Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil auxilia empresas a adotarem padrões globais, essenciais para estarem presentes em todos os canais de compra

Praticidade e conveniência são palavras de ordem para o consumidor do século XXI, que não abre mão de uma nova experiência de compra seja na loja ou via e-commerce, mobile commerce, TV commerce ou social commerce. O varejo, atento a essa demanda, tem investido em tecnologia para atender ao cliente omnichannel – que quer ter acesso a todos os canais de atendimento. A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, entidade sem fins lucrativos, responsável por padrões globais de identificação, sente os reflexos dessa transformação. A entidade tem registrado cada vez mais procura por parte de empresas interessadas em ferramentas que permitam o uso das identificações e trocas de informações padronizadas. “Temos um papel fundamental para auxiliar o comércio nessa nova relação com o consumidor, que não diferencia mais a loja física ou virtual; isto é, não escolhe apenas um canal de compras”, destaca João Carlos de Oliveira, presidente da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil.

Com o avanço da tecnologia, as opções de compra e venda se multiplicaram. Por isso, os varejistas têm o desafio de atender a todos os perfis de clientes como, por exemplo, aqueles que compram pelo site e retiram o produto na loja. Ter padrões globais passa a ser um fator essencial nesse processo, pois proporciona ganhos de eficiência entre os parceiros comerciais no elo de abastecimento físico e nas operações omnichannel. “Além disso, o padrão GS1 incorporado ao produto permite fornecer informações relevantes e confiáveis em toda a cadeia e assegura a coerência e o rigor dos dados prestados aos consumidores sobre qualquer produto”, explica Oliveira.

Além de esperar a mesma experiência de compra em todos os canais de atendimento de uma empresa, o consumidor também exige cada vez mais informações sobre o produto que está adquirindo. “As pessoas querem saber a origem do que estão comprando, sua procedência, o material usado na fabricação, entre outras coisas”, diz Marcelo Sá, assessor de negócios da GS1 Brasil. Novamente, o uso de padrões é a base para atender a essa expectativa do cliente.

A evolução do comportamento do consumidor e sua relação com o varejo


Antes, a relação do consumidor era com um único ponto de venda, chamado de singlechannel. A evolução do varejo deu ao consumidor opções de canais de compra, mas sem relação entre si, o multichannel. O crosschannel demonstra que um mesmo fornecedor já oferece multiplataformas de vendas, mas a experiência de compra não é a mesma em todas elas. No omnichannel, a marca deve estar alinhada com as expectativas do consumidor em todos os canais em que está presente. Por isso, a importância de um padrão, pois as informações que navegam em toda rede varejista devem estar consistentes para atender a necessidade final do consumidor com eficácia.

Sobre a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil

A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil é uma organização multissetorial sem fins lucrativos que representa nacionalmente a GS1 Global. Em todo o mundo, a GS1 é responsável pelo padrão global de identificação de produtos e serviços (Código de Barras e EPC/RFID) e comunicação (EDI e GDSN) na cadeia de suprimentos. Além de estabelecer padrões de identificação de produtos e comunicação, a associação oferece serviços e soluções para as áreas de varejo, saúde, transporte e logística. A organização brasileira tem 58 mil associados. Mais informações em www.gs1br.org.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: