quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Notícia: Varejo prevê inflação com novo ICMS

Notícia publicada pela Gazeta Mercantil
C3(Gazeta Mercantil/1ª Página - Pág. 1)
(Cintia Esteves)

São Paulo, 19 de Fevereiro de 2009 - Os empresários do varejo paulista estão preocupados com os rumos que suas redes podem tomar devido à entrada de novos produtos no regime de substituição tributária.

Para o setor, o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) pago antecipadamente pelo fabricante pode provocar uma "inflação forçada" no comércio e fazer, até mesmo, com que as redes percam clientes. Jorge Gonçalves Filho, diretor-geral da C&C, maior varejista de materiais de construção do País, teme que alguns clientes, como pequenas construtoras, passem a comprar diretamente da indústria, já que os fabricantes não precisam aplicar a margem de valor agregado neste tipo de venda.

Para o coordenador adjunto da administração tributária da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, Guilherme Rodrigues Silva, a preocupação não tem fundamento. "As margens foram baseadas em pesquisas fornecidas pelos próprios setores e somente sentirá impacto nos negócios a empresa que sonegava impostos", diz.
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?