ULTIMOS POSTS

domingo, 15 de janeiro de 2017

Como a inércia pode se tornar uma aliada do pequeno negócio

Mexa-se! A hora é agora!
É fato hoje que hoje o empreendedor que abre uma nova empresa, um novo negócio, tem que ter em mente que dois dos ingredientes fundamentais para se alcançar o sucesso são a DIFERENCIAÇÃO entre os demais players de seu mercado, assim como a RESILIÊNCIA, ou seja, sua capacidade de rapidamente se adaptar a mudanças.

Nos tempos dinâmicos que vivemos hoje, nos quais há algo muito maior do que os simples modismos, nós temos como resultado uma velocidade de mudança de comportamento de consumo quase impossível de ser acompanhada nos modelos engessados de gestão das empresas.

É fato também, como já disse em diversos outros artigos meus, que infelizmente muitos pequenos empreendedores padecem da tal “síndrome de vira-lata”. Parece que para alguns infelizmente falta o vigor, a energia e a vontade inabalável de se superar todos os dias. Algo fácil de encontrar por exemplo, no ecossistema de startups e seus empreendedores, onde muitas empresas nascem pensando em ser no mínimo, os melhores naquilo que fazem.

É comum escutar histórias de empreendedores que estão sendo engolidos por seus mercados ou pela falta de competitividade, mas que se renegam à inovarem e mudarem seu negócio. Para muitos desses, inovação é um assunto complicado, que gera medo e desconfiança, e que “deve ser coisa apenas para os grandes do mercado”.

É aí que mora o erro, e aí que eu acredito que a inércia é uma grande aliada do pequeno negócio.

Para aqueles que pensam de forma verdadeiramente empreendedora, a boa nova: Os pequenos negócios não precisam de grandes esforços para inovar, para mudar os rumos de seu destino. Uma nova fachada, uma reforma, um novo posicionamento de mercado, ou até mesmo uma total revolução no que é vendido ou oferecido por sua empresa depende muito mais de atitude e vontade do que até mesmo de capital. Acredite.

É óbvio que existem situações, ainda mais em tempos de crise, as quais as empresas não possuem reserva financeira para grandes mudanças, mas, mesmo pequenas e gratuitas mudanças, como uma forma diferenciada de atender seus consumidores, por exemplo, talvez baste para começar a inovar e colher resultados diferentes.

Aí você me pergunta: Então, por que a inércia é minha aliada?

Se a resiliência é um dos grandes fatores do sucesso de uma empresa, pense em um grande player de seu mercado, um grande concorrente, poderoso, com dezenas, centenas ou até milhares de unidades de negócio, lojas, fábricas, ou qualquer outro comparativo.

Quanto maior o player, maior a inércia, maior sua dificuldade em inovar.

Uma empresa que precise gastar R$ 1.000,00 para treinar um funcionário e que possui 1000 funcionários, precisa de R$ 1.000.000,00 em investimentos para um simples treinamento. Isso sem falar na questão de tomada de decisão, que pode ter exigido horas de reuniões, e-mails e pesquisas, talvez meses de preparo e discussões, para se chegar em um resultado, que dependendo da situação, pode até chegar tarde demais para algum objetivo.

É aí que o pequeno empreendedor sai na frente. Sem inércia, dependendo dele, tudo pode ser mais fácil,

Se a barreira financeira para um novo investimento pode ser obstáculo, se resolvida ou contornada, o pequeno empreendedor tem em suas mãos uma velocidade de decisão que nenhuma empresa grande tem, e pode rapidamente inovar, até mesmo antes da grande concorrência.

E em negócios, sabemos que às vezes quem chega primeiro, colhe melhores resultados.

Então, aproveite a inércia como sua grande aliada e inove! Ao menos tente!

Não se colhe resultados distintos, utilizando-se dos mesmos esforços!

A hora é agora!

Um grande abraço e boas vendas

Caio Camargo é um incansável apaixonado por tudo que possa estar ligado ao mundo do varejo e ao futuro deste. Arquiteto, blogueiro, palestrante, professor, executivo, anjo-investidor e empreendedor, criou um dos principais sites sobre o varejo brasileiro, o Falando de Varejo, no ar desde Julho de 2008. Com mais de 6 milhões de leitores e dezenas de milhares de seguidores nas principais redes sociais, é uma das principais referências do mercado quando se trata de vender mais e melhor. É Diretor de Relações Institucionais da Virtual Gate e co-fundador do Hubprovarejo. É autor do livro Arroz, Feijão & Varejo, disponível nas principais livrarias do país.

Mais sobre o autor:

YouTube: http://bit.ly/youtubevarejo
Facebook: http://www.facebook.com/falandodevarejo
Instagram: http://www.instagram.com/caiocmgo

Compartilhe nas redes sociais:
 
Copyright © 2008-2017 Falando de Varejo.