terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Faturamento por metro!

Olá a todos.
Segue abaixo a transcrição da matéria publicada no site Exclusivo.com.br, na qual participei.
Para quem desejar acessar a matéria diretamente no site, clique aqui.

Faturamento por metro!
por Lia Nara Bau

Metodologia auxilia a mensurar lucratividade e identificar fluxo dentro loja

Planejar a loja e controlar seus resultados através do cálculo de faturamento por metro quadrado é uma estratégia muito utilizada no varejo. Metodologia bastante comum no ramo de supermercados, ela pode auxiliar qualquer segmento do comércio a estruturar as suas vendas e os seus resultados. O diretor de planejamento estratégico da Fantasy Publicidade e Propaganda e autor do blog 'Falando de Varejo', Caio Camargo (São Paulo/SP), explica que a venda por metro quadrado é uma maneira adotada por algumas empresas para mensurar a lucratividade, bem como detectar áreas de melhor fluxo de clientes e vendas, as chamadas "áreas quentes" de um estabelecimento.

"Através de uma análise geral (cálculo do faturamento mensal dividido pela área de vendas), é possível descobrir quais produtos estão vendendo acima ou abaixo do esperado, bem como descobrir quais produtos estão ocupando mais espaço do que deveriam, visto que não geram lucratividade para a loja", esclarece. Conforme o tamanho da loja, é possível saber o resultado financeiro esperado. Com isto, pode-se estabelecer um planejamento mais próximo da realidade. Por exemplo, se uma ponto-de-venda de 500m² tem um faturamento planejado de R$ 200 mil por mês, isto equivale a dizer que o metro quadrado deve rentabilizar R$ 400 por mês.

"Qualquer produto exposto que esteja rendendo abaixo disso deverá ser melhor trabalhado no ponto-de-venda", assinala. Esse trabalho poderá ser feito através de uma promoção ou até mesmo com a realocação deste produto dentro da loja, buscando uma área que propicie uma melhor venda. Com o tempo, ele diz que o lojista consegue identificar as áreas de sua loja que precisam ser melhor trabalhadas, bem como as áreas que funcionam sempre bem para promoções ou lançamentos de produtos.

CONTROLE - A ferramenta de cálculo de vendas por metro quadrado auxilia na abertura da loja e também no controle periódico do faturamento. Camargo salienta que o varejo é dinâmico e a todo momento são lançados novos produtos, assim como alguns são retirados do mercado. Dessa forma, o trabalho de equalização do faturamento da loja deve ser constantemente trabalhado. "Acredito que, num primeiro momento, no momento de abertura da loja, essa ferramenta facilita a concretização de alguns objetivos", frisa. Já no momento seguinte, durante o controle periódico, ele diz que, além de assegurar que as vendas estão caminhando conforme o planejado, ela ajuda a identificar quais produtos novos estão funcionando e quais produtos podem ser retirados do ponto-de-venda.

Gerencie os dados

Tendo em mãos a ferramenta de cálculo de faturamento por metro quadrado, é fundamental utilizá-la e analisá-la da maneira adequada. Caso contrário, de nada adianta mobilizar recursos para levantar tais dados, se eles não forem empregados satisfatoriamente. Para Camargo, mais importante do que o dado em si, é o gerenciamento desta informação. Ele ressalta que quanto melhor o lojista conseguir administrar os dados mês a mês, mais respostas ele conseguirá encontrar em busca de uma melhor rentabilidade dentro do ponto-de-venda. "Mas os dados não fazem mágica sozinhos. É necessário buscar sempre agir na medida que se identifique produtos ou serviços que não estão rentabilizando como o esperado", assinala.

De maneira geral, Camargo aponta que o lojista irá perceber que apenas alguns produtos são os grandes responsáveis pela maior parte do faturamento. Dessa maneira, ele poderá identificar e até mesmo intensificar as ações promocionais sobre esses produtos. "Mesmo assim, vale a pena ter os outros produtos na loja, pois eles garantem variedade e opção aos olhos do consumidor. Busque trabalhar de forma atrativa esses outros produtos, buscando ampliar a margem de participação destes", complementa.

Fonte: Lia Nara Bau/Jornal Exclusivo
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?