Redes de franquias investem em motivação e premiação de equipes de venda para não perder faturamento

Os tempos são difíceis e o dinheiro não está sobrando no bolso de ninguém. O dinheiro do consumidor se tornou precioso. O que fazer para garantir que a compra daquele cliente seja feita na sua loja e não na porta ao lado? Em algumas redes de franquias a solução para esse problema vem da criatividade e do pensamento simples. Esse é o caso da Outer Shoes - rede de lojas de calçados alternativos - que há alguns meses tem feito ações entre seus vendedores e franqueados. Os resultados não poderiam ser melhores e a cada mês o faturamento cresce em média 10% em cada unidade.

Conforme explica Filipe Lamin, gerente de expansão da rede, o primeiro passo foi incentivar o aumento da frequência de reuniões de feedback e estímulo das equipes nas lojas.Também foram programadas ações entre os vendedores como corridas de vendas e gincanas com metas e premiações. Tudo simples e com custo zero.

"No meio de 2015 fizemos uma campanha envolvendo todas as lojas durante a Copa América. Organizamos uma estrutura como a de um campeonato de futebol, com jogos entre lojas. Definimos alguns critérios para que a loja fizesse gols (vendas com grande número de itens, a partir de determinado valor, ou contendo itens específicos). Houve uma fase de grupos, uma fase eliminatória até chegar à final e na loja campeã."

No ultimo mês de dezembro a rede também criou uma gincana entre vendedores apenas usando o grupo de WhatsApp dos colaboradores. Os desafios com metas de venda eram enviados para todos e durante o dia vídeos com dicas e macetes dos vendedores mais experientes também eram compartilhados.

"Em um dezembro que começou assustador pelo baixo movimento, a ação fez uma grande diferença nas vendas e também, ajudou a não derrubar o ânimo das equipes", conta Lamin.

Para manter a motivação das equipes em alta, outra estratégia simples incentivada na rede de franquias é o aumento do numero de reuniões de feedback e também de treinamento. Para vender mais na crise, Eurivan Lima, que comanda uma equipe de 9 funcionários de uma franquia no Rio de Janeiro, programa reuniões, feedbacks mensais e semanais. "Investimos no treinamento para manter a equipe altamente motivada. Sabemos e vemos a crise, conversamos sobre isso diariamente com eles e buscamos alternativas para cada vez mais atender bem os clientes para que eles comprem e tornem a comprar conosco. O segredo é a equipe afiada", afirma o franqueado, que cresce 13% ao mês em média mesmo com o varejo reclamando da crise.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: