Com capacitação, informação e relacionamento, ABAD inova e traz para a cidade de São Paulo, no segundo semestre, o ENACAB, o maior encontro da cadeia de abastecimento do Canal Indireto. Unindo forças, a proposta da entidade é fortalecer todos os elos da cadeia para garantir a retomada de crescimento.

O pequeno e médio varejo, principal cliente dos agentes de distribuição, enfrenta um difícil cenário. Pressionado por juros altos, inflação e desemprego, o consumidor tem sido implacável na hora da compra: leva menos produtos, busca as melhores ofertas e escolhe o estabelecimento segundo critérios específicos, como localização, boa infraestrutura e, principalmente, bom preço. Esse ambiente hostil, provocado pela retração no poder de compra e endurecimento do mercado, preocupa e o pequeno varejista se vê diante de duas alternativas: encolher-se e correr o risco de fechar a loja ou lutar pela sobrevivência.

José do Egito Frota Lopes Filho
Foi pensando nesse varejista, que sofre o maior impacto no momento de crise na economia, que a Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD) mudou o foco do seu evento anual e decidiu inovar em 2016. No segundo semestre, a capital do Estado de São Paulo será a sede do maior encontro da cadeia de abastecimento do Canal Indireto. Representantes da indústria, agentes de distribuição e varejistas terão três dias de imersão – com capacitação, informação e relacionamento – para, juntos, gerar oportunidades de negócios e encontrar caminhos para driblar a queda de consumo e retomar o crescimento. O ENACAB – Encontro Nacional da Cadeia do Abastecimento, que incluirá a 36ª Convenção ABAD do Canal Indireto, acontecerá de 8 a 10 de agosto, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center (antigo Centro de Exposições Imigrantes).

A realização do evento na cidade de São Paulo é outra inovação da ABAD neste ano. A localização privilegiada, próxima às principais indústrias de bens de consumo e estrategicamente posicionada na região Sudeste, que concentra o maior número de agentes de distribuição e pontos de venda do varejo independente no país, prevaleceu em relação às demais cidades do país. O evento ocupará 12 mil m2 do São Paulo Expo, que foi totalmente remodelado. Com um aporte de mais de R$ 400 milhões em investimento por parte da operadora GL events, o local tornou-se um dos mais modernos centros de convenção do Brasil.

“O atual ritmo de crescimento econômico e os novos hábitos de consumo desenham novas tendências e prenunciam grandes desafios. A ABAD é a entidade que representa os agentes de distribuição que, por sua vez, atendem mais de 1 milhão de varejistas. É nosso dever coordenar o desenvolvimento socioeconômico da cadeia de abastecimento do Canal Indireto, que inclui também a indústria. O alinhamento estratégico vai fortalecer essa parceria, multiplicando conhecimentos e garantindo a disseminação das melhores práticas de gestão e operação dos negócios, aumentando a eficiência e a competitividade de toda a cadeia produtiva”, afirma o presidente da ABAD, José do Egito Frota Lopes Filho.

Capacitação

E não há dúvida de que a capacitação do varejo independente é a principal arma para vencer as adversidades impostas pela turbulência econômica. “Com o apoio da indústria e as ferramentas de capacitação trazidas por entidades parceiras como o Sebrae, os agentes de distribuição têm a possibilidade de oferecer um serviço ainda mais qualificado ao varejista. Com isso, torna o varejo ainda mais forte, melhor, mais produtivo e preparado para fazer o seu papel político, social e econômico”, ressalta Oscar Attisano, superintendente executivo da ABAD.

A programação do ENACAB terá workshops especiais, desenvolvidas com base no programa Varejo Competitivo da ABAD, para ajudar o pequeno e médio comerciante a promover mudanças estruturais e de conceito no ponto de venda. Durante a feira, o varejista também poderá visitar uma Loja Modelo completa, da recepção de produtos do fornecedor na retaguarda até a consumação da venda pelo caixa. O objetivo, ao simular o dia a dia de um estabelecimento, é mostrar ao varejista, principalmente das lojas de vizinhança, como adotar boas práticas e garantir maior rentabilidade.

Ao lado da Loja Modelo, o varejista e o agente de distribuição vai conhecer o Centro de Distribuição do Futuro. O CD, que será montado com o apoio da indústria, apresentará toda a logística de distribuição e armazenamento. A proposta é mostrar como ele funciona e o que fazer para torná-lo eficiente.

Informação

Além de capacitar o varejo, o ENACAB também capacitará os agentes de distribuição, levando ainda informações institucionais e políticas. A grade de palestras, com renomados profissionais nacionais e internacionais, vai contribuir com o desenvolvimento do setor em temas prioritários para cadeia, que vão da oportunidade de investimento em novos negócios ao treinamento em questões de ordem legal, trabalhista e tributária, que estão no âmbito de atuação da ABAD.

“No momento em que todo mundo precisa fazer mais, melhor e com menos, a capacitação, a informação e o trabalho conjunto são essenciais. Só conseguimos unir esses três elementos criando um evento como o ENACAB, que reúne os três elos da cadeia para debater assuntos de interesse comum, focando na produtividade e na geração de negócios”, destaca Rogério Oliva, diretor de Relacionamento Comercial e Marketing.

Relacionamento

Uma das principais vantagens do ENACAB é permitir um amplo relacionamento entre os integrantes da cadeia de abastecimento. “A indústria está se mobilizando para buscar novos negócios no Canal Indireto, melhorando sua relação com o agente de distribuição e diretamente com o varejista. Esse contato permite falar de um novo posicionamento, do gerenciamento de categoria, de novas estratégias, de campanhas de vendas e de merchandising. Tudo o que o varejista precisa saber para vender mais e receber bem o consumidor”, esclarece Oliva.

“Mais do que gerar oportunidade de negócios, o ENACAB vai funcionar como uma opção estratégica de união, pela convergência e pela sinergia dos setores integrantes da cadeia com vistas ao planejamento, à consolidação de parcerias duradouras e ao relacionamento de longo prazo, na perpetuação das empresas”, complementa Oscar, lembrando que a indústria terá um espaço no São Paulo Expo para realizar sua própria programação, como convenções paralelas.

Para o presidente José do Egito, o encontro agora traduz de forma mais adequada o conceito defendido pela ABAD, fundamentado na participação ativa e na sinergia entre todos os elos da cadeia de abastecimento do Canal Indireto. “Acreditamos que esse é o caminho do sucesso. Por isso, convidamos todos os parceiros a fazer parte desse caminho”, conclui.

Sobre a ABAD
Criada em 1981, a ABAD representa nacionalmente o segmento e reúne mais de quatro mil empresas de todo o Brasil que comercializam produtos alimentícios industrializados, candies, bebidas, produtos de higiene pessoal e de limpeza doméstica, produtos farmacêuticos e de perfumaria, papelaria e material de construção, entre outros.

De acordo com os resultados da pesquisa do Ranking ABAD/Nielsen, em 2014 o segmento atacadista distribuidor cresceu 0,9% em termos reais e 7,3% em termos nominais, atingindo faturamento de R$ 211,8 bilhões. Com isso, os agentes de distribuição respondem por uma fatia de 51,7%% do mercado mercearil nacional, que foi de R$ R$ 409,5 bilhões no ano passado. É o décimo ano consecutivo em que a participação do segmento nesse mercado permanece superior a 50%.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: