segunda-feira, 2 de julho de 2018

Versão 4.0 da nota fiscal eletrônica entra em vigor em agosto

Após prorrogação, a partir do dia 3 de agosto a versão 4.0 da nota fiscal eletrônica entrará em vigor com novos ajustes determinados pelo grupo gestor do projeto. Entre os diversos ajustes na nota, um novo layout prevê aplicação de regras de validações específicas sobre GTINs (número do código de barras dos produtos), que já eram de preenchimento obrigatório nos campos cEAN cEANTrib desde julho de 2011.


Para apoiar as empresas, foi realizado no dia 28 de junho o Comitê da Cadeia Produtiva da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, que contou com diversos representantes da cadeia de suprimentos em torno do tema “Validação dos GTINs nos Documentos Fiscais Eletrônicos”.

Nesta oportunidade a equipe da GS1 Brasil pode contribuir com maiores esclarecimentos sobre os padrões de identificação de produtos e suas aplicações nos documentos, disseminando ferramentas e treinamentos com objetivo de facilitar o entendimento e a qualificação das empresas emissoras envolvidas neste processo. Ao se adaptarem rapidamente às novas regras, os emissores da NF-E e da NFC-e evitam ter suas notas rejeitadas.

Precisão - O Cadastro Nacional de Produtos funciona por meio do GTIN (Número Global de Item Comercial) e do GLN (Número Global de Localização). O GTIN é um identificador para itens comerciais desenvolvido e controlado pela GS1. Também conhecido por código EAN, é atribuído para qualquer item (produto ou serviço) que possa ser precificado, pedido ou faturado em qualquer ponto da cadeia de suprimentos. O GTIN é utilizado para recuperar informação pré-definida e abrange desde as matérias-primas até produtos acabados. Já o GLN é uma referência que identifica qualquer localização legal ou física, funcional ou operacional dentro de uma empresa ou entidade organizacional. Ele pode identificar localizações físicas, tais como: companhias inteiras, subsidi&aac ute;rias, filiais, divisões ou escritórios regionais. Também possibilita localizações funcionais ou operacionais na empresa, caso de um departamento de contabilidade, um armazém ou portão de armazém, um ponto de entrega, um ponto de transmissão ou, até mesmo, indivíduos específicos, quando necessário.

Sobre a GS1 Brasil

A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil é uma organização multissetorial sem fins lucrativos que representa nacionalmente a GS1 Global. Em todo o mundo, a GS1 é responsável pelo padrão global de identificação de produtos e serviços (Código de Barras e EPC/RFID) e comunicação (EDI e GDSN) na cadeia de suprimentos. Além de estabelecer padrões de identificação de produtos e comunicação, a associação oferece serviços e soluções para as áreas de varejo, saúde, transporte e logística. A organização brasileira tem 58 mil associados. Mais informações em www.gs1br.org.

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search