ULTIMOS POSTS

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Associação Brasileira de Shopping Centers estima alta de 6% nas vendas para o Natal


As compras que antecedem o Natal devem aumentar em até 6% o faturamento dos centros de compras no mês de dezembro, segundo a Associação Brasileira de Shopping Centers – Abrasce. A expectativa da entidade leva em consideração as vendas registradas no mesmo período do ano anterior.

Joalheria, perfumaria, artigos de beleza e telefonia devem ser os principais segmentos procurados. “Esperamos que o setor de eletrônicos demonstre bom desempenho nas vendas, já que produtos como computadores, smarthphones, tablets e roteadores perderão a isenção do imposto no dia 1º de dezembro. A categoria de vestuário também deverá apresentar boa recuperação”, informa Glauco Humai, presidente da Abrasce

Com alta projetada de até 4% no fluxo de pessoas, o Natal deve aumentar, ainda, a frequência nos restaurantes das praças de alimentação dos shoppings e a demanda por entretenimento. “A gastronomia e o lazer são propulsores de movimento e de consumo no mall. Cada vez mais, os shoppings serão vistos como espaços de convivência, tendência forte do setor para os próximos anos”, afirma Humai.

Em 2014, a indústria de malls fechou em R$ 142,2 bilhões no consolidado das vendas dos 520 shoppings em operação. Até o final deste ano, 18 novos empreendimentos terão sido inaugurados em todo o País, totalizando 538 centros de compras no Brasil.

Postos de trabalho

Para o período, a Abrasce estima aumento na oferta de empregos, que representaria cerca de 200 mil novas vagas. Esses novos postos de trabalho são temporários e visam atender à demanda do Natal e dos horários estendidos praticados pela maioria dos empreendimentos. As oportunidades incluem atividades de estoquistas, vendedores, segurança e limpeza.

Os interessados pelas novas vagas podem encontrar mais informações diretamente nos sites dos shoppings ou das lojas.

Compartilhe nas redes sociais:
 
Copyright © 2008-2017 Falando de Varejo.