Promovido desde 2014 pelo Buscapé, crescimento nas vendas em 2016 foi de 19%


​Com um resultado que contraria o atual cenário de retração no mercado nacional, as vendas no e-commerce na 3ª Edição do Dia do Consumidor Brasil foram 19% superiores ao ano anterior, chegando a 685.780 mil pedidos em 28 horas de promoções. Os dados são da e-Bit, especializada em informações do comércio eletrônico, apontando ainda que 52.174 pessoas realizaram a primeira compra on-line, incentivadas pela ação.

Lançada em 2014 pelo Buscapé Company, plataforma de digital commerce, para estimular as vendas pela web por meio de grandes descontos e estreitar a relação com o internauta, nesta última edição cada consumidor realizou em média duas compras, com tíquete médio de R$ 398, totalizando R$ 271 milhões. As áreas que mais faturaram foram telefonia/celulares (25%),eletrodomésticos (21%), informática (12%), e eletrônicos (9%).

Para Cláudia Boaventura, diretora da BCOMB Digital, além de captar novos clientes para o e-commerce, o Dia do Consumidor Brasil ajuda a quebrar as eventuais resistências de quem ainda não tem o hábito de consumo na web. "As empresas estão reforçando a importância da compra segura por meio de suporte, informações e orientações sobre o funcionamento do site. Os clientes, por sua vez, estão perdendo o medo de adquirir produtos pela Internet e aproveitando melhor as oportunidades", explica.

Na opinião de Cláudia, essa relação de confiança faz com que a cada ano o evento se consolide mais. Prova disso são as milhares de pessoas que fizeram a primeira aquisição on-line. "Quem ganha com isso é o e-commerce, com o incremento de vendas, e o consumidor que aproveita excelente oportunidades”, finaliza.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: