Por João Kepler*

Você já parou para pensar em porque a Apple é uma das empresas com a maior quantidade de clientes fiéis do mundo? Obviamente a primeira resposta é o fato da marca oferecer aos seus clientes produtos com excelente qualidade. Mas não se engane, não é só isso (muito pelo contrário!). A empresa usa diversas estratégias de fidelização, um dos seus princípios é vender o conceito em primeiro lugar. Ou seja, a marca não vende um computador com super configurações, é muito mais do que isso, ela vende o estilo Apple, que foi bem fundamentado ao logo dos anos e consequentemente propagado entre os usuários.

Nessa linha, vou apresentar três dicas objetivas e práticas que te ajudarão a entender tudo isso de forma clara. E você poderá adotar e aplicar imediatamente no seu negócio, num primeiro momento através do entendimento e mudança de postura, e em seguida com o auxilio de plataformas e programas automatizados que garantem maior segurança e eficácia do processo.

#1 Tenha uma causa

Ter uma causa é possuir uma justificativa para acordar todos os dias. Qual o porquê de vender o que você vende? Isso fará o cliente compreender qual a razão do seu negócio existir. Essa existência deve ser algo além de fornecer produto A ou serviço B, ela corresponde à essência.

Exemplos de causa em grandes marcas:

  • Coca-cola: a alegria de viver;
  • McDonald’s: o mundo lúdico;
  • Nike: o instinto cosmopolita revolucionário.

#2 Surpreenda sempre

Surpreender um cliente é a chave para ele comentar voluntariamente sobre a experiência com sua marca em todas as conversas com amigos e colegas de trabalho. Isso gera uma divulgação espontânea e direta, a mais eficaz para atrair novos clientes e mantê-los por perto.

Para gerar uma surpresa positiva no consumidor é necessário superar as expectativas. Isso quer dizer que ele esperava ter uma certa experiência no seu estabelecimento (comum), mas durante o processo de compra teve uma experiência diferente e bem mais interessante do que o imaginado.

Ou seja, irá prover felicidade para quem consumir seu produto ou serviço. O ‘sentir-se feliz’ vem do que é simples, tem um baixo custo, mas um grande resultado.

#3 Motive o retorno

Retornar a um lugar significa que há uma necessidade de continuar ou reviver algo. Com certeza, existem marcas que você ou um amigo se mantém fiel por algum forte motivo. Experimente pensar o porquê esse desejo de voltar acontece. Será que é pelo conforto do ambiente? Pelo modo como o/a atendente conversa? Pelos benefícios e promoções constantes? Seja qual for à resposta, existe algo que impulsiona o retorno constante. Neste contexto não acontecem acasos.

Bom, se você chegou até aqui deve estar se perguntado, mas como controlar todas essas informações e utilizá-las a favor do seu negócio? Listei algumas ferramentas e dicas que vão desde programa de pontos a de fidelidade desenvolvida através de uma plataforma que tem se destacado no mercado por estar obtendo bons resultados.

Recompensa e pertencimento, essas palavras são fundamentais para lhe auxiliar neste processo. Uma foca no estímulo para uma decisão mais racional e a outra na decisão mais emocional. Logo, utilizadas em conjunto tornam a estratégia de fidelização mais eficaz.

Veja agora algumas ações de recompensas que podem ser implantadas de modo fácil, eficaz e de baixo custo:

Programa de Pontos – recompensar o cliente com descontos ou mimos de acordo com o número de aquisições e valor de suas compras.
Desconto para Aniversariante – cadastre a data de aniversário dos seus clientes para presenteá-lo com preços especiais.

Segue abaixo, simples ações que farão diferença na sensação de pertencimento do seu cliente com sua marca:

  • Fazê-lo se sentir a vontade no local;
  • Conversar sobre a experiência de compra;
  • Tratá-lo com respeito e admiração;
  • Estabelecer uma relação amiga.
  • Programa de fidelidade

Dentro deste processo existe ainda uma maneira de ser ainda mais assertivo e tornar tudo automatizado, logo, mais profissional. A Bome, por exemplo, é uma empresa que fornece soluções de fidelização e relacionamento inteligente de clientes para micro e pequenas empresas dos mais diversos segmentos, como: Salões de Beleza, Pet Shop, Restaurante, Lanchonetes, Academia, Vestuários, Farmácias, Hotéis, e muitos outros.

Com a plataforma é possível ter o cadastro completo de clientes, data de nascimento, ticket médio, loja de prêmios exclusiva para a empresa, envio de e-mail marketing e SMS, além de uma forma fácil e intuitiva de pontuar o cliente e resgatar prêmios. O principal objetivo da empresa é ajudar empresas a superarem a crise, retendo clientes e aumentando o faturamento através da recorrência de clientes.

“A Bome é uma ferramenta fantástica para interação com o cliente. Sua adesão, tanto para empresas, como para usuários é muito simples. Atualmente estamos numa fase em que nossos clientes solicitam os pontos antes mesmo de concluir o pagamento”. Depoimento de Marconi Cidrão, sócio diretor da Magus.

João Kepler é empreendedor serial, blogueiro, articulista e colunista de diversos Portais e revistas, investidor anjo membro da Anjos do Brasil, Palestrante, espalhador de ideias Digitais e melhores práticas em negócios. Além disso, CEO do Show de Ingressos, que é uma das melhores Plataformas B2B de Internet Ticketing do Brasil no modelo SaaS. - See more at: http://startupi.com.br/2016/03/3-dicas-essenciais-para-fidelizar-seus-clientes-no-varejo/#sthash.lIf8olTr.dpuf

Fonte: STARTUPI 
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: