ULTIMOS POSTS

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Transformando clientes insatisfeitos em clientes fiéis




Na cidade de Macapá, eu conversei com um vendedor de aparelhos celulares. Ele me contou que conseguiu fechar uma venda porque gosta de jogos no celular. Um cliente chegou até a loja reclamando que a bateria do telefone que ele tinha comprado não durava nada. O vendedor sabia que aquele era o primeiro smartphone do cliente. Mas o comprador estava irado. Dizia que a bateria do telefone anterior durava até 3 dias e o novo durava apenas poucas horas. Para acalmar o cliente, o vendedor pegou o seu próprio celular, ligou um joguinho de corrida e colocou na mão do cliente. Olha como este jogo é bacana. Olha como o visual é bonito... E o som?... Se eu jogar por uma hora seguida, o celular descarrega. Estes celulares mais modernos têm muitos aplicativos que os antigos não tinham. Se o senhor usar só a função de telefone, a bateria vai durar um pouco mais. Mas se usar alguns aplicativos, aí não dura tanto. Quando for utilizar alguns aplicativos, ligue o aparelho na tomada, assim não corre o risco de acabar a bateria. Depois destas explicações, o cliente entendeu e ainda pediu para o vendedor instalar pra ele o jogo de corrida. Ao invés de brigar com um cliente que reclama, primeiro é importante entender o porquê ele está reclamando. Desta forma, um cliente insatisfeito pode se transformar em um cliente fiel.

Veja mais histórias como esta em http://omelhorvendedordobrasil.com.br

Leandro Branquinho
Áudio originalmente veiculado no dia 20-06-16 nas seguintes emissoras:

-Rádio Educativa – Três Corações – MG
-ACETC – Portal da Associação Comercial e Empresarial Três Corações - MG
-ACAITP - Portal da Associação Comercial de Três Pontas - MG
-Rádio Cidade – Campos Gerais – MG
-Rádio 98 FM – Ribas do Rio Pardo – MS
-Rádio 95 FM – Currais Novos - RN
-Rádio 730 - Momento Sindilojas - Goiás – GO
-Boletim do Vendedor –Armenius
-Falando de Varejo
http://radiovendas.com.br
http://leandrobranquinho.com.br

d

f


Compartilhe nas redes sociais:
 
Copyright © 2008-2017 Falando de Varejo.