Pesquisa realizada pela ABF confirma ritmo positivo das franquias no Brasil

O mercado de franquias vem mantendo resultados positivos apesar do momento instável do Brasil, registrando um aumento de 8,2% no segundo trimestre do ano, se comparado ao mesmo período de 2015, de acordo com estudo realizado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Para a instituição, o faturamento do setor chegou a R$ 35 bilhões e 180 milhões, devido a uma melhora na confiança dos consumidores. Alguns segmentos tiveram destaque, pois apresentaram maior desenvolvimento, são eles: Esporte, Saúde, Beleza e Lazer (15%), Acessórios Pessoais e Calçados (10%), Negócios, Serviços e Outros Varejos (10%), Lavandaria, Limpeza e Conservação (9%) e Serviços Automotivos (9%).

Um exemplo próspero do setor de beleza é a Sóbrancelhas, que no primeiro semestre do ano registrou um crescimento de 37,5% em número de lojas. No segundo trimestre a rede contabilizou mais 29 novas unidades. Ainda com uma expansão arrojada, a marca espera para os próximos meses chegar a 300 operações em todo o Brasil, inaugurar as primeiras no exterior e obter um faturamento de R$ 50 milhões. “Acreditamos que em meio a instabilidade, o empresário se destaca por sua eficiência, criando e gerando oportunidades para as pessoas”, afirma Luzia Costa, fundadora da marca.

E nesse cenário otimista no setor de Lavanderia, Limpeza e Conservação, a JAN-PRO já registra um crescimento de 50% em seu faturamento frente a 2015, e espera somar mais 30% a esse incremento até o final deste ano. Após fechar 2015 com faturamento de R$ 30 milhões e 184 unidades em operação, a marca espera abrir 50 novas franquias e faturar R$ 90 milhões em 2016. “Um dos segredos para o sucesso é garantir o primeiro contrato de negócio ao franqueado, fazendo com que o empreendedor já comece a operar lucrando”, afirma o diretor executivo da JAN-PRO no Brasil, Renato Ticoulat.

Outro destaque é Arranjos Express – especializada em customizar, ajustar e reformar peças de todos os tipos e modelos, além de soluções para peças de têxtil lar – que tem investido em seu plano de expansão no Brasil e já registrou um crescimento de quase 10% em número de unidades no primeiro semestre. Após encerrar 2015 com faturamento de R$ 11 milhões, a rede de franquias espera mais que dobrar seus rendimentos nesse ano, chegando a R$ 24 milhões. Além disso, a expectativa da companhia é fechar 2016 com 90 unidades em operação no país, o que representa um crescimento de quase 50%. Além das 53 franquias em território brasileiro, a marca ainda conta com 30 lojas em operação em Portugal, sua nação de origem.

No setor de acessórios pessoais e calçados, a rede de franquia de venda direta de calçados femininos, a Quinta Valentina, que oferece um atendimento personalizado se diferencia e conquista cada vez mais capilaridade no país. Com 200 operações em todas as regiões do Brasil, a marca faturou R$ 8 milhões em 2015, e apenas no 1° semestre desse ano abriu 48 pontos e pretende aumentar em 30% o faturamento até o fim de 2016, chegando a R$ 10 milhões.

E no nicho de ótica, o Mercadão dos Óculos segue num movimento contrário ao de muitas empresas e continua expandindo. Com 95 lojas espalhadas no país, oferece óculos solar e de grau a partir de R$ 19,90, a marca abriu 36 novas operações desde o início do ano, e pretende encerrar 2016 com 150 unidades e um faturamento de R$ 40 milhões, 50% a mais do que o ano passado.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: