quinta-feira, 17 de junho de 2010

Festas de São João agitam shoppings do Nordeste

Considerado um dos períodos mais importantes do varejo nordestino, as comemorações de São João rendem ações especiais aos shoppings da região

Em franca expansão, o Nordeste brasileiro vive um excelente momento na economia nacional, com um varejo cada vez mais representativo, recebendo pontos de venda de grandes marcas do Sul e Sudeste em suas capitais. E os shoppings de estados como Paraíba, Bahia, Ceará, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, entre outros, vêm realizando durante todo o mês de junho diferentes ações, a fim de tornar as festividades de São João cada vez mais expressivas.

Apresentação de arraiais juninos, muito forró, balões e bandeirinhas estilizadas distribuídas pelo mall dos empreendimentos, barracas de comidas típicas da região, além de ações promocionais envolvendo os lojistas dos centros de compras, tornam a época ideal para estimular as vendas do setor varejista. Para se ter uma ideia da importância da data ao comércio local, a prefeitura de Caruaru (PE) espera a movimentação de aproximadamente R$ 1,5 milhão na economia local, além do investimento de diversas marcas, o que representa o segundo principal período de aquecimento do município no ano.

A arrecadação com patrocínios também está crescendo. De acordo com a Aliança Comunicação e Cultura, que realiza o evento pelo segundo ano consecutivo, a captação na festa deste ano chegou a R$ 9 milhões, 50% a mais do que os R$ 6 milhões registrados em 2009. Mais de 30 patrocinadores estão envolvidos, como Ministério do Turismo, Governo de Pernambuco (por meio da Empresa Pernambucana de Turismo - Empetur), Skol, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, entre outros.

“Há tempos que observamos um aumento da participação do Nordeste no varejo brasileiro, e a indústria de shoppings não pode ficar neutra à esta tendência. A Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) espera que os centros de compras preparem cada vez mais ações que reforcem o potencial de comercialização das lojas neste período, aproximando dos empreendimentos milhões de pessoas esperam o ano todo por esta festa, que recebe investimentos cada vez maiores das empresas do setor varejista e da iniciativa privada”, salienta o presidente da entidade, Nabil Sahyoun.
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?