• Últimas postagens

    Resiliência do setor de beleza e estética se torna destaque para quem deseja ter seu próprio negócio

    Franquias do segmento tiveram um crescimento de 12,1 % no último ano

    Há alguns anos, a preocupação com o bem-estar assumiu novas configurações, tornando-se item indispensável para a maioria da população. Dados da pesquisa “Significados da beleza: Autoimagem e Consumo” da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e pelo SPC Brasil, apontam que cuidar da aparência não é apenas um luxo, e sim uma necessidade para cerca de 69,4% das mulheres e 61,9% dos homens.



    Essa mudança no cenário do mercado de beleza auxilia no desenvolvimento do empreendedorismo e principalmente no setor de franquias. Só em 2017, o segmento cresceu 12,1% no franchising, segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising).

    “Estamos vivenciando essa realidade da necessidade dos brasileiros com cuidados específicos com a imagem. Mesmo em momentos de retração econômica não tivemos em nossas operações quedas bruscas de venda de produtos ou até mesmo no movimento de clientes”, afirma Luzia Costa, fundadora das redes Sóbrancelhas e Beryllos.

    A empresária está inserida no mercado que movimenta mais de R$ 100 bilhões ao ano, oferecendo serviços de embelezamento do olhar e da face, como case de sucesso e crescimento arrojado.

    Nichos específicos ganham espaço no desenvolvimento do setor

    O segmento é amplo e “micromercados” começam a sobressair aos demais. Como é o caso dos centros especializados em sobrancelhas. Só no último ano, as franquias desse ramo tiveram um grande destaque. São mais de 710 unidades em todo o país que ultrapassam o faturamento de R$ 244 milhões ao ano. Um crescimento de 28,8% comparado com o ano anterior.

    “Para se manter no mercado que vem ampliando de forma gradativa, é necessário inovar, e oferecer serviços de qualidade e exclusivos. Além de sair da zona de conforto”, completa Luzia.

    A empresária está no mercado de sobrancelhas há quatro anos e afirma que ainda há muito espaço para crescer. “Estamos chegando a 200 operações no Brasil, nos firmamos na Argentina com mais de 8 operações, além da Bolívia, e acompanhamos a grande procura pela beleza, muitas vezes por ser um fator decisivo para o sucesso profissional”.

    Outros pontos de destaque são os números para quem deseja investir na marca e a diversidade de modelos de negócios com investimento a partir de R$ 70 mil. Atualmente a rede conta com alguns tipos de operações, sendo quiosques, além das lojas Smart, convencional e Premium. “Adaptamos nossa marca para chegar a cidades menores, carentes de serviços específicos e até mesmo o público A, por isso nosso negócio se torna tão promissor e inovador”, confirma.

    A Sóbrancelhas atingiu um faturamento superior a R$ 65 milhões de reais em 2017 e tem a expectativa de dobrar o faturamento e alcançar o número de 350 unidades franqueadas este ano.