Postagens

Mostrando postagens de dezembro, 2010

Um Feliz 2011 para todos !

Ola a todos 2010 foi um excelente ano. Estamos fechando este ano com um crescimento até o momento estimado na casa dos 10%. O comércio eletronico aguarda numeros oficiais de uma expectativa de mais de 40% de crescimento. Crescimento do poder aquisitivo da classe C, numero recorde de empregos (o que estabelece o "emprego pleno", conforme artigo que publiquei na semana passada), são alguns dos fatores que contribuiram e ainda vão continuar contribuindo para o crescimento do varejo no próximo ano. Existe uma grande expectativa de que o ano apesar de favorável, seja um pouco mais severo em relação ao juros e ao crescimento livre e desenfreado da economia, temendo um risco de alta na inflação. Pessoalmente, não acredito que o impacto das medidas que possam acontecer evitem que no minimo, seja repetido o sucesso desse ano. Quanto ao blog, eu gostaria de agradecer aos leitores, pelos cerca de 400.000 leitores que passaram por aqui ao longo desses mais de 30 meses. Pelos qu

Emprego pleno: como isso afeta o varejo?

Ola a todos O post dessa semana trata de uma questão que vem atormentando muitos varejistas: A falta de mão de obra, principalmente qualificada. Na semana passada foi divulgado que o índice de desemprego no Brasil atingiu uma marca menor do que 6%, o que significa para especialistas sobre o assunto que o país acaba de atingir o nível de “Emprego Pleno”, ou seja, estamos passando por um apagão de mão-de-obra, pois o desemprego de 6% é considerado por especialistas como uma faixa de transição, pessoas que estão migrando de um emprego para o outro. Se é fato que nunca foi tão necessário o treinamento de funcionários visando um bom atendimento e uma boa condução dos processos e operações da loja, também nunca foi tão difícil segurar ou reter funcionários, principalmente os novos, que pouco vínculo emocional possuem com a empresa. Nós profissionais e empresários do varejo sabemos o quanto árduo é o trabalho do varejista. Não temos feriados, finais de semana, por vezes até nos falta t

Yogolove avança no mercado

Imagem
A Yogolove comemora os ótimos resultados em 2010 e afirma o seu espaço no mercado de iogurterias. A rede, que contava com apenas duas lojas em 2009, este ano inaugurou mais 11 unidades, incluindo a primeira do setor na Região dos Lagos, em Búzios (RJ). Com faturamento de R$6,5 milhões, a empresa registrou crescimento de 400% em relação ao ano passado. Para 2011, as negociações já estão em andamento e a expectativa é abrir mais 15 lojas. Segundo o diretor da Yogolove, Paulo Colacino, a empresa espera alta de 120% na receita para o ano que vem.

Cursos da CDL/BH para o mês de janeiro de 2011

A Fatec Comércio, faculdade da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), está com inscrições abertas para os cursos do mês de janeiro. São eles: · Emissão de notas fiscais eletrônicas · Administração de Micro e Pequenas Empresas · Access 2007 avançado · Construindo planilhas inteligentes e sofisticadas através do Excel · Assistente administrativo · Técnicas para conduzir uma reunião breve e produtiva · Gestor comercial: o sucesso das vendas externas · Administração e controle do departamento financeiro · Microsoft Visio 2007 · Departamento pessoal para iniciantes · Vitrina - O cartão de visita da loja · Relacionamento interpessoal e administração de conflitos · Técnicas de vendas · Formação de gerentes · Estratégias de negociação em vendas · Gestão de estoque e logística de materiais · Contabilidade para não contadores As inscrições podem ser feitas pelo telefone (31) 3249-1660 ou pessoalmente à Avenida João Pinheiro, 515, no bairro F

Natal 2010: Troca de mercadorias sem defeito não é obrigatória

Imagem
Salvo se o lojista afixar informativo na peça ou no estabelecimento A troca de produtos sem defeito não é obrigatória. Portanto, a lei só obriga aos lojistas a realizarem trocas de produtos defeituosos, ou seja, o lojista não tem obrigatoriedade de trocar mercadorias em virtude de arrependimento do consumidor quanto à cor, tamanho ou modelo. De acordo com a pesquisa realizada pela Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) junto a 400 consumidores no período de 24 de novembro a 10 de dezembro, 55,22% dos entrevistados afirmaram que iriam efetuar as compras de Natal no mês de dezembro e 13,93% comprariam os presentes na semana do Natal, o que pode facilitar o erro na escolha dos produtos. Segundo a gerente jurídica da CDL/BH, Patrícia Loyola, a troca, neste caso, é uma liberalidade do lojista. “Na maioria das vezes, a troca é aconselhada por uma questão de fidelização e cortesia para o cliente”, explicou. “O momento de troca pode significar também novas vendas”, acres

Classes C e D lideram compras pela internet

Com os comércios e shoppings lotados na época do Natal, realizar compras on-line é uma alternativa cômoda e ágil para quem não tem tempo a perder. A praticidade, segurança e agilidade das lojas virtuais ganham a confiança e conquistam os consumidores que preferem otimizar o tempo e ter a facilidade de receber os produtos em casa. A melhor data do ano para o varejo é também, a melhor época para o comércio eletrônico. De acordo com estudo da ACSP (Associação Comercial de São Paulo), o Natal de 2010 será o melhor dos últimos dez anos, principalmente por conta do aquecimento econômico e da ascensão das classes C e D. Pesquisa realizada pela plataforma digital MoIP, empresa de pagamentos on-line, para detalhar os hábitos de consumo do brasileiro na internet, indicam forte presença de consumidores das classes C e D nas compras on-line. Segundo o levantamento, realizado entre setembro de 2009 e julho de 2010, 52% dos e-consumidores são da classe C e 29% da classe D. Ou seja, 81% pertencem

Nike Store inaugura loja em São Paulo

O Grupo SBF, controlador da Centauro, maior rede de artigos esportivos da América Latina, abriu nesta semana mais uma Nike Store, no Shopping Eldorado, em São Paulo. O ponto de venda oferece produtos masculinos e femininos em categorias como running, sportswear e futebol. Com 180m², a Nike Store oferece roupas, acessórios e calçados de alta performance para a prática de esportes e para uso do dia-a-dia, incluindo modelos exclusivos. Com a nova loja, a cidade de São Paulo passa a contar com três unidades da rede. As outras duas estão nos shoppings Anália Franco e Villa-Lobos. Fonte: Mercado & Consumo

Alshop conquista benefício ao varejo

O presidente da Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), Nabil Sahyoun, e representantes de outras três entidades ligadas ao setor varejista, conquistaram na tarde desta segunda-feira (20/12), junto ao governo do Estado de São Paulo, a possibilidade de parcelamento em duas vezes, por parte do varejo paulista, do recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), referente às vendas do mês de dezembro de 2010. O benefício, dado após intensas negociações entre as entidades envolvidas, poderá ser usufruído pelo varejo paulista, mediante pagamento de duas parcelas: a primeira, com data de vencimento para o próximo dia 20 de janeiro de 2011; e a segunda, com prazo estendido até 22 de fevereiro de 2011. Antes do decreto, o recolhimento do ICMS era feito uma única vez, do dia 3 ao dia 20 de janeiro. A Alshop alerta o varejo sobre a busca por mais informações, a fim de que todos estejam cientes sobre as formas corretas de utilização desta vantagem. “É

Japonesa Uniqlo planeja ter loja no Brasil

Imagem
Na tentativa de se tornar a líder mundial do varejo de roupas, a japonesa Fast Retailing Co. planeja abrir lojas Uniqlo nos mercado de rápido crescimento da Índia e do Brasil, além de expandir vastamente a presença na China, onde quer que o número de lojas supere o do Japão até 2020. Os chamados varejistas de moda rápida, tais como a Inditex S.A., da Espanha, que é a maior varejista de roupas do mundo e opera a rede Zara, e a sueca Hennes & Mauritz AB, estão rapidamente expandindo seus impérios pelo mundo, à medida que os consumidores abandonam as roupas mais caras em favor das opções mais acessíveis. A Fast Retailing, líder em vendas do varejo de roupas na Ásia, disse que pretende ultrapassar a Zara e a H&;M dentro de uma década, com a aceleração da abertura de lojas — particularmente na Ásia. Tadashi Yanai, fundador e diretor-presidente da Fast Retailing O foco de moda da Fast Retailing, entretanto, é diferente de seus concorrentes: ela vende por preços acessíveis pro

Compras por impulso: oportunidades para marcas e varejo

por Chan Wook Min* Em 1998, pesquisa realizada pelo POPAI Brasil revelou que cerca de 85% dos produtos comprados dentro de super e hipermercados eram decididos no ponto de venda. Em 2004, essa decisão passou para 81%. Embora esse índice tenha diminuído, é assustador pensar que todo carrinho ou cesto de compras que passa pela checkout teve mais que metade da compra decidida no ponto de venda. Neste contexto, o varejo e as marcas têm uma grande oportunidade para alavancar as vendas. As compras por impulso ocorrem em função da lembrança da necessidade de um produto ou da necessidade gerada dentro do ponto de venda. Tanto na primeira quanto na segunda situação, a compra acontece em função da lembrança. Como diria uma das máximas do marketing, "quem não é visto, não é lembrado". Para fazer com que um produto ou serviço possa fazer parte desses itens, entra em cena a boa exposição. Quando se fala em exposição de produtos, ou merchandising, não estamos falando sobre excesso de

Corinthians lança rede de farmácias, a FarmaTimão

Imagem
Mais uma vez inovando com suas estratégias de marketing, o Corinthians anunciou, nesta quinta-feira, mais uma novidade para seus torcedores. A criação da FarmaTimão, rede de farmácias própria da equipe do Parque São Jorge. A primeira loja da rede corintiana de farmácias será inaugurada nesta quinta-feira, às 18 horas (horário de Brasília), na sede social do clube, que terá entrada exclusiva para candidatos. A intenção da diretoria de marketing do clube é ter até 15 lojas espalhadas pela cidade de São Paulo até o final de 2011. A rede de farmácias do Corinthians tem como parceira a PoupaFarma. A PoupaFarma, que não atua na capital paulista, promete manter uma faixa de preços baixa na farmácia corintiana. "A FarmaTimão seguirá a mesma política da PoupaFarma, de preços baixos, tendo como destaque os medicamentos da Neo Química, patrocinadora do time", disse a diretora de marketing da PoupaFarma, Fabiana Geraigire. Pelo lado do Corinthians, o objetivo é trazer os torcedores p

Umen inaugura loja em Teresina

A Rede de lojas masculina Umen acaba de inaugurar mais uma de suas lojas, em seu projeto de expansão, pelo Brasil. Desta vez a rede esta com endereço em Teresina.A marca leva o conceito de Moda Masculina, num mix de produtos variados, já com a completa coleção Verão 2010, que é composta por 250 peças de roupas, sendo 30% em jeanswear, 40% camisaria e 30% malharia, além do lançamento da linha de acessórios, que inclui eyewear, bolsas, calçados casuais e underwear, o que somam mais 100 produtos para compor seu mix . A modelagen vem mais ajustada e o jeans skinny com bastante peso na coleção. Entre os diversos tecidos usados, estão os jeans resinados, com elastano e os sobretintos, estes são os mais presentes nas calças e bermudas. A camisaria vem muito forte com a estrutura slim e com a gola menor, desenvolvida em tricoline 100% algodão e fios tintos com elastano e poliamida oferecendo um caimento perfeito. Os pequenos detalhes também fizeram a diferença na coleção. Placas e botões

Infográfico: Como as cores influenciam as decisões de compra?

Imagem

Comunicação no pdv: Qual o tom de voz de sua loja?

Imagem
Olá a todos ! Já reparou como sua marca se expressa? Como você acha que sua loja se comunica com seus consumidores? Já reparou como as campanhas de varejo e marcas populares são sempre gritadas? Ao mesmo tempo, também já reparou como as campanhas e marcar de luxo sempre possuem uma locução mais tranqüila e suave? Isso se deve principalmente ao que eu chamo de “sensação de oportunidade única”. As frases nas campanhas e na comunicação são rápidas, altas, sempre com gente gritando de maneira apressada e frenética. Dá a verdadeira impressão de que quanto mais rápido e alto, melhor a e mais imperdível a promoção. Termos como “compre já”, “somente hoje”, “corra pra cá” e por aí vai, são utilizados com freqüência e com uma locução firme e rápida de modo a frisar o momento. Marcas sofisticadas, ao contrário das marcas populares, utilizam-se de um tom muito mais suave e calmo, principalmente quando utiliza locução sendo muitas vezes seguido por uma trilha sonora calma ao fundo. E q

Extra supermercado termina o ano com 89 lojas

Ultima virada acontece dia 15/12 em São Paulo e Rio de Janeiro para conversão de lojas Comprebem e Sendas nos dois Estados  O projeto de conversão das lojas Comprebem e Sendas em Extra Supermercado, iniciado em agosto, termina o ano de 2010 com a virada de mais 17 lojas no dia 15/12. As primeiras lojas viradas cresceram mais de 30% em relação ao faturamento das mesmas unidades nas antigas bandeiras. Nesse próximo lote de viradas, a rede investe R$ 14 milhões na inauguração de dezessete novas lojas, sendo cinco originárias da rede CompreBem, em São Paulo, e doze Sendas, no Rio de Janeiro. Com essas aberturas, já são 89 lojas da rede presentes nos Estados de S. Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Ceará. O plano prevê a finalização do projeto até o final de 2011, o que deve posicionar a rede de supermercados como a maior do País, com mais de 170 pontos de venda. O formato de supermercados começou 2009 com apenas 13 unidades. O Extra Supermercado se caracteriza como uma loja de bairr

Lojas Koerich prevê comércio aquecido neste Natal

Imagem
As vendas no comércio nas últimas duas datas temáticas, Dia dos Pais e Dia das Crianças, foram positivas, reaqueceram as vendas, principalmente das compras a prazo, e agora há otimismo para a mais esperada data do ano: o Natal. A Lojas Koerich, com 81 lojas em Santa Catarina, prevê um crescimento de 14% em relação ao mesmo período do ano anterior. A empresa aposta no preço competitivo, facilidades no pagamento e sua grande campanha de Natal para atrair o consumidor. Dentre os produtos que devem ter maior procura estão os condicionadores de ar; ventiladores; umidificadores; eletroeletrônicos; linha de informática como notebooks, netbooks, máquinas digitais, filmadoras e celulares. Além disso, televisores e DVDs devem ter uma procura, mas não tão forte, tendo em vista as vendas durante a Copa do Mundo. “Os móveis e linha branca também são nossas apostas, temos um grande estoque, antecipamos nossas compras com fornecedores para podermos oferecer aos nossos clientes variedade de produtos

Varejo online deve vender 40% a mais no Natal

Empresas projetam encerrar o ano com um faturamento recorde de R$ 15 bilhões O comércio online brasileiro deve faturar R$ 2,2 bilhões com o Natal de 2010. O dado faz parte de estimativa divulgada pelo E-Bit e representa um acréscimo de 40% em relação às vendas efetivadas em 2009. Caso a previsão se confirme, o setor pode fechar o ano com um faturamento de R$ 15 bilhões, valor recorde. No ano passado, durante o período entre 15 de novembro e 24 de dezembro, o e-commerce foi responsável pela movimentação de R$ 1,6 bilhão. A arrecadação anual ficou em aproximadamente R$ 10 bilhões. O levantamento da empresa que monitora o comércio eletrônico no Brasil também detalhou as preferências do consumidor virtual. Entre o público masculino, os aparelhos eletrônicos são os campeões de vendas. Os cosméticos configuram-se no alvo favorito das mulheres. O tíquete médio do segmento deve girar em torno de R$ 370,00. “Este foi um ano favorável à economia brasileira e, consequentemente, ao e-commerce”

Subway deve chegar a 550 restaurantes abertos este ano.

Imagem
Rede já é a número um do mundo em unidades e planeja ser a maior do país até 2014 A Subway - maior rede de fast-food do mundo em número de unidades, com mais de 33 mil em 93 países e terceira maior rede do país – comemora os resultados positivos que obteve no Brasil em 2010. Com um crescimento vertiginoso, a rede de fast–food inaugurava cerca de 10 lojas por ano quando retomou a operação no país no ano 2000. A partir de 2007 este montante ultrapassou as 100 aberturas anuais. Desde então a Subway não parou mais de crescer e segue conquistando cada vez mais adeptos da culinária rápida, prática e saudável que oferece. Em 2009 a rede contava com 365 lojas, hoje possui 516 restaurantes abertos, um crescimento que não se compara ao de nenhuma outra rede do segmento de alimentação no país. Com média de 15 inaugurações por mês, o Brasil deve ganhar em 2010 185 novas unidades para fechar o ano com 550 lojas distribuídas pelo país. A expectativa para 2011 é de que a rede alcance a marca de

Polo USA inaugura loja em Camboriu

Projeto arrojado faz parte dos novos rumos da empresa Acontecerá na primeira quinzena de dezembro, a inauguração da loja flag ship da Polo USA fora da cidade sede, São Paulo, no Shopping Camburiu, em Balneário/SC. A escolha da cidade faz parte da estratégia de crescimento da marca, voltada a expandir em municípios turísticos, com visibilidade para diversos públicos e com grande concentração de formadores de opinião, principalmente em temporadas de verão. Por ser a primeira loja flag ship da marca fora de São Paulo, a idéia principal é a linguagem interativa na escolha tanto do projeto arquitetônico, assinado por José Henrique da Studio Zeh, como no mix de produtos distribuídos estrategicamente na loja, o que facilita a interação do público com todos os produtos. O investimento do projeto girou em torno de R$350 mil e tem como objetivo gerar um canal de atuação, principalmente um proposto sistema de franchising, em shoppings de franco crescimento como o Camburiu. “A marca já est

Luiza terá sua "Super Casas Bahia" e prevê giro de R$ 5,3 bi

Tudo o que era temporário das Super Casas Bahia, a megaloja sazonal de fim de ano em São Paulo e no Rio de Janeiro, torna-se fixo com a inauguração da megaloja do Magazine Luiza na Marginal do Tietê, em São Paulo. Lá a empresa fixa sua presença no mercado paulistano, ao montar um espaço que se assemelha em quase tudo à superloja de uma das suas principais concorrentes. O local possui um Espaço Beleza, para que clientes e funcionários possam cuidar da aparência; Espaço Brinque, voltado para a diversão das crianças que visitam a loja, e Espaço Sabor, onde quem pensa em trocar utensílios da cozinha poderá experimentá-los antes de levar para casa. Outra atração importada da concorrência é o show da Turma da Mônica, que mudou do Anhembi, lugar do Super Casas, para a Marginal do Tietê. A estratégia da empresa deve-se à guerra setorial, já que a área de eletroeletrônicos tem sido a menina-dos-olhos do varejo, tanto que resultou na maior movimentação do setor até hoje, com a união de forças

Mercado da Carne Swift inaugura loja em Maringá

A Maringá foi escolhida para receber a primeira loja da rede Mercado da Carne Swift. A nova unidade, com área superior a quinhentos metros quadrados de área, será inaugurada amanhã em prédio localizado ao lado do Frigorífico JBS Friboi, na PR-323, saída para Paiçandu. O Mercado da Carne inaugura também uma nova fase de expansão da JBS no segmento do comércio varejista. "O varejo é essencial para o nosso negócio. Ter contato direto com o cliente, saber o que ele quer e como reage nos ajudará a ser mais eficientes em todas as nossas frentes de negócio" afirma Vicente Zuffo, diretor Comercial da empresa. A JBS decidiu apostar no varejo, em 2009, depois de comprar a Bertin e as lojas próprias da marca. O ingresso na atividade, no entanto, foi acompanhada de um amplo projeto de remodelação das filiais, desenvolvido por uma das principais empresas de varejo dos Estados Unidos, a FRCH. "Percebemos que a forma como a loja é organizada e a percepção dos clientes faz toda a

Presença das empresas nas redes sociais - Infografico HSM

Imagem
Muito interessante este infográfico criado pela HSM Abaixo o link para quem quiser também conferir no site. Link

Vídeo: Trocando de roupa com o projetor

Olha que ideia bacana.... No meio de tanta tecnologia moderna, porém inacessível para a grande maioria dos varejistas, não seria possível utilizarmos uma idéia dessas? Projetando roupas Fonte: UOL

E-consumidor gasta em média R$ 118 por mês

O desenvolvimento do setor de compras online e das lojas virtuais no Brasil é incontestável. Mas pouco se sabe, ainda, sobre o perfil dos clientes. O IBOPE Mídia, por meio de uma pesquisa exclusiva com internautas, o TG.net, traçou um perfil do consumidor de e-commerce brasileiro. O estudo analisou dados demográficos e comportamentais dos consumidores, suas preferências, opiniões e atitudes e o que pretendem comprar. Segundo a pesquisa, o consumidor eletrônico ainda está situado, predominantemente, na classe AB, tem grau mais alto de escolaridade, compra produtos de uso pessoal e gasta, em média, R$ 118 por mês. A classe AB é responsável por 61% do total do e-commerce, a classe C, responde por 35% dos consumidores virtuais e a classe DE representa 4%. A parcela compreendida entre os 25 e 44 anos de idade é a maioria entre os consumidores das lojas virtuais, sendo 48% da população que realiza compras pela internet. O estudo mostra, também, que 15% dos consumidores têm entre 15 e 19

Restrição ao crédito reduz a perspectiva do varejo em 2011

Com as restrições ao crédito anunciadas pelo governo, o segmento de eletroeletrônicos e as concessionárias de veículos são os que devem sentir o maior impacto do anúncio do Banco Central (BC), que calcula que R$ 61 bilhões em crédito deixarão de circular com o aumento do compulsório. Quem chama a atenção de forma positiva é o setor de vestuário e o de alimentação fora do lar, que não devem sentir o arrocho do crédito, segundo dados da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomércio). De acordo com a entidade, a previsão é de um crescimento que não passará de 6% para o comércio em geral. Em um cenário mais otimista, a entidade acredita que este número pode alcançar no máximo mais dois pontos percentuais contra o crescimento deste ano, que varia entre 10% a 12% devido a incentivos governamentais como a redução do IPI e a ampliação do número de parcelas com compra sem entrada. Para driblar o clima de crescimento menor, algumas redes, por outro lado

Elektra investe R$ 150 milhões no Nordeste

Imagem
Por quase três anos, a rede Elektra, do empresário Ricardo Salinas, parecia estar adormecida no mercado brasileiro. Maior varejista de móveis e eletrodomésticos no México, a empresa desembarcou no país no início de 2008 e hoje tem meros 28 pontos de venda. Mas Salinas quer provar que tem fôlego para enfrentar os megacompetidores locais: vai injetar R$ 150 milhões em 2011 para abrir 80 lojas no Nordeste, onde está a rede Elektra. Fonte: Valor

Cartão próprio é a nova aposta das franquias

As redes de franquias seguem a onda de redes varejistas com a adoção de cartões de crédito próprios, com benefícios e engrossam as vendas no mercado brasileiro. Segundo o consultor de negócios da Associação Brasileira de Franchising (ABF), Walter Batista, outra novidade do setor é a entrada do private label para grandes franquias, algo recente no segmento. Segundo analistas, bancos como o HSBC, por meio da Losango, e o Banco do Brasil já apostam no cartão próprio como forma de fidelização de clientes. Quem deve entrar e ser um dos pioneiros no segmento é o Peixe Urbano, que afirmou que o modelo está em negociação, porém não informou o banco. Segundo presidente da ABF, Ricardo Bomeny, os resultados positivos das franquias se deram graças ao crescimento do consumo da classe emergente e às parcerias com o governo federal. O segmento, que esperava crescer 13% no início de 2010, deverá fechar o ano com um faturamento 19% superior ao apurado no ano passado, totalizando R$ 75 bilhões. &quo

Magic Feet apresenta novo site

Imagem
Loja de calçados infantil inova design e interatividade de home page Magic Feet acaba de lançar sua nova home page. Além de novo design e interatividade, o portal também apresenta os lançamento e promoções da loja. O internauta poderá conhecer todo o conteúdo de forma interativa, como se estivesse explorando e conhecendo os produtos disponíveis, e ainda conferir as novidades e dicas do mundo esportivo nos sites de relacionamentos. O layout foi elaborado e desenvolvido pelo próprio departamento do grupo Afeet, que teve como inspiração os sites das principais marcas estrangeiras. O intuito é deixar a home page convidativa as informações e exposições dos produtos. A Magic Feet é uma rede calçadista especializada em produtos infantis como tênis, sandálias, botas e acessórios, chegou ao Brasil em 2008 e fechou seu primeiro ano com seis lojas. A rede investe em sua expansão através do sistema de franchising, tendo atualmente 23 pontos de vendas. Confira mais no endereço http://www.magic

INVENT® e Syngenta são premiados na Mostra ABMR&A 2009/2010

O INVENT® - Instituto Nacional de Vendas e Trade Marketing e a Syngenta foram premiados na XVI Mostra ABMR&A 2009/2010 na nova categoria: Mídia alternativa que premia projetos não tradicionais, em evento realizado em 30 de novembro de 2010. O projeto “Girassol - Cultivando a Sustentabilidade” contemplou o desenvolvimento do plano de comunicação, marketing e argumentação de vendas com o objetivo de incrementar as ações e plantio desta cultura, integrando: agricultores, distribuidores e indústria. O desafio é contribuir para uma nova fase da cultura de Girassol como uma fonte alternativa de receitas para a agricultura brasileira. Para apresentar o projeto aos diversos públicos foi desenvolvido um Kit Box totalmente customizado com caderno especial da cultura, pen drive Girassol feito de material 100% reciclável e simulador financeiro para apoio à tomada de decisão do Agricultor. “Girassol – Cultivando a Sustentabilidade: a perfeita combinação entre a argumentação de vendas e um

Pernambucanas lança moda da novela “Ti-ti-ti”, da Rede Globo

A Pernambucanas, rede de comércio varejista com 102 anos de atuação no setor, em parceria com a Globo Marcas, apresenta, a partir de dezembro, duas linhas de produtos inspirados na moda da novela “Ti-ti-ti”, da Rede Globo. O estilo das personagens Jaqueline e Mabi será retratado em blusas, saias e acessórios, com itens disponíveis em todas as lojas da rede na coleção “Ti-ti-ti exclusiva para a Pernambucanas". O glamour da personagem Jaqueline inspira a linha festa da coleção “Ti-ti-ti exclusiva para a Pernambucanas” através de tops em malhas leves e soltas, com recortes e detalhes em paetês. Aliás, o brilho é o grande destaque da coleção, com peças inteiras em paetês que formam estampas de rostos ou animais, body em malha lurex e malha com efeito de brilho. A coleção traz, ainda, tecidos acetinados em shorts e bermudas, com cintos também em lurex. Os macacões tomara que caia, transpassados e com bastante fluidez, deixam evidente o estilo mulher poderosa da personagem. Para

Bangu Shopping inaugura expansão com 25 novas operações

Imagem
O Bangu Shopping presenteia seus clientes neste Natal com a expansão do mall, inaugurada no dia 3/12. Com 25 novas operações - sendo nove na área de alimentação - como Montana Grill, Batata Inglesa, Patroni Pizza, Burger King, Subway, Habbib´s, Divino Fogão, entre outras -, o shopping diversifica ainda mais o seu mix de lojas, com marcas como Mercatto, Aquamar, Hering Store, Arezzo, Monte Carlo, Jamf, Ferni, Lilica & Tigor, Gol Happy, Eletronic Store, Casamais, além das âncoras Riachuelo e Marisa. A ampliação do empreendimento demandou um investimento de R$ 37 milhões. "O Bangu Shopping recebe hoje cerca de 1,5 milhão de pessoas por mês e a tendência é que aumente em 15% as vendas anuais", afirma a superintendente do Bangu Shopping, Valéria Lage. O projeto de ampliação mantém o estilo europeu de construção, respeitando a estrutura da antiga Fábrica de Tecidos Bangu, fundada ali em 1889.   O Bangu Shopping, administrado pelo grupo Aliansce, foi inaugurado em 2007 onde

Segundo Serasa, vendas aquecidas devem garantir bom Natal ao varejo

Tendo em vista o desempenho da atividade do comércio em novembro, a Serasa Experian estima que o Natal deste ano deve ser um dos melhores da década em termos de vendas do varejo. No mês passado, o indicador de atividade do comércio avançou 1,9% em relação a outubro. O resultado foi puxado pela alta de 2,7% no movimento das lojas de tecidos, vestuário, calçados e acessórios e também pela elevação de 2,4% nas vendas das lojas de material de construção. Na comparação com novembro do ano passado, houve crescimento de 11,2% no movimento varejista, influenciado pelos segmentos de material de construção (+19%) e móveis, eletroeletrônicos e informática (+12,2%). De janeiro a novembro, a atividade do comércio acumulou expansão de 10% frente ao mesmo período de 2009. Fonte: Valor

Covabra investe em shopping centers

A rede de supermercados Covabra escolheu os shopping centers como nova arma para crescer. Assim, ela segue os passos da rede de supermercados Zaffari, do Rio Grande do Sul, que possui seis shoppings no Estado e um em São Paulo, e que deve inaugurar mais um em 2011, o Bourbon Shopping Wallig, no sul. A Covabra atua no interior de São Paulo com 11 lojas nas cidades de Campinas, Capivari, Itatiba, Leme, Limeira, Pirassununga e Rio Claro e planeja ter um shopping em Campinas (SP), no Bairro de Campo Grande. A obra virá por intermédio de sua imobiliária própria, que irá construir um shopping e terá como âncora o supermercado da rede. O valor do investimento não está definido e sua construção deve durar dois anos. A primeira fase será entregue com pouco mais de 18 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL). Quando todo o empreendimento estiver finalizado, ela subirá para 30 mil m² de ABL e 200 lojas. Fonte: DCI (via Mercado & Consumo)

Renner planeja abrir operação internacional

Ao mesmo tempo em que acelera o ritmo de expansão no país, com previsão de chegar a 250 a 300 lojas até 2015, a Lojas Renner prepara-se para se transformar na primeira multinacional brasileira no varejo de vestuário. Segundo o diretor-presidente da companhia, José Galló, ainda é preciso ganhar mais alguma "musculatura" no mercado interno, mas o primeiro passo no exterior poderá ser dado num prazo de "três a quatro anos". Sem especificar países, nem se o avanço será via aquisições ou abertura de lojas próprias, ele revelou que a caminhada começará pela América Latina, depois que a rede chegar a pelo menos 200 unidades no mercado brasileiro. A Renner vai encerrar este ano com 134 lojas, ante 120 em 2009. Das 14 projetadas para o exercício, faltam apenas as de São Gonçalo (RJ), Santa Maria (RS), Salvador (BA) e Franca (SP). Em 2011 serão inauguradas mais 30 unidades, que, junto com as ampliações dos centros de distribuição, vão exigir investimentos superiores aos R$

D’pil chega à Europa e Estados Unidos

A rede D’pil, especializada em fotodepilação está entrando nos mercados europeu e norte americano. A rede que já tem 260 em funcionamento no Brasil se prepara para abrir em 2011 sua primeira unidade em Madri, na Espanha. O centro de depilação também se prepara para inaugurar suas primeiras unidade na Flórida, Califórnia, Nova Iorque e São Francisco, nos Estados Unidos.

Motivação dos funcionários é primordial ao ponto de venda

Lojistas satisfeitos com suas atividades no varejo conseguem oferecer melhores resultados às suas empresas. Quem ganha com isso? Consumidores e varejistas Se um vendedor representa a imagem de sua loja perante seus clientes, o varejo necessita constantemente criar mecanismos que tornem estes profissionais ainda mais estimulados, para realmente “vestirem a camisa” da empresa onde trabalham. E o resultado deste tipo de ação é a menor rotatividade de funcionários destes estabelecimentos, além de consumidores felizes e satisfeitos, pois recebem um bom atendimento no ato da compra, tornando sua visita ao local ainda mais frequente. Durante apresentação realizada em evento promovido pela Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), o consultor e especialista em motivação, planejamento, marketing e vendas, Luiz Marins, mostrou que uma pesquisa feita com 34 mil pessoas, e divulgada em outubro deste ano, mostrou que 45,8% delas consideram o atendimento excelente como fator primor

Sobre classes sociais

Olá à todos! Sempre escutamos falar que determinada marca ou lojista está buscando se focar em consumidores de classe B ou C. Será que esta é a abordagem correta que deve ser feita? Nesse post, gostaria de discutir um pouco o papel da definição das classes sociais dentro do contexto do perfil de consumo do brasileiro. Apesar do CCEB (Critério de Classificação Econômica Brasil, que define os públicos A, B, C...) buscar uma diferenciação em relação aos bens de consumo, muita gente ainda imagina que essa segmentação se dá única e exclusivamente através da renda. Desse modo, imagina-se que a classe A possui mais bens e riquezas do que a classe C, por exemplo. Entretanto, existem algumas curiosidades a respeito do consumo brasileiro. A primeira delas está na questão do foco das marcas e produtos em relação à classe social. Na teoria, os melhores produtos seriam destinados às classes maiores, ao passo de que os produtos mais simples, de menores valores ou atributos, seriam voltados às

Premiação encerra edição 2010 do VarejoMAIS, no noroeste do Paraná

A edição 2010 do Projeto VarejoMAIS - Mais Vendas, Mais Competitividade, no noroeste do Paraná, foi encerrada com uma festa empresarial na última terça-feira, dia 30, em Maringá. Seis empresas das cidades de Maringá, Campo Mourão e Nova Londrina destacaram-se no Projeto, uma parceria do Sebrae/PR e Sistema Fecomércio/PR, e foram premiadas com o troféu “O Melhor do VarejoMAIS 2010”. Na ocasião, estavam presentes empresários e lideranças políticas e do comércio varejista. De acordo com o consultor do Sebrae/PR e gestor do Projeto, Marcelo Wolff, esta é a quinta edição do VarejoMAIS e há muitos motivos para celebrar. Ele cita que 950 micro e pequenas empresas foram atendidas em mais de 13 cidades da região noroeste, ao longo dos últimos cinco anos. Ao todo, as entidades realizaram mais de 7.800 horas de consultorias prestadas às empresas, e cerca de 6 mil pessoas foram capacitadas em palestras e treinamentos. Em todo o Paraná, neste ano, o VarejoMAIS beneficiou 1.385 empresas em cerca de