ULTIMOS POSTS

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Clima pode impactar nas vendas do varejo

Ferramentas de previsão de tempo e clima podem ser opções viáveis para minimizar perdas


O varejo é um dos segmentos que mais sofre com a crise do país. A queda do poder aquisitivo dos brasileiros em decorrência de inúmeros fatores contribuiu para uma baixa nas vendas nas mais diversas áreas. Porém, não é esse o único impasse que o setor enfrenta. O clima também tem se mostrado um desafio e tanto. Com fenômenos como El Niño, La Niña ou até mesmo adversidades durante as estações está difícil preparar os estoques e se antecipar para atender aos consumidores.

Os relatórios e dados meteorológicos conseguem guiar as grandes empresas e ditar quais serão as necessidades dos clientes, oferecendo os produtos com antecedência. “Durante os dias mais quentes, por exemplo, produtos de climatização, sorvetes, bebidas em geral e a coleção primavera-verão vendem muito. Por outro lado, se faz frio no verão, o impacto é exatamente o contrário”, explica o meteorologista da Climatempo, Alexandre Nascimento.

Para auxiliar o setor quanto às informações climáticas, a Climatempo disponibiliza uma consultoria específica de Varejo. “Nossa ferramenta mostra aos clientes as condições meteorológicas de até 12 meses para frente com acompanhamento de especialista a curto prazo para ajudar o cliente na tomada de decisão, seja para o ponto de venda, otimização do estoque, logística ou comunicação”, explica Rafael Augusto, gestor de marketing da Climatempo.

Com base em análises meteorológicas, embasadas por comparativos com o ritmo de venda de determinado produto, a Climatempo consegue pontuar para os varejistas qual o melhor momento para vendas e quais as necessidades de estoque. “As soluções da companhia utilizam meteorologia de precisão, sempre com foco na inovação científica, na tecnologia e na assessoria de qualidade. Por conta disso, os produtos e serviços oferecidos contribuem com a melhora da produtividade na execução de projetos e com a otimização de planejamentos diversos”, diz Rafael Augusto.

Compartilhe nas redes sociais:
 
Copyright © 2008-2017 Falando de Varejo.