por Fabiane Simões Alexandre*


A venda está em tudo, todo mundo faz de alguma maneira, todo dia todos lidam com venda, mas será que alguém sonha em ser vendedor? Você sabe que pode ser bem feliz sendo vendedor?

Não é comum ouvir um parente ou alguém dizer a seguinte frase: “Quando meu filho(a) crescer, quero que ele(a) seja um vendedor”. Claro que isso não é comum, tem mais coisa do que a gente pode imaginar. E como diz o ditado popular, “de médico, louco e vendedor, todo mundo tem um pouco”. De alguma maneira então você tem um pouco a ver. E se não tem, pode pelo menos saber mais sobre.

Segundo o autor Marcos Cobra, as vendas começaram com a serpente em sua estratégia de vender a maçã para Adão e Eva, e eles compraram, comeram e se deliciaram. O resto é história.

Estava lá, desde o princípio, e continua hoje firme e forte. Formalmente, surgiu com os caixeiros-viajantes, profissionais que viajavam vendendo e trocando produtos. Trata-se o vendedor de uma das mais antigas do mundo, uma das áreas profissionais que mais se desenvolveu e se adapta todo dia à realidade do mundo contemporâneo como pode verificar na evolução dessa profissão.

Tem até seu dia especial no calendário, a data de 1º de outubro é o dia do vendedor, um profissional indispensável para que os produtos e serviços de toda espécie cheguem aos clientes e ainda ajuda as empresas a crescerem e se desenvolverem e ficarem cada vez melhores.

Você já pensou no papel que o vendedor representa na sociedade, ele é exatamente o elo entre a empresa e o cliente. Na maioria dos casos, ele representa a própria empresa. É ele que traz as soluções que os clientes necessitam e esperam, e até surpreendem e ainda mais encantam os clientes. Esse é profissional que às vezes nem se pensa no seu enorme e significativo valor.

Hoje o vendedor é conhecido como consultor de vendas, um especialista, um elo entre a empresa que trabalha e o cliente. Trata-se de um verdadeiro especialista que tem valor. Quando empresa e cliente passam a valorizar o profissional descobre nele um real parceiro comercial, percebendo sua importância neste segmento econômico, dando-lhe suporte profissional e humano, e se torna a maior beneficiada desta parceria, pois o vendedor deve ser alguém muito informado sobre as tendências e exigências do mercado.

Dados de mercado mostram que a profissão de vendedor tem boas perspectivas nos próximos anos, deve aumentar pois existe uma grande necessidade de vendedores em muitas empresas. O lado humano do processo de vendas está sendo muito valorizado. O trabalho do vendedor está sendo modificado. Hoje o vendedor é mais orientado ao cliente e possui como objetivo construir e manter um bom relacionamento em vez de ser um simples tirador de pedidos. Existe atualmente o foco de reter e trabalhar com clientes atuais, aliando a isso a tarefa de procurar novos clientes.

Sem falar na tecnologia, que está mexendo com tudo, e não seria diferente nas vendas. As tecnologias estão mudando a natureza e conceito do trabalho e do vendedor, através das redes sociais, internet, facebook, apoio de call centers, vendas online, e-commerce, smartphones, tablets, e ainda a nova chegada próxima dos wearebles (usáveis), tecnologia usável, em roupas, relógios, pulseiras, óculos. Vai ser outra revolução, tecnologia mais fácil e mais próxima.

Hoje é diferente, o mercado exige o "profissional de alta performance". O desenvolvimento pessoal e profissional, bem como, a constante habilidade do vendedor de se motivar, informar e reciclar. Vendas é uma especialidade que exige grande capacidade de negociação, visão estratégica, paciência e persistência, simpatia, ser um bom ouvinte, ambição, formação e "AMOR" pelo trabalho.

Se você nunca sonhou em ser vendedor, passe a pensar. Na maioria dos casos, ela é tão especial que não se faz, ela surge, acontece, e á a maior aventura do mundo, ser feliz fazendo os outros felizes.

Se você deseja ser um vendedor, deseja ter sucesso, deseja ser feliz. E isso é possível, o mercado está cheio de casos de pessoas que se realizaram e se realizam no que fazem, em vender e fazer os outros felizes.

Trata-se de uma profissão, de uma carreira e que seja para o sucesso. O seu sucesso será também o sucesso dos outros.

E o sonho? O que é sonhar?

Pense nisso. Repense. Pense melhor. Seja vendedor. Seja feliz fazendo os outros felizes.

Para pensar, e nunca esquecer: “A diferença entre uma pessoa bem-sucedida e as outras não é a falta de força ou de conhecimento, mas sim a falta de vontade” (Vince Lombardi).

E, “Você não fecha uma venda, você abre as portas de um relacionamento para construir um negócio duradouro e de sucesso” (Patricia Fripp).

(*) Fabiane Simões Alexandre é Diretora da Ideare Consultoria & Treinamento. Palestrante nas áreas comportamental, vendas e Liderança e Instrutora e Consultora credenciada do SEBRAE/RN
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: