sexta-feira, 27 de julho de 2018

Grupo Carrefour Brasil registra crescimento das vendas e da rentabilidade no segundo trimestre de 2018

Consolidando sua liderança no mercado brasileiro, as vendas da companhia no período subiram 5,5% e lucro líquido cresceu 39,4%, apesar da persistente deflação de alimentos


2T18

  • Vendas brutas de R$ 13,5 bilhões, alta de 5,5%
  • EBITDA ajustado de R$ 934 milhões, 12,9% maior
  • Lucro líquido de R$ 389 milhões, crescimento de 39,4%


  • E-commerce representou 7,4% das vendas do Carrefour Varejo, o GMV* cresceu 123% na comparação anual e a operação de marketplace representou 13,3% do GMV
  • Expansão: seis novas lojas de autosserviço do Atacadão, dois novos supermercados Carrefour Market e uma nova loja de proximidade Carrefour Express

* volume de vendas que inclui outras receitas e a operação de marketplace

1S18


  • Vendas brutas de R$26,6 bilhões, alta de 5,8%
  • EBITDA ajustado de R$ 1,8 bilhão, 14,5% maior
  • Lucro líquido de R$ 669 milhões, crescimento de 52,1%
  • E-commerce representou 6,8% das vendas do Carrefour Varejo
  • Expansão: 10 novas lojas de autosserviço do Atacadão, dois novos supermercados Carrefour Market e uma nova loja de proximidade Carrefour Express

O Grupo Carrefour Brasil consolida, mais uma vez, sua posição de liderança no mercado brasileiro, com alta de 5,5% nas vendas do segundo trimestre para R$ 13,5 bilhões, apesar da persistente deflação de alimentos. As vendas em mesmas lojas, que desconsidera o resultado de novas lojas na comparação trimestral, subiram 3,6%. Já o lucro líquido atribuído aos acionistas cresceu 39,4% para R$389 milhões entre abril e junho de 2018. No primeiro semestre do ano, as vendas atingiram R$ 26,6 bilhões, alta de 5,8%, enquanto o lucro líquido foi de R$ 669 milhões, crescimento de 52,1%. As vendas consolidadas em mesmas lojas subiram 2,1% nos primeiros seis meses. O sólido desempenho operacional e menor nível de despesas financeiras colaboraram com os resultados.

A expansão das lojas da companhia, sobretudo do Atacadão que inaugurou 10 novas unidades desde janeiro, representou crescimento de 3,9% nas vendas no segundo trimestre e de 3,7% no consolidado semestral. A estratégia de expansão do Grupo Carrefour Brasil continua favorecendo os formatos de maior retorno, sobretudo no segmento de cash & carry. Ao final do primeiro semestre do ano, a companhia apresentava 644 lojas, das quais 179 estão sob a bandeira do Atacadão, sendo 156 unidades de autosserviço e 23 operações de atacado de entrega. O EBITDA – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – subiu 12,9% para R$ 934 milhões no segundo trimestre e 14,5%, para R$ 1,8 bilhão, nos primeiros seis meses do ano.

“O Grupo Carrefour Brasil apresentou novamente um sólido desempenho nesse segundo trimestre, com forte crescimento das vendas, do EBITDA ajustado e do lucro líquido, impulsionados, principalmente, pelo Atacadão e pelo Carrefour Soluções Financeiras, enquanto as vendas permaneceram resilientes no Carrefour Varejo. Este foi um desempenho particularmente satisfatório considerando o difícil cenário de mercado no qual operamos. Prosseguimos com a implementação do plano de transformação ‘Carrefour 2022’, com uma reação positiva dos clientes às nossas primeiras iniciativas. Estamos no caminho certo para atingirmos nossas metas de inaugurar 20 lojas do Atacadão neste ano, avançando ainda mais em nossa estratégia digital e omnicanal e intensificando nosso foco em produtos orgânicos e de marca própria, que deverão impulsionar o crescimento futuro”, destaca Noël Prioux, CEO do Grupo Carrefour Brasil.

Atacadão

As vendas brutas do Atacadão, maior atacadista brasileiro em número de lojas e com abrangência nacional, cresceram 8,4% no segundo trimestre para R$ 9 bilhões. As vendas em mesmas lojas subiram 4,5%, sustentadas pelos ganhos contínuos nos volumes de vendas e sólida liderança de preços, demonstrando crescimento acelerado, sobretudo, quando comparado ao primeiro trimestre, quando as vendas em mesmas lojas cresceram 0,5%, ainda pressionadas pelo contexto de forte deflação de alimentos. Considerando os seis primeiros meses do ano, as vendas brutas subiram 7,1% para R$ 17,4 bilhões. O EBITDA ajustado registrou alta de 19,9% no segundo trimestre para R$ 593 milhões. De abril a junho, o Atacadão inaugurou seis novas lojas, que se somam às demais quatro unidades de autosserviço abertas no primeiro trimestre. Portanto, em apenas seis meses, a rede inaugurou 10 novas lojas, o mesmo número de aberturas de 2017, comprovando o seu ritmo acelerado de expansão neste ano.

Carrefour Varejo

Já as vendas da operação de varejo do Grupo Carrefour Brasil ficaram praticamente estáveis em R$ 4,5 bilhões no segundo trimestre, impactadas pela deflação dos alimentos, mudança no calendário de Páscoa em relação a 2017 e greve dos caminhoneiros, que limitou as vendas de combustíveis e de itens não-alimentares vendidos em loja e via e-commerce. Por outro lado, de abril a junho, as vendas de produtos não-alimentares se mantiveram sólidas, estimuladas, sobretudo, pelas promoções relacionadas aos recentes eventos esportivos e como resultado de campanhas comerciais. A margem EBITDA ficou praticamente estável, em 3,9% no segundo trimestre, e em 4,1% nos primeiros seis meses do ano.

O e-commerce foi o segmento que mais cresceu na operação de varejo, representando 6,8% das vendas no primeiro semestre de 2018, contra 3,3% no mesmo período de 2017. Entre abril e junho, representou 7,4% das vendas. O GMV, volume de vendas que inclui outras receitas e a operação de marketplace, subiu 123% no segundo trimestre na comparação anual. Acima da média do mercado, a operação de marketplace representou 13,3% do GMV, enquanto o ticket médio registrou alta de 5% e o número de pedidos 103%, ambos na comparação com o segundo trimestre de 2017. O número de vendedores no marketplace do Carrefour alcançou 374 em junho, ante os 134 contabilizados em março. Ainda no segundo trimestre, o e-commerce alimentar da rede aumentou em 34% o número de itens comercializados, quando comparado ao primeiro trimestre, impulsionando o ticket médio em 27% e dobrando o número de pedidos no Estado São Paulo, que teve mais regiões incluídas na zona de entrega do serviço.

Em relação ao programa de CRM, o Meu Carrefour, cresceu significativamente o percentual de clientes identificados desde o lançamento ao final de 2017. Em junho, o índice de clientes identificados chegou a 67%, muito superior aos 40% identificados em outubro, mês em que entrou em operação. A base de clientes identificados superou a marca dos 6,8 milhões.

Carrefour Soluções Financeiras

No segundo trimestre de 2018, o faturamento do Banco Carrefour foi de R$ 6,1 bilhões, alta de 34,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. O faturamento do Cartão Carrefour foi R$ 4,6 bilhões, aumento de 7,7%, enquanto o do Cartão Atacadão atingiu R$ 1,4 bilhão, representando 22% do total de faturamento de cartões da companhia, acima dos 20% registrado nos três primeiros meses do ano. A carteira de crédito total subiu 28,6%, atingindo R$ 7 bilhões ao final de junho, e o volume total de cartões manteve movimento ascendente e alcançou os 7,5 milhões, sendo 160 mil novos Cartões Atacadão entre abril e junho, 15% superior ao primeiro trimestre. Já a receita cresceu 19,4% para R$ 613 milhões, apesar da queda nas taxas de juros. O EBITDA ajustado, por sua vez, subiu 97% no segundo trimestre, em comparação com o mesmo período do ano passado, para R$ 211 milhões, com destaque para a sólida rentabilidade do Cartão Carrefour, que cresceu cerca de 40% entre abril e junho na comparação anual.

Avanços no plano de transformação ‘Carrefour 2022’

Dando continuidade à implementação da estratégia global, anunciada pelo Grupo Carrefour em janeiro, a companhia registrou avanços significativos no Brasil, onde definiu três prioridades: acelerar a expansão, intensificar o desenvolvimento da estratégia omnicanal e ampliar a oferta de serviços financeiros. Considerando os dois primeiros pilares, com a inauguração de 10 novas lojas do Atacadão no primeiro semestre do ano, a rede cumpriu metade da meta anual que envolve a abertura de 20 unidades até dezembro, inaugurando ainda duas das 10 lojas do Carrefour Market previstas, bandeira do formato de supermercado, e uma loja de proximidade do Carrefour Express. Em linha com sua oferta omnicanal, a companhia contabilizou 1,3 milhão de downloads do aplicativo Meu Carrefour, seu programa de descontos. Em relação à alavancagem dos serviços financeiros, o Cartão Atacadão emitiu mais 160 mil cartões no segundo trimestre.

Entre abril e junho, o Grupo Carrefour Brasil manteve os ganhos de produtividade em todos os negócios, sobretudo na divisão de varejo, com destaque para diferenciais competitivos como a implantação do primeiro caixa de alta velocidade no Atacadão, sistema testado em loja de autosserviço de São Paulo (SP), assim como a expansão do sistema de self-checkout em postos de combustíveis – operado atualmente em metade dos 76 postos no país –, sistema presente também no hipermercado flagship Carrefour na capital paulista.

Dentre as principais ambições do plano de transformação global está o chamado movimento de “transição alimentar”, por meio do qual o Grupo Carrefour quer permitir que seus clientes consumam melhor, alimentos de maior qualidade, seguros, produzidos com responsabilidade socioambiental e a preços justos. Alinhada a esse compromisso, a companhia lançou no Brasil uma nova marca própria chamada ‘Sabor & Qualidade’, garantindo a oferta de produtos locais e de maior qualidade. Nesta direção, o Grupo Carrefour Brasil almeja ainda aumentar as vendas de produtos orgânicos, significativamente acima da média do setor, implementar mais áreas de vendas dedicadas a esse tipo de produto em todos os seus hipermercados de São Paulo (SP) até o final de 2018 – e nas demais lojas em 2019 – e duplicar a participação desses itens no total de vendas de produtos frescos até 2020, em relação a 2017.

Além disso, o Grupo Carrefour, por meio da sua fundação internacional, renovou o apoio à Gastromotiva, organização social que utiliza a gastronomia social, educação e profissionalização para promover a inclusão e a sustentabilidade. O apoio contempla a criação do primeiro ‘Laboratório de Inovação’ da Gastromotiva, que resultará em uma linha de produtos que será comercializada pela instituição, assim como contempla a renovação do apoio a outros dois projetos iniciados em 2015, com foco na formação de jovens e adultos e nos jantares do Refettorio Gastromotiva, que oferece refeições gratuitas para pessoas em situação de vulnerabilidade social do Rio de Janeiro (RJ).

Ainda no início de julho, a companhia anunciou parceria com a Iniciativa para o Comércio Sustentável (IDH) para o lançamento de programa voltado à produção sustentável de bezerros no Mato Grosso. O objetivo é fomentar a criação sustentável em mais de 450 propriedades das regiões do Vale do Juruena e do Vale do Araguaia, que abastecem boa parte da cadeia produtiva da carne bovina no país. O apoio a pequenos agricultores visa estabelecer uma cadeia de produção mais forte e justa, construindo um modelo socioeconômico viável. Esses pequenos produtores precisam de suporte na produção, como linhas de financiamento adequadas, assistência técnica para melhoramento genético e do pasto e apoio para legalização fundiária e ambiental. Especialmente, produtores situados no bioma Amazônico enfrentam sérias dificuldades para desenvolver uma produção sustentável sob os aspectos financeiro e socioambiental.

Sobre o Grupo Carrefour Brasil

Há mais de 40 anos no país, o Grupo Carrefour Brasil é líder de mercado de distribuição de alimentos. A partir de uma plataforma omnicanal e multiformato, reúne operações de varejo e cash&carry, além do Banco Carrefour e sua divisão imobiliária, o Carrefour Property. Atualmente, conta com os formatos Carrefour (hipermercado), Carrefour Bairro e Carrefour Market (supermercado), Carrefour Express (varejo de proximidade), Carrefour.com (e-commerce), Atacadão (atacado e atacado de autosserviço) e Supeco (atacado de autosserviço de proximidade), além de postos de combustíveis e drogarias. Presente em todos os Estados e Distrito Federal, sua operação já abrange 644 pontos de vendas. Com faturamento de R$ 49,6 bilhões em 2017 e mais de 82 mil colaboradores no Brasil, a empresa é a segunda maior operação dentre os países nos quais o Grupo Carrefour opera. A companhia se destaca ainda por ser um dos maiores empregadores privados do país, a maior distribuidora de alimentos, o maior varejista de capital aberto e umas das 20 maiores empresas listadas na bolsa brasileira (B3). No mundo, o Grupo Carrefour atua em mais de 30 países e, nos próximos cinco anos, implementa estratégia prevista no plano Carrefour 2022, por meio da qual lidera intenso movimento de omnicanalidade, transformação digital e transição alimentar para que seus clientes consumam ainda melhor em qualquer lugar. Com mais de 374 mil colaboradores e 12 mil lojas espalhadas pela Europa, Ásia e América Latina, está presente na vida de mais de 100 milhões de clientes. Em 2017, as vendas globais da companhia totalizaram € 88,2 bilhões. www.grupocarrefourbrasil.com.br

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search