Brazilian Bikini Shop funcionou de junho a setembro e movimentou € 2,45 milhões; loja temporária foi estratégia para fortalecer a moda praia brasileira na Europa

A moda praia brasileira foi sucesso no verão europeu. A Brazilian Bikini Shop, pop-up store que funcionou entre 10 de junho e 10 de setembro na Riviera Francesa, superou as expectativas e movimentou ao todo € 2,45 milhões durante os três meses de funcionamento. O resultado é comemorado pelas idealizadoras da ação: a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT), por meio do programa de internacionalização Texbrasil, e a Associação Brasileira de Estilistas (ABEST), por meio do programa de exportação de moda Fashion Label Brasil.

O balanço acaba de ser divulgado e inclui as vendas tanto na loja física quanto no e-commerce. Esse faturamento é o dobro da estimativa inicial, que era de € 1,2 milhão. Ao todo, 16 marcas nacionais fizeram parte da pop-up store: Blue Man, Cyann, Despi, Kiminis, La Playa, Limonada, Lua Morena, Maryssil, Mar Rio e Sauipe Swimwear (participantes do Programa Texbrasil) e Água de Coco, Cecília Prado Mare, Lenny Niemeyer, Salinas, Triya e Vix Swimwear (integrantes do programa Fashion Label Brasil).

A moda praia brasileira é uma das produções nacionais mais reconhecidas no exterior e para intensificar o diferencial do país houve divulgação em mídia local e ações com blogs formadores de opinião sediados em diferentes países da Europa. Uma vez que a penetração no mercado norte-americano é forte, os esforços passaram a se estender ao consumidor europeu.

"Os resultados expressivos demonstram a importância de iniciativas inovadoras para ampliar a presença de marcas brasileiras no mercado internacional. A moda praia brasileira já é conhecida internacionalmente por atributos como estilo de vida, ligado à diversidade e à criatividade, versatilidade em sustentabilidade, produção e inovação, especialmente entre os consumidores norte-americanos, e a pop-up na Riviera Francesa conseguiu criar uma relação mais próxima com o público local. Essa foi umas das ações mais marcantes que desenvolvemos na Europa e ela serve de exemplo de sucesso para novos projetos que vamos desenvolver em diversos mercados-alvo", ressalta Rafael Cervone, presidente da Abit.

Operada em parceria com o e-commerce homônimo Brazilian Bikini Shop, conhecido por comercializar dezenas de marcas brasileiras com foco nos mercados europeu e norte-americano, a pop-up store gerou crescimento de 40% na loja on-line, em comparação ao mesmo período no ano passado. O resultado atravessou as paredes e gerou, além dos € 81 mil em vendas na loja física, € 2,4 milhões no e-commerce. A visitação também foi expressiva: foram 120 pessoas por fim de semana e 40 por dia útil.

"A parceria promovida entre a ABEST, Abit e Apex-Brasil foi muito bem-sucedida por conta da sinergia que estas entidades têm entre si. Estamos comemorando os resultados obtidos durante o período, que se traduziram no fechamento de ótimos negócios para as marcas participantes. Além disso, vale destacar que ações desta envergadura ressaltam a relevância da moda brasileira no mercado internacional, ao levarmos o que há de melhor em design e moda autoral", destaca Roberto Davidowicz, presidente da ABEST.

SOBRE O FASHION LABEL BRASIL
O Fashion Label Brasil, Programa de Exportação de Moda Brasileira, foi criado em 2003 pela ABEST em parceria com a Apex-Brasil, cuja proposta é posicionar a imagem da moda brasileira no exterior, valorizando a imagem de um Brasil inovador e contemporâneo. O programa conta com atividades estratégicas — Projeto Comprador e Imagem, Feiras e Desfiles Internacionais, Projeto Showroom, além de ações especiais —, para ampliar a penetração em novos mercados do globo e estreitar relações com os já conquistados.

SOBRE O TEXBRASIL
O Texbrasil, Programa de Internacionalização da Indústria da Moda Brasileira, foi criado no ano 2000 pela Abit em parceria com a Apex-Brasil, com o objetivo de apoiar e preparar as empresas das indústrias têxtil e de confecção interessadas em comercializar seus produtos em outros países. Desde seu lançamento, mais de 1,2 mil empresas utilizaram os serviços do programa, entre encontros com compradores e jornalistas internacionais, participação em feiras e eventos em todo o mundo, ações de capacitação em inovação, sustentabilidade e design, e realização de pesquisas e prospecções de mercado.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: