Muitas pessoas querem iniciar no comércio eletrônico sem fazer grandes investimentos, primeiro querem ver se esse negócio de internet dá dinheiro, e só depois investir em um e-commerce. Para fazer isso essas pessoas acabam procurando formas de montar uma loja virtual gratuita. Lojas gratuitas não são totalmente gratuitas, você não paga nada, ou paga uma taxa muito baixa para colocar o seu produto lá e esperar até ele ser vendido, cada venda que você faz, precisa pagar uma porcentagem sobre o produto vendido. Porque uma loja virtual totalmente gratuita não existe.

Por exemplo, na LikeStore onde você pode vender dentro de uma Fanpage do Facebook, você paga a taxa de 2% sobre produto vendido, mais a taxa do MoIP que é de 3,49% para débito e boleto e 5,90% para crédito, mais R$0,69 por transação. Já na Enjoei, uma lojinha para você desapegar de tudo que não aguenta mais, você paga uma taxa de 20% do valor do produto vendido, e ainda tem um desconto de R$2,15 que é o valor da taxa de anúncio, se você optar por seguro do frete, esse valor também será desconto do valor da sua venda.



No Mercado Livre, marketplace mais conhecido da internet, as taxas são muito variáveis, depende do tipo de anúncio que você quer fazer, do tipo de exposição, confira neste link como funcionam as tarifas do Mercado Livre. No Elo7 marketplace de artesanato, para cada venda realizada é descontada uma taxa de 12% do valor total do pedido, neste valor já está incluso as taxas do pagamento. Como você pode perceber montar uma loja virtual grátis nem sempre vale a pena.

Em alguns casos o valor recebido pode demorar até 30 dias úteis para ser creditado para o vendedor, então é bom antes de colocar seus produtos para vender em uma plataforma gratuita, ler todos os termos e condições. Todas as letras miúdas, qualquer informação é relevante. Depois de ler tudo, certifique-se de que você entendeu e não restou nenhuma dúvida, e só então depois disso avalie se colocar seu produto para vender numa plataforma gratuita vale a pena.

Se você optar por ter a sua própria loja virtual, veja que você precisa de alguns pontos básicos, este post tem todas as informações: leia este artigo, que pode te ajudar neste trajeto. São ferramentas e estratégias que você precisa definir antes de tirar a ideia do papel. Da mesma forma que quando você coloca seus produtos em plataformas gratuitas, você não fica rico do dia para noite. Até você vender o primeiro pedido pode demorar algum tempo.

Montar uma loja virtual grátis vale a pena se você tiver paciência e vender produtos online não for sua fonte principal de renda, e sim um dinheiro extra. Se você quer ganhar dinheiro com uma loja virtual, você deve estudar os custos de ter a sua própria loja virtual, com domínio, plataforma, sistema de pagamentos e tudo mais que for necessário.

Existe uma plataforma de código livre, o Magento, você pode fazer o download sem custos e configurar sua loja virtual sem custo nenhum, porém, se não tiver conhecimentos de programação vai precisar contratar alguém que faça isso, e acaba não sendo tão gratuita assim.

Como você pode perceber ganhar dinheiro não é de graça e você precisa pagar para que as coisas aconteçam. Cada plataforma gratuita é voltada para um tipo de produto, agora se você compra produtos direto do seu fornecedor e quer vender pela internet, escolha lugares com menores taxas e melhores condições, sem esquecer que você sempre pode ter a sua própria loja virtual.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: