sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Tamanco sustentável une estilo e responsabilidade socioambiental

Calçado feito no Sul do Brasil tem como matéria-prima carcaça de pneu, crochê de sacola plástica, palha de buriti e madeira de reflorestamento

Sob recomendação médica, produto também é indicado para problemas ortopédicos

Um tamanco criado por uma empresa gaúcha comprova que, com criatividade, a indústria calçadista pode reduzir seu impacto na natureza e, ainda, contribuir para a sustentabilidade de povos e comunidades tradicionais. Desenvolvido pela Incubadora de Negócios Online, de Porto Alegre, o calçado, batizado de Tamanco WS Eco Anatômico, traz, em quase sua totalidade, matérias-primas ambiental e socialmente sustentáveis: carcaça de pneu, crochê de sacola plástica, palha de buriti e madeira de reflorestamento




Para a produção do solado, utiliza-se carcaça de pneus. O resíduo, quando descartado na natureza, tem um enorme potencial poluidor, além favorecer a proliferação de mosquitos transmissores de vírus. A cepa – parte dura do tamanco – é desenvolvida com madeira de reflorestamento, oriunda de manejo florestal sustentado. Isso contribui para a preservação das espécies nativas. Já a gáspea, parte frontal, é feita de palha de buriti. Trata-se das folhas de uma espécie de palmeira que serve de fonte de sustento, seja com a extração, seja com o artesanato, para comunidades de regiões de floresta do norte, nordeste e centro-oeste do país. Em uma versão conceito, o tamanco tem a gáspea confeccionada em crochê de sacola plástica usada, o que evita que outro material com grande potencial poluidor chegue ao meio ambiente. Uma palmilha de EVA ortopédico confere maciez com resiliência para alívio nos pontos de pressão.

O tamanco foi lançado em janeiro por ocasião da 45ª Couromoda, uma das maiores feiras da América Latina do setor calçadista realizada em São Paulo. A ideia foi aproveitar a visibilidade que o evento traz para os produtos brasileiros para atrair a atenção de distribuidores do país e de outras partes do mundo.

“A nossa meta de curto prazo é o cadastro de 50 distribuidores autorizados no Brasil (lojas de ortopedia, saúde e conforto), que serão responsáveis pela venda de mil pares por mês. A médio prazo a meta da empresa é a exportação, e dessa forma devolver aos países que exportaram durante vários anos milhares de pneus seminovos, remoldados e carcaças para o Brasil um produto com valor agregado”, afirma Walter Soares, diretor da empresa.

FINALIDADE ORTOPÉDICA - O empresário destaca ainda que, além de estilo e engajamento socioambiental, o tamanco tem finalidade ortopédica para as usuárias. “Nos casos das pessoas com tendência a pronação e supinação, que é a pisada forçando o lado de dentro ou de fora do pé, respectivamente, ele alinha a postura. Os tamancos atuais fabricados com cepa de poliuretano (PU) cedem lateralmente aumentando as chances de lesões no tornozelo, entre outras”, observa Soares, ressalvando que, nos casos de pronação e supinação, a recomendação deve partir de um médico ortopedista.

MAIS INFORMAÇÕES: www.wsgera.wix.com/tamancows

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search