Confira a lista!

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Contatos através do SAC se transformam em ações de marketing de relacionamento

É fato que os canais online facilitaram muito a vida dos consumidores que precisam entrar em contato com as empresas, seja para solucionar algum problema, emitir reclamação ou até mesmo elogiar seus produtos ou serviços. Porém, mesmo com tanta tecnologia, a aproximação mais pessoal com os clientes ainda é a maneira mais valorizada pelo público. “A pessoa do outro lado da tela ou do telefone precisa sentir que realmente aquele atendimento está sendo feito especialmente para ela, sem respostas prontas ou automáticas. É preciso solucionar o seu problema da forma mais humanizada possível”, comenta o diretor da Paviloche Sorvetes, Douglas Pavinato. A partir desse pensamento, a empresa de Santa Catarina recentemente transformou dois contatos do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) em ações de marketing de relacionamento.

Cadê a tatuagem?

No início do ano, Alana Pagnoncelli Guenze comprou o picolé Algodão Doce para seu filho, porém o produto estava sem a tatuagem. Como o menino queria muito o brinde, ela, então, comprou mais um picolé, mas a unidade também estava sem o item. A mãe entrou em contato com o SAC da Paviloche e informou sobre o fato. “Detectamos a falha operacional, mas não poderíamos simplesmente pedir desculpa, afinal estamos falando do desejo de uma criança. Por isso, fizemos uma carta personalizada utilizando como persona o sorvete falante que, de forma carinhosa e divertida, se desculpou pelo ocorrido e enviou diversas tatuagens para o nosso Mini Pavilover”, afirmou Pavinato.



Fã do sorvete Marta Rocha

Helena Freitas é uma cliente Paviloche apaixonada pelo sabor Marta Rocha. Como ela mora no Rio de Janeiro e os produtos da marca catarinense são comercializados apenas em Santa Catarina e no Paraná, ela só pode saborear a sua sobremesa preferida quando vem para o Sul. Certo dia, ela mandou um vídeo para a página da Paviloche no Facebook comemorando que estava em SC e encontrou o picolé Marta Rocha. “Durante minha estadia em SC fiz propaganda de vcs, agora aqui no RJ, todos clamam por Marta Rocha”, destacou. Aí então começou a aproximação através do chat. Helena falou sobre o desejo de encontrar os produtos Paviloche no RJ e também solicitou que algumas unidades fossem enviadas para ela. Como, por questões de logística, não seria possível, a empresa teve outra ideia: convidar a cliente para conhecer de perto o processo de produção do seu sorvete preferido. No dia 5 de fevereiro, ela veio para SC e passou a manhã na fábrica, localizada em Joinville (SC). Durante o passeio, Helena conheceu todos os processos de fabricação e pode degustar o Marta Rocha direto da máquina, além de levar alguns brindes para casa. A ação foi documentada por Helena em sua página pessoal no Facebook.




Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search