Buscar

Notícias: Vendas de 70% das micro e pequenas empresas registram queda, revela pesquisa do Sebrae

Publicada por O Globo
por Eduardo Rodrigues

A crise financeira internacional reduziu as vendas de 70% das micro e pequenas empresas brasileiras, segundo sondagem do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa) divulgada nesta quinta-feira. Da mesma forma, sete em cada dez empresários entrevistados viram seu faturamento cair desde setembro do ano passado. Essa é a primeira de uma série de sondagens que o Sebrae produzirá neste ano.

Para 55% das empresas, houve redução no número de clientes e 60% do empresariado decidiu cortar parte dos investimentos previstos antes do abalo global. Apesar dos maus resultados, a sondagem revela que houve certa manutenção da mão-de-obra no segmento, pois apenas 30% das micro e pequenas empresas afirmaram ter demitido funcionários.

O presidente do Conselho Deliberativo Nacional do Sebrae, senador Adelmir Santana (DEM-DF), afirma que apesar da crise as micro e pequenas empresas têm conseguido manter os postos de trabalho. Isso porque o setor conta com mão de obra enxuta e bastante capilaridade nos mercados locais e de vizinhança.

Se cada pequena empresa mandasse embora um ou dois funcionários seriam muitas "Embraer" por dia. Seria uma crise social imensa - disse Santana relembrado a demissão de 4.200 funcionários da empresa em fevereiro deste ano.

Os impactos do último trimestre não abalaram o otimismo empresarial. O setor também demonstra confiança em uma recuperação já em 2009, com 62% dos entrevistados prevendo aumento das vendas e do faturamento este ano.

Além disso, 23% dos empresários vêm a ampliação do negócio como estratégia para fugir da crise e 35% fazem planos de contratar pessoal.

A sondagem contou com a participação de 2.937 empresas, incluindo os grandes setores da indústria, agronegócio, comércio e serviços.

Postar um comentário

0 Comentários