Você sabe as principais funções de um Gerente de loja? O que faz um gerente no seu dia a dia?

Este é um assunto onde muitos profissionais ainda têm dúvidas. Tanto aspirantes ao cargo, como muitos gerentes antigos que por algum motivo não receberam o devido treinamento para a função.

Leia este artigo até o final, pois vou apresentar as principais funções de um gerente de loja para você aplicar a fazer a diferença com sua equipe.

Mas afinal, o que é ser gerente de loja?

Bom, esta foi uma função onde atuei grande parte da minha carreira. Iniciei no varejo como estoquista, depois fui caixa, vendedor, subgerente… até chegar a gerência. Posteriormente ainda fui supervisor e hoje sou treinador e consultor de redes de lojas.

Agora vou passar o que na minha visão são as principais funções de um gerente de loja. Não vou fazer um extenso check list, mas sim passar as funções que fazem a diferença no dia a dia de um gerente, são elas:

1. Fazer o recrutamento e seleção da equipe.

Sempre digo que se o gerente quer ter resultados extraordinários, deve ter uma equipe extraordinária. E isso envolve fazer corretamente o processo de recrutamento e seleção da equipe.

Um bom gerente deve desenvolver várias estratégias para recrutar e selecionar candidatos. Isso envolve tanto redigir um bom anúncio que atraia bons candidatos, quanto fazer uma boa entrevista, usando perguntas que possam extrair informações importantes sobre o candidato.

2. Realizar treinamentos constantes com a equipe.

É muito comum um gerente contratar um vendedor, passar a meta de vendas e depois disso apenas cobrá-lo sobre as vendas. Isso sem treiná-lo e deixá-lo ciente sobre o que se espera dele. Em uma loja assim cada vendedor atende do “seu jeito” ou como atendiam no antigo emprego.

O novo colaborador deve saber tudo o que se espera dele, tanto em procedimentos de vendas e atendimento, quanto em procedimentos operacionais. Após isso o gerente pode cobrar seu colaborador.

3. Saber se comunicar e desenvolver seus colaboradores.

Contratar e passar um treinamento para um colaborador é apenas o inicio do trabalho para desenvolver e formar campeões de vendas. O grande desafio é no dia a dia da loja, quando o gerente deve usar sua comunicação para passar feedbacks construtivos para corrigir seu colaborador.

O problema é que muitos gerentes não estão preparados para chamar a atenção de seu colaborador sem causar ressentimentos. Então o feedback que deveria ser construtivo vira um sermão ou bronca. O resultado é medo, raiva e ressentimentos por parte dos colaboradores.

4. Acompanhar (e aumentar) as estatísticas e indicadores de desempenho.

Aqui é outro ponto onde muitos gerentes de varejo deixam a desejar. Desde a época quando atuava como gerente (e até hoje quando atuo como consultor) fico abismado com a quantidade de empresas que não acompanham (ou não acompanham corretamente) os números. Conheci vários gestores e proprietários que não conheciam os principais indicadores do varejo: como venda média, preço médio, taxa de conversão ou peças por atendimento.

Algumas empresas até acompanhavam estes números, mas não sabiam como trabalhar para aumentar estes indicadores.

Um bom gerente, além de acompanhar diariamente as estatísticas de sua loja, também deve saber as estratégias para aumentar estes indicadores.

5. Fazer com que as normas da empresa sejam cumpridas.

Muitos gerentes fracassam porque não estabelecem procedimentos claros para sua equipe. Outros gerentes até possuem um extenso manual de normas e procedimentos, mas simplesmente não conseguem fazer com que as normas sejam cumpridas.

Um gerente de loja deve estabelecer procedimentos claros e adequados (inclusive no papel) e fazer com que sua equipe cumpra as normas. No inicio sua equipe pode até “estranhar”, mas o natural aumento na produtividade trará um ambiente motivador para sua loja.

Completando, o gerente ainda deve:
  • Ser um exemplo em suas atitudes.
  • Conhecer e dominar todos os passos da venda.
  • Executar todas as tarefas operacionais e administrativas referentes ao cargo (controle de estoque, papelada para admissão de novos colaboradores, verificar o caixa e a contabilidade diária, etc).
Mesmo um gerente recém admitido ou promovido pode se beneficiar das dicas deste artigo. Agora use as orientações e seja justo com a sua equipe. Tenha em mente que o gerente é o responsável pela sua equipe e pelos resultados de sua loja.

Bom trabalho!
Edson Moura

Edson Moura Tem mais de uma década de experiência no varejo nacional e carreira desenvolvida em grandes empresas do país. Foi vendedor, gerente e supervisor de loja. Hoje atua como palestrante ajudando as empresas a terem mais vendas e lucros. Isso com uma equipe comprometida, motivada e acima de tudo, feliz. Também possui formação Practitioner em PNL e nível Master em Coaching. É Coordenador e coautor do livro LIBERTE SEU PODER e coautor do livro PRÁTICAS DE LIDERANÇA.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: