazer giro, então é interessante acioná-los para ver o que tem disponível para a data.

4 – Crie promoções verdadeiras: quando for criar uma promoção, coloque-se lugar do consumidor e se pergunte: será que ele vai ter a percepção que isso é uma promoção de verdade? É muito comum no Brasil o lojista achar que a promoção dele é uma promoção de verdade. Eu sempre digo que, quem tem que achar que a promoção é boa é o cliente, não quem está fazendo a promoção. Não pode ser 5% ou 10% em produtos que o consumidor não vê valor, tem que ser algo que o seu cliente veja como promoção real, que realmente faça a diferença no bolso. O consumidor brasileiro está cada vez mais antenado e informado e, como tivemos uma Black Friday de sucesso em 2014, este ano o cliente deve chegar muito preparado e certo daquilo que precisa comprar e de quanto custa o produto no mercado. Então, atenção! Nada de resgatar a “Black Fraude” do passado.

5 – Invista em comunicação: como grande parte do varejo brasileiro fará promoções neste dia, é importante chamar atenção para a sua loja com propagada, principalmente na porta da loja. O consumidor vai pra rua em busca de boas promoções, então, coloque a sua melhor oferta estampada na entrada da loja para que ele se sinta atraído a entrar. Também é interessante divulgar suas promoções nas redes sociais ou na mídia tradicional, pois é muito importante que seu cliente saiba que você terá preços especiais para a data.

6 – Programe um dia especial na loja: se for possível, amplie seu horário de atendimento. Ações como abrir a loja mais cedo e fechar mais tarde contribuem para que as vendam sejam ainda maiores. Atividades para crianças e degustações dos produtos também ajudam a trazer clientes para a loja.

7 – Prepare sua equipe: a sua equipe tem que estar treinada para receber os clientes, mostrar as promoções e reverter vendas de mercadorias que tenham maior lucro agregado. Então, faça um treinamento com seus colaboradores um dia antes, elencando tudo o que está em promoção e os pontos fortes dos produtos que serão liquidados. Ajude-os a driblar eventuais dificuldades que podem acontecer durante o dia e não esqueça de passar informações também dos produtos que não estão em promoção , mas que são interessantes para a loja. Assim, o seu vendedor pode aproveitar a vinda do cliente à loja para vender outros produtos que tenham maior valor agregado. Outra ação interessante é vestir sua equipe com camisetas pretas, com dizeres brancos.

8 – Reforce sua plataforma de e-commerce: a Black Friday no Brasil é tão forte no e-commerce que, hoje em dia, a grande reclamação em relação à data é a capacidade dos sites em absorver a grande entrada de clientes querendo aproveitar as promoções. Então, prepare a estrutura da sua loja virtual para receber um maior tráfego de acessos neste dia para evitar a queda do servidor e possíveis perdas de vendas relativas a erros de sistema do site.

* De ambulante à referência no varejo – Fred Rocha estudou Economia e Publicidade. Foi comerciante, sacoleiro de roupas e ambulante, antes de atuar no e-commerce e como palestrante e consultor. Já colocou ‘no ar’ mais de 200 lojas online, desde 1999. Foi fundador de uma agência de propaganda focada em Varejo, em Minas Gerais, e é criador do Portal de notícias Varejo1 (www.varejo1.com.br).
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: