O ano mal começou e as vendas online já começaram enfrentando novos desafios, se você não está sabendo, eu recomendo que busque por novas leis do ICMS. Quem quer vender pela internet precisa estar ligado nas notícias tanto sobre o mercado digital, quanto burocracias legais e novas tecnologias. Você não pode simplesmente cadastrar seus produtos e ficar sentado esperando que alguém compre.

Algumas pessoas acham que lojas virtuais são como vender melancia na estrada, que você para o caminhão no acostamento, abre a lateral e fica sentado esperando alguém passar e querer comprar, e olha que se der fome ou sede ainda pode comer uma melancia para matar o tempo. Quem simplesmente cadastra os produtos na loja virtual e deixa lá, são as pessoas que não fazem vendas.



Para vender na internet você precisa antes de qualquer coisa, fazer uma boa escolha do que será vendido. Você nunca terá sucesso disputando lugar com grandes marcas, dificilmente você terá preço e condições de pagamento tão boas. Talvez a qualidade do seu atendimento seja melhor, mas isso não será suficiente. Gente que escolhe para vender pela internet produtos difíceis de transportar, também não tem uma vida tão fácil.

Mesmo que você tome todas as medidas necessárias, se o seu produto é frágil, algum dia você terá prejuízo. Se você vende cervejas artesanais, por exemplo, e tiver um prejuízo de R$50 com uma garrafa quebrada, mais o valor do reenvio, ok. Você até pode prever nas suas contas um ou dois prejuízos desse tipo por mês. Agora se você vende lustres de R$4. ooo e tiver a mínima chance do seu produto estragar no transporte, você terá um prejuízo enorme. Inevitavelmente acidentes desse tipo vão acontecer algum dia, tomara que o lojista não tenha azar de ser justo com o lustre mais caro.

Esses pequenos detalhes precisam ser avaliados na hora que você tiver escolhendo o que vender. Pense em produtos de fácil transporte e armazenamento. Quem escolhe produtos saturados no mercado, só consegue aumentar o stress, vai ser muito esforço para poucas vendas. A escolha certa do produto também implica em escolher algo que dê lucro, não adianta um produto que você bem, trabalha muito e ganha pouco. Com certeza não era assim que você imaginava que seria vender na internet.



Para conseguir vender e pagar as contas no final do mês existe uma série de itens que você precisa estar atento, todos eles são descritos neste texto, recomendo fortemente que você leia depois de terminar a leitura aqui. Hoje nós focamos na escolha do produto, porque um produto ruim pode definir o destino do seu negócio na internet. Se você já vende pela internet, avalie se fez a escolha certa e se tem chances de crescer com este produto que está vendendo. Se você ainda não tem loja virtual, pesquise sobre o mercado digital e sobre o mercado do produto que você quer vender para saber se está fazendo a escolha.




É possível ganhar dinheiro com vendas online, agora não se iluda achando que todo dono de e-commerce é rico. Existe uma parcela muito pequena do comércio eletrônico que faz mais de 10 pedidos por mês, eu chamo eles de Elite do Comércio Eletrônico. A diferença é que com pequenos ajustes alguns lojistas podem fazer parte dessa elite.

Basta pensar, e trabalhar cada detalhe do e-commerce, layout, SEO, fotos, descrição, vídeos para produtos. É coisa demais para uma pessoa só fazer. Se você tiver poucos produtos no site, talvez um dia consiga configurar tudo corretamente. Agora se você tiver produtos demais, com 1 ou 2 unidades cada, você nunca vai conseguir terminar de configurar corretamente cada produto.

Você vai passar o mesmo trabalho para configurar produtos com 2 ou 10 unidades. A diferença é que 10 unidades demoram a serem vendidas e você pode anunciar este produto até que o estoque acabe. Já quando se tem apenas 2 unidades do produto, o anúncio mal foi pro ar e o produto já está esgotado. E você precisa de um novo anúncio.

Se você quiser uma vida fácil, de ficar sentado esperando alguém chegar e comprar seu produto, largue a internet de mão, compre um caminhão e vá vender melancias.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: