O Relatório Conversion do e-commerce Brasileiro 2016 é um estudo que apresenta dezenas de indicadores sobre o segmento.


A Conversion, uma das principais agências digitais do Brasil, acaba de lançar o Relatório Conversion do E-commerce Brasileiro 2016, um estudo que analisa um dos mais novos e importantes segmentos da economia. O relatório aponta que comércio eletrônico tem estimativa de crescimento de 25% este ano e deve movimentar R$ 69,76 bilhões..

O Relatório Conversion do E-commerce Brasileiro 2016 apresenta uma série de informações para ajudar na compreensão do fenômeno das vendas online. Entre os dados que traz, podemos destacar as categorias de consumo por faturamento e percentual de pedidos, as compras realizadas por cada região e estados brasileiros, as vendas segmentadas por categorias de consumo, além das mídias e dispositivos (como celular e computador) utilizadas pelos consumidores para acessar as lojas.

“O e-commerce brasileiro não possui informações e análises tão amplas e conclusivas quanto outros setores da economia. Com cinco anos de atuação no mercado de marketing digital, nós vimos a necessidade de trazer dados e informações para serem utilizadas na compreensão do e-commerce e em tomada de decisão por parte dos varejistas”, aponta Diego Ivo, CEO da Conversion.

Para chegar à produção do Relatório Conversion do E-commerce Brasileiro 2016, foram analisados mais de cem milhões de pageviews de sites de comércio eletrônico brasileiros. “Acreditamos que este estudo irá jogar luz sobre o comércio eletrônico no Brasil e esperamos que ajude o país a retomar o crescimento”, conclui Ivo.

O relatório é gratuito e está disponível para download pelo link:
http://lp.conversion.com.br/relatorio-conversion-do-e-commerce-brasileiro-2016
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: