• Últimas postagens

    Varejo apresenta aumento de fluxo na última semana antes do Natal

    Última semana apresentou resultado positivo de 4,9%, no comparativo com 2015. No período sazonal, o resultado apresentado foi negativo.

    O período que equivale ao momento sazonal do Natal de 2016 registrou redução de 5,2% se comparado a 2015, em relação ao fluxo de pessoas no varejo físico. O apontamento é do ICV (Índice de Consumidores no Varejo), divulgado pela Virtual Gate, empresa especializada no monitoramento de fluxo de clientes em pontos de venda.

    A análise demonstra que apenas a última semana (Semana Natal) apresentou crescimento de fluxo, com resultado positivo de 4,9%


    Os dados mostram também que a região Sul foi a que registrou o melhor desempenho em relação ao ano anterior, registrando crescimento de 7,6% na comparação entre os períodos de 2015 e 2016, sendo a única região a registrar alta. As maiores reduções de fluxo foram nas regiões Nordeste (-7,5%) e Sudeste (-5,7%).

    Resultado por região:

    • Centro Oeste: - 4,0%
    • Nordeste: -7,5%
    • Norte: -3,3%
    • Sudeste: -5,7%
    • Sul: +7,6%

    De acordo com Samuel Macedo, gerente de indicadores pós-vendas e indicadores da Virtual Gate, o resultado do fluxo na última semana era esperado: “Já havíamos verificado comportamento similar neste ano nas demais datas como Dia das Mães e dos Namorados. Em cima da hora, o consumidor, mesmo em cenário de crise, está buscando oportunidades”.

    Na opinião de Heloísa Cranchi, diretora geral da Virtual Gate, o próximo ano poderá ser desafiador para o varejo. “Tudo ainda depende dos rumos econômicos e políticos do país. A falta de algumas definições nesse sentido ainda prejudica a retomada de investimentos no setor. Mesmo assim, o consumidor ainda está buscando reais oportunidades e ofertas, e quem conseguir entender isso, poderá colher bons frutos no próximo ano”.

    A base analisada conta com mais de 1200 pontos de medições (lojas) adota a Classificação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE, na sua versão mais atual 2.0, ponto de referencia Base 100 = Janeiro de cada ano para comparativos anuais, e Base = 100 primeiro mês analisado no comparativo mês a mês.

    Sobre a Virtual Gate

    Fundada em 2002, a Virtual Gate, fornece soluções para o aumento de faturamento dos varejistas por meio de tecnologia que permite a gestão do fluxo do consumidor e da taxa de conversão. Atende algumas das maiores empresas do País e grandes redes varejistas, além de oferecer soluções de valor agregado para médias e pequenas empresas de todo o Brasil, com clientes em todas as regiões. Seu portifólio tem alguns cases de sucesso como: C&A, Pernambucanas, Restoque, TendTudo, Nike, Adidas, FNAC, Livraria Cultura, Lojas Americanas, Farm, Paquetá, Calvin Klein, Loungerie, L’Occitane, Sephora, entre outros.