ULTIMOS POSTS

domingo, 22 de outubro de 2017

Black Friday: aumente as suas vendas com um site seguro

Neste ano, o e-commerce deve crescer, de acordo com a Ebit, 15% por conta da Black Friday, que acontece no dia 24 de novembro. Comparando com os dados de 2016, os pedidos devem subir 7,7%, de 2,92 milhões para 3,1 milhões, e o tíquete médio para R$ 695, com alta de 6,4%. Ou seja: quem tem um negócio na internet precisa estar atento a essa oportunidade e conquistar o maior número de clientes possíveis. Como? A segurança é o primeiro passo.

“Ao oferecer um ambiente seguro, o dono de e-commerce transmite confiança aos internautas e transforma pesquisas de preços em compras efetivas, ainda mais em um período de promoções, como o da Black Friday, no qual aumentam os ataques de roubos de dados. Quem oferecer um ambiente seguro e souber se comunicar com o cliente, com certeza estará alguns passos à frente da concorrência", explica Julio Cosentino, vice-presidente da Certisign.

Consentino, da Certisign

Seu site é seguro? Então, mostre aos seus clientes
Um site seguro é um ambiente protegido por um Certificado SSL, que garante a segurança na transmissão de dados entre o servidor da sua loja e o dispositivo do seu cliente. Exponha essa informação por meio de um banner na home, mostre aos clientes os sinais de segurança, como o cadeado e a letra S no "HTTPS" no navegador. "O SSL garante ao internauta que ele não está em um site operado por fraudadores".

Selo de Segurança
Ao inserir um Certificado SSL, a loja pode aplicar o Selo de Segurança, que geralmente fica fixado no rodapé da página. Para aumentar a percepção de segurança, inclua o Selo também na tela de check-out próximo aos produtos do carrinho. "Incentivar o internauta ao clicar no Selo também é uma boa medida educativa e de transmissão de confiança. Ao clicar, ele pode conferir que o Certificado SSL foi realmente emitido para o ambiente em que ele está".

Proteja-se do chargeback
Para se proteger contra a fraude de identidade e, por consequência, do chargeback, ofereça aos clientes a opção de autenticação com o Certificado Digital ICP-Brasil, que é o RG do mundo virtual e adiciona validade jurídica nas ações praticadas por meio dele. "O que é realizado usando um Certificado ICP-Brasil, não pode ser repudiado. Ou seja: o dono do e-commerce se protege contra o não reconhecimento da compra".

Para incluir essa opção na sua loja virtual, de acordo com Cosentino, não é preciso fazer nenhuma alteração na infraestrutura tecnológica. "Os códigos são simples e não há custo de implementação. Atualmente, há mais de 8 milhões de Certificados ICP-Brasil, que representam potenciais usuários desse tipo de autenticação".

Sobre a Certisign
A Certisign é a Autoridade Certificadora líder da América Latina e especialista em Identificação Digital. Com mais de 2.200 Pontos de Atendimento por todo o Brasil, ao longo dos seus 21 anos, já emitiu mais de 10 milhões de Certificados Digitais, possui em seu portfólio de clientes as companhias mais representativas do País e está entre as empresas mais inovadoras do Brasil, de acordo com as pesquisas “Inovação Brasil 2016”, da Strategy& - consultoria estratégica do Network PwC-, e "50 Empresas Mais Inovadoras do País", da DOM StrategyPartners. Para mais informações acesse: www.certisign.com.br.

Compartilhe nas redes sociais:
 
Copyright © 2008-2017 Falando de Varejo.