• Últimas postagens

    Destino, Intuição, Oportunidade, Probabilidade ou SORTE.

    por Pérsio Talarico


    Venho me dedicando ao tema: O FATOR SORTE AO SEU LADO NOS NEGÓCIOS sobre a ótica de vendas.

    Ao ver a espetacular foto do acidente do Fernando Alonso na Austrália, o tema saltou aos olhos pelas duas vertentes. A do Piloto e principalmente a do fotógrafo.

    Fiquei com uma pergunta recorrente: Foi Fator Sorte ou a Competência do fotógrafo?

    FATOR SORTE: Fator é algo que construímos, aquilo que concorre para um resultado. Já a sorte pode ser o destino, a Intuição, a Oportunidade, a Probabilidade.

    Pergunto: Foi Fator COMPETÊNCIA /ou ele construiu a sua SORTE?

    Quem sabe foi Competência? Sim, pois COMPETÊNCIA = CONHECIMENTO + COMPORTAMENTO e ainda associada a uma grande dose de Atitude.

    A SORTE SE CONSTRÓI.

    O Fotógrafo, por conhecer muito bem o que faz, INTUIU a zona de escape, analisou as PROBABILIDADES. Vislumbrou a OPORTUNIDADE. Associou ao CONHECIMENTO o COMPORTAMENTO e mediante a Atitude corajosa, apostou.

    Segmentou e setorizou o autódromo e optou por ficar naquele local. Lembremos que ele se preparou e estava atento aos movimentos. Não esperou o fato acontecer para tirar a máquina, tirar o protetor da lente, etc. Estava a postos.

    Just in Time, Just In case! A foto certa, no local certo e no momento certo.

    Esta foto já é considerada uma das melhores fotos da F-1 de todos os tempos.

    Você deve estar se perguntando. O isto tem a ver com sua empresa, com o mercado, com seus clientes, seus produtos? Respondo TUDO A VER.

    Sua equipe está preparada para INTUIR? Preparada para cavar Oportunidades? Para analisar as Probabilidades? Eles têm o FATOR? Eles estão a postos?

    Conhecimento se adquire e até pode-se comprá-lo. Nós mesmos os vendemos. Mas e o Comportamento e a Atitude?

    Sem estas, não temos COMPETÊNCIA. Sem COMPETÊNCIA, não temos PRODUTIVIDADE e nem PERFORMANCE. Vamos dar muitas batidas para certamente os outros tirarem fotos.

    Desde que o tema me foi apresentado pela Dra. Andréa Naccache, psicanalista, advogada, pesquisadora de inovação e criatividade sob a perspectiva da psicanálise e estudiosa dos modelos de arquitetura empresarial pelo (MIT), me senti instigado e juntos viemos desenvolvendo uma linha de abordagem junto a Ceo´s, Head de Vendas, Gestores focados em produtividade e Quebra de paradigmas comportamentais.

    Nossas discussões tiveram como fruto diversos workshops e palestras, sobre equipes gestoras, qualidade e veracidade das informações, dinâmicas para maximizar performance de equipes.

    Pérsio Talarico é profissional de Marketing e Vendas, Prof. da FGV e Gestor da CaptaEad. - persiotalarico@gmail.com