Buscar

Dúvidas de leitores: Loja de conveniência: Organização no PDV

Pergunta enviada por
Giselle de Santana Sales

Olá Caio, bom dia!

Estou fazendo um trabalho de empreendedorismo na faculdade e escolhi lojas de conveniências, na verdade terei que montar um plano de negócios, focar toda parte de lay out, estrutura de venda e atendimento.

Visitei seu blog na internet, achei materiais ótimos, mas não consegui visualizar as fotos....

Fotografei algumas lojas, toda parte de gôndolas, geladeiras e puder verificar alguns erros na composição da exposição dos produtos, como materiais de higiene próximo a alimentos, cervejas com achocolatado e por ai vai.... Também notei que há uma poluição visual muito grande na área do PDV, isso é proposital? Acredito que muitas das vendas nesse ramo são compulsivas
, mas é necessário essa quantidade tão grande de produtos em um único local ?

Peguei muitos materiais no seu blog e acredito que ficarão ótimos nos meus slides, mas gostaria de colocar algo mais visual como fotos, você poderia me ajudar nessa questão?

Att.

Giselle de Santana Sales

Olá Giselle, tudo bem ?

Acredito, pelo que você descreve, que um dos artigos que você deve ter lido é este "Dúvidas de leitores: Loja de Conveniência" (clique aqui), no qual abordamos o tema.

Ainda nao existem grandes teorias ou uma receita para o tema. Ainda nao foi possível definir, o que seria "ideal" para uma loja de conveniência. Existem alguns conceitos, existem algumas teorias, mas é a própria necessidade do mercado que vai orientar o que vender ou não.

Você não venderia refrigerantes ao lado de um supermercado, por exemplo (a concorrência seria muito dificil). Mas poderia tentar vender refrigerantes oferecendo bons salgados e lanches, vendendo o refrigerante, como correlato.

Da mesma maneira, nao existe questão certa ou errada em oferecer produtos como papel higiênico, produtos de limpeza e higiene pessoal e tantos outros. Tudo vai depender tambem do tamanho de seu ponto de venda, nao se esquecendo do que realmente é importante vender. Vender produtos correlatos ajudam, mas nunca são superiores aos produtos de venda principal, como as bebidas ou salgadinhos.

É normal ter de tudo um pouco, e na verdade, às vezes, o conceito de potência (pretendo explicar isso num outro post, num futuro próximo, para a seção "Manual de Merchandising"), às vezes é visto de maneira errônea.

Para que eu avaliasse se esta correto ou nao, talvez fosse necessário visualizar algumas das imagens que voce mencionou ter tirado.

De maneira geral, cor nao é poluição visual. Pode criar ambientes "pesados", promocionais, ou "frios demais'. Entretanto, o uso da informação, principalmente através de banners e outros equipamentos de pdv, vindo de terceiros como industrias de cigarro ou bebidas deve ser ponderado.

Lembre-se: Muita informação torna-se informação nenhuma.

Quanto ao seu trabalho, peço que qualquer conteúdo dos artigos daqui retirados seja mencionada a fonte, conforme consta no rodapé deste blog (creative commons - um site de direito autoral). Pode usar a vontade, so peço que a fonte seja citada, sempre.
Quanto às imagens, infelizmente, não tenho imagens das quais poderia lhe enviar, entretanto, pretendo abordar o tema na seção "Falando de Varejo", buscando um planograma que facilite a todos.

Espero ter lhe ajudado.

Um grande abraço

Caio Camargo
FALANDO DE VAREJO
http://falandodevarejo.blogspot.com/

Postar um comentário

0 Comentários