ULTIMOS POSTS

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

E-commerce espera faturar R$ 2,14 bilhões na Black Friday, segundo ABComm

Expectativa é que o faturamento das lojas virtuais tenha crescimento de 18% com relação ao ano passado

Cada vez mais consolidada no comércio eletrônico brasileiro, a Black Friday acontece em 25 de novembro de 2016 e deve impulsionar as vendas no setor. De acordo com a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), a estimativa de faturamento para a data neste ano é de R$ 2,14 bilhões – um crescimento de 18% em relação ao mesmo período de 2015.

Mauricio Salvador, da ABComm
No total, a expectativa é que as lojas virtuais brasileiras recebam 7,63 milhões de pedidos, com ticket médio de R$ 280. As categorias mais buscadas devem ser celulares, eletrônicos, eletrodomésticos e informática. A estimativa leva em conta as compras realizadas entre os dias 24 de novembro (véspera) e 27 de novembro (domingo).

Ainda segundo a ABComm, cerca de 25% dos e-shoopers pretendem antecipar as compras de Natal para aproveitas as ofertas da Black Friday.

“Tradição importada dos Estados Unidos, a Black Friday já se tornou o evento do e-commerce brasileiro depois do Natal. Com a economia dando sinais de recuperação, a expectativa dos lojistas é muito positiva em relação a um aumento nas vendas”, explica Mauricio Salvador, presidente da ABComm.

Sobre a ABComm:

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) surgiu para fomentar o setor de e-commerce com informações relevantes, além de contribuir com seu crescimento no país. A Associação reúne representantes de lojas virtuais e prestadores de serviços nas áreas de tecnologia da informação, mídia e meios de pagamento, atuando frente às instituições governamentais, em prol da evolução do setor. A entidade sem fins lucrativos é presidida por Mauricio Salvador e conta com diretorias específicas criadas para fomentar todo o setor, entre elas: Novos Negócios; Relações Governamentais; Mídias Digitais; Relações Internacionais; Meios de Pagamento; Capacitação; Desenvolvimento Tecnológico; Empreendedorismo e Startups; Jurídica; Métricas e Inteligência de Mercado; Crimes Eletrônicos; e Marketing. Para mais informações, acesse: www.abcomm.org

Compartilhe nas redes sociais:
 
Copyright © 2008-2017 Falando de Varejo.