domingo, 5 de abril de 2009

Notícias: Inflação ao consumidor de baixa renda acelera em março, para 0,51%

Publicada por O Globo
por Valor Online

O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) subiu 0,51% em março, superando a taxa verificada um mês antes, de 0,16%, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). O grupo Alimentação contribuiu para esta aceleração do indicador da inflaçãoao consumidor de baixa renda, ao deixar para trás uma baixa de 0,01% em fevereiro e marcar acréscimo de 0,87% na apuração mais recente.
O IPC-C1 é calculado com base nas despesas de consumo das famílias com renda de um a 2,5 salários mínimos mensais. Nos últimos 12 meses, o indicador acumula elevação de 6,52%.
A FGV explicou que o avanço em Alimentação foi associado ao movimento dos itens Hortaliças e Legumes (0,62% para 3,82%), Frutas (-2,28% para 4,06%), Laticínios (0,47% para 1,09%) e Aves e Ovos (-0,33% para 1,86%).
A entidade ponderou que a variação média do grupo não foi maior por causa da queda de produtos de peso no orçamento das famílias, como Arroz e Feijão (-2,87% para -3,63%) e Panificados e Biscoitos (0,38% para -0,67%).
Entre fevereiro e março, subiram mais Habitação, que foi de 0,07% para 0,23%, Educação, leitura e recreação, que saíram de 0,48% para 0,76%, e Despesas Diversas, que partiram de 0,16% para 0,72%. Vestuário, que tinha cedido 0,64% no segundo mês de 2009, manteve-se no terreno negativo, com queda menos marcada, de 0,18%.
A pesquisa mostrou ainda um abrandamento no ritmo de aumento em Saúde e cuidados pessoais, que abandonaram acréscimo de 0,97% em fevereiro e verificaram expansão de 0,76% em março, e em Transportes, que anotaram incremento de 0,04% depois do 0,68% apurado no segundo mês deste ano.
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?