Postagens

Mostrando postagens de setembro, 2008

Criando uma boa inauguração

Imagem
Inauguram hoje as lojas do Magazine Luiza, que no mesmo dia estão abrindo 50 lojas. Você já se deu conta por que fazer tanto alarde antes de abrir uma loja? Qual a importância de se criar um burburinho, uma expectativa? Criamos uma expectativa no comércio ao abrir uma loja, para “segurar” o dinheiro do consumidor, evitar que dias antes de sua loja abrir, ele compre o mesmo produto em uma concorrência. Todo mundo espera encontrar grandes promoções em uma inauguração. Se você dias antes “noticiar”, espalhar que você irá abrir sua loja, certamente as pessoas vão querer aguardar para comprar. Agora não adianta de nada, criar um burburinho 2 ou 3 meses antes de abrir a loja. Existe um “timming” certo, dependendo do tipo de varejo que estamos falando. Se estivermos falando de materiais de compras não corriqueiras, como uma loja de automóveis, ou um varejo de construção, aguardar um mês ou um pouco mais é bem viável ao cliente, agora se falamos de um supermercado, o ideal é se trab

Cartões de Loja: Já estamos no limite do desespero ?

Imagem
Sempre me irritei com o fato de toda vez que entro em um grande magazine, ter sempre alguem na porta tentando empurrar cartões próprios da loja. Mesmo que nao tenha o cartão, a unica chave que encontrei para me livrar desse incomodo é o bordão: - Obrigado, já tenho o cartão da loja. Do contrário, é começar a escutar uma ladainha desenfreada sobre como é vantajoso ter o cartão da loja e como miraculosamente vou poder comprar muito mais e melhor. Se já nao bastasse ter sempre alguem na porta, ontem estive em uma loja de uma das maiores redes de varejo de vestuário do país, que provavelmente investe milhares de reais em treinamento, onde escutei um tipo de abordagem que para não dizer ridícula, foi no minimo desesperada. Ao entrar na loja, fui recebido com o bom e velho: - Boa noite, posso lhe ajudar ? Educadamente, respondi como sempre respondo, e como a maioria das pessoas que "querem paz", respondem: - Muito obrigado, mas estou so olhando no momento. Foi daí que veio a

Uma boa idéia: Show-room móvel Galeria das Gravatas

Imagem
De vez em quando ainda tenho gratas surpresas andando pela cidade. É impressionante como pequenos empreendores surgem com grandes idéias ! Olha só que idéia bacana que o pessoal da "Galeria das gravatas" teve. Além de comercializarem suas vendas através de um site, também criaram um show-room móvel que vai até o cliente em caso de emergência, além de circular por alguns pontos de interesse. Dentro da van, que inclusive possui um piso em paviflex para que o cliente se sinta como "em uma loja", voce encontra camisas, gravatas, meias, cintos e cuecas. Excelente para uma emergência, como aquele café ou o respingo do molho do macarrão que sujou sua camisa antes daquela importante reunião. Idéias bacanas como esta são sempre bemvindas. Que conhecer mais sobre eles ? Acesse o site: http://www.galeriadasgravatas.com.br/ Um grande abraço e boas vendas Caio Camargo http://falandodevarejo.blogspot.com/

Venda por impulso ou destino ? Você sabe diferenciar ?

Não é nenhuma novidades falarmos sobre venda por impulso ou categorias destino. Sempre se fala que quando o assunto é auto-serviço, o ideal é buscarmos aumentarmos a venda por impulso, dado sua maior lucratividade e oportunidade de ampliar mais ainda o mix da loja. Em outro artigo, falei sobre a importância a localização exata de produtos por impulso e de produtos de categorias destino. Mas como saber se um produto é produto por impulso ou produto de destino ? Como aumentar a venda por impulso ? Para aumentar a venda por impulso, o ideal é criar promoções e chamarizes de ofertas, de modo a atrair a atenção do cliente. Em linhas gerais, o melhor local para venda de produtos por impulso é exatamente no momento de saída do cliente. Mercadorias de impulso colocadas no momento de entrada do cliente, são completamente ignoradas por estes. Mas o que é impulso e o que é destino ? Quando falamos de impulso, falamos de produto que não há intençao inicial de compra. Produtos que são

Preço: Vender barato é diferencial ?

Imagem
Quando converso com lojistas, principalmente os que estão iniciando um negócio, muitos tem como ideal de diferencial vender barato. "Quero ser o mais barato" "Quero ser conhecido pelo melhor preço" Até onde vale a pena ser barato ? Será que preço é realmente um diferencial de mercado ? Eu acredito que não seja. Acredito que na verdade "preço" em algumas situações, nem exista ! Imagine a situação: Voce vai comprar material para construção na Marginal Tietê, em São Paulo, onde estao situados os mais fortes revendedores do país. Voce passa na primeira loja e lhe fornecem um orçamento. Se voce continuar seu caminho, na segunda loja o preço será coberto. Na terceira loja cobrirão o preço da segunda e por aí vai... Óbvio que não é tão simples assim, do contrário ser a primeira loja seria sempre um péssimo negócio, mas o caso serve para ilustrar que preço nao é algo fixo, algo que possa servir de parâmetro. Nem em uma feira, o tipo de mercado m

Dúvidas de leitores: Mande a sua !

Está montando sua loja ? Está pensando em reformar ? Está pensando em mudar de atitude ? O Blog FALANDO DE VAREJO está abrindo espaço para responder à todas as dúvidas dos leitores. Mande sua dúvida, explique o conceito de seu negócio, divulgue sua loja aqui no blog.... Um grande abraço e boas vendas Caio Camargo http://falandodevarejo.blogspot.com/

Dúvidas de leitores: Loja de roupas em Alphaville

Esta é uma pergunta encaminhada pelo Sr. Elio Assis, de São Paulo, que está montando uma loja de vestuário em Alphaville. "...Esta região, Alphaville, tem centenas de escritórios de empresas de todos os portes e o movimento de pessoas que trabalham nos prédios é muito intenso, principalmente no horário de almoço. Assim, nosso público alvo principal seriam essas pessoas e o tipo de roupa padrão parece ser um social mais informal ou um esporte fino. Pretendemos uma loja também com roupas para final de semana, sem fugir muito da proposta inicial, e que atenda tanto masculino como feminino, pois o que temos por aqui é só feminino (muitas) e masculino (poucas). Roupas com tamanhos maiores também seriam vendidas (coisa que não existe por aqui), embora sem muita divulgação, para não espantar alguns tipos de clientela. As perguntas são: 1.) é uma boa idéia ter uma loja com roupas masculinas e femininas? A idéia é que as mulheres sempre comparecem mais às lojas e poderiam trazer um

Dúvidas de leitores: Guelta

Essa é uma mensagem enviada ao blog pela Mariana Leduc, da Mplus “Primeiro gostaria de parabenizá-lo pelo Blog Falando de Varejo, muito bacana. Depois gostaria de lhe enviar uma pergunta, como hoje está sendo visto pelo varejo as campanhas de incentivo feitas pelos fabricantes para os seus vendedores de loja? Hoje é de conhecimento de todos que praticamente sumiu a guelta (to errada?) e também que alguns varejos não aceitam que se pague premiação em dinheiro, mas você pode me dizer como anda o comportamento de uma maneira geral? Hoje em dia são comuns as campanhas de incentivo ou isso está em queda?”. O mais engraçado é que até o momento eu nunca havia escutado a terminologia guelta. Aprendi mais uma com este post. Quando falamos de guelta, estamos falando exatamente das comissões e bonificações que são pagas os vendedores que atingem metas. Tem origem na palavra “Geld”, que, em alemão, precedida do prenome “Wechsel”, significa troco (“Wechselgeld”). Mas como é que funciona as boni

Agradecimento

Imagem
Este é um post meio atrasado, mas gostaria de agradecer à toda equipe do Cólégio Assunção, pela oportunidade de poder palestrar aos alunos sobre arquitetura, no dia 18/08. Mais do que um simples desafio, poder colaborar com as crianças do colégio foi gratificante, e certamente, um dos melhores momentos que ja passei até hoje. Foi um dos dias mais felizes e divertidos da minha vida. Segue abaixo o link: http://www.assuncao.com.br/s1/stexto.php?cod=656 Um grande abraço e boas vendas à todos. Caio Camargo http://falandodevarejo.blogspot.com/