terça-feira, 31 de maio de 2011

Estivanelli inaugura loja no Shopping Tamboré

Estivanelli inaugura loja no Shopping Tamboré
Marca de moda masculina aposta em conceito moderno e é novidade na expansão do open mall, com looks elegantes e confortáveis
A marca de moda masculina Estivanelli acaba de inaugurar uma loja no Shopping Tamboré, em Barueri (SP), com novidades para homens modernos e que não abrem mão da elegância e do conforto em todas as ocasiões. Com 83 m² e um mezanino, o espaço reúne as linhas social, casual e fashion de roupas e acessórios.

A grife aposta no atendimento personalizado para conquistar o público masculino e oferece uma equipe de consultores de imagem à disposição para dar dicas de estilo a homens de todas as idades.

Para o inverno, a tendência são os jeans de diferentes lavagens, combinados com blazers e jaquetas slim, malhas de gola ampla e camisas xadrez. A cartela de cores traz tons sóbrios como preto, grafite e azul, além de composições mais inusitadas, em off white.

Conectada com as principais tendências internacionais, a marca foi criada em 1983 em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, e hoje possui mais de 20 lojas em todo o país. Como parte da estratégia de expansão da grife, em breve, a Estivanelli pretende inaugurar mais dois pontos-de-venda em São Paulo e também nos estados do Mato Grosso, Pará e Maranhão.

Grupo Pão de Açúcar é mais cotado para assumir Lojas do Baú

Grupo Pão de Açúcar é mais cotado para assumir Lojas do Baú
Segundo informações do jornal DCI, o Grupo Silvio Santos está com três propostas para a aquisição das Lojas do Baú em avaliação. O Grupo Pão de Açúcar, maior varejista nacional, seria o favorito para arrematar a rede, pois até agora é a única empresa a fazer uma oferta por todas as lojas. Com a aquisição, o Pão de Açúcar ganharia fôlego na Região Sul, reforçando as operações do Ponto Frio. O grupo está em fase de avaliação das informações financeiras do Baú. Já o Magazine Luiza e a rede MercadoMóveis teriam apresentado propostas por parte das lojas do Baú, que conta com 137 unidades em São Paulo e no Paraná. A MercadoMóveis tem interesse nas 89 lojas paranaenses e estaria procurando um parceiro para ficar com os pontos de venda paulistas. O Baú fatura cerca de R$ 400 milhões, mas possui um passivo fiscal estimado em R$ 200 milhões, herdado da rede Dudony, comprada pelo Baú em 2009.

Fonte: Mercado & Consumo

GAD' assina criação da a+ , nova marca de medicina diagnóstica do Grupo Fleury

O Grupo Fleury lançou na semana passada sua nova marca, a+ medicina diagnóstica, que surge da integração de 13 de suas 16 bandeiras, com posicionamento focado nas classes B e C.
A a+ nasce sob a perspectiva pioneira de atuar nacionalmente, com presença em seis estados (São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Paraná, Pernambuco e Rio Grande do Sul).

O projeto que contemplou recomendação estratégica, posicionamento, naming, identidade e linguagem da nova marca a+ foi desenvolvido em parceria com o GAD'Branding; operação especializada em branding que compõe a consultoria de serviços de marca GAD', com expertise de 25 anos no segmento. O Gad'Retail, operação de serviços de design de ambientes, foi o responsável pelo desenvolvimento do concept store e diretrizes de ambiente da marca a+.

Investigação e recomendação estratégica

O projeto teve início com uma investigação profunda realizada por pesquisa de mercado conduzida pelo Instituto de Pesquisa Ipsos, que abordou cinco mil pessoas, entre pacientes e a comunidade médica, nas 13 praças de atuação do grupo. O estudo teve como objetivo compreender as particularidades do segmento em cada praça estudada e mapear a percepção dos públicos sobre a imagem das marcas do grupo e dos concorrentes regionais.

O resultado da investigação sustentou a decisão do Grupo Fleury, com apoio e orientação do GAD, para atuar de forma pioneira na consolidação do mercado de medicina diagnóstica em regiões e segmentos não atendidos pela marca Fleury Medicina e Saúde, criando uma nova marca nacional direcionada para os públicos B e C.

A recomendação estratégica orientou o Grupo Fleury a segmentar seu portfólio em marcas para as classes A, B e C, com objetivo de atender as particularidades e necessidades de cada público e das fontes pagadoras. Como resultado, o Grupo ficou com quatro marcas: Fleury e Weinmann, posicionadas para públicos A, sendo a primeira com a atuação em SP, RJ e Brasília e a segunda restrita a Porto Alegre; a nova marca (a+) será a única que terá uma presença nacional, posicionada para os públicos B e C em São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro  e com uma abrangência maior para a classe A nos demais mercados; e Campana, posicionada em São Paulo para o público C.

O processo de integração das marcas é determinante para o sucesso das aquisições e liderança nacional do Grupo Fleury, trazendo benefícios significativos como:

- Posicionamento como Grupo nacional - atuação pioneira no setor;
- Construção da oferta mais completa do mercado, com segmentação e diferenciais claros;
- Ganho de sinergia operacional.

Desenvolvimento da marca a+: posicionamento, naming, identidade, linguagem e concept store

O processo de criação da marca a+ foi conduzido pelo GAD'Branding em um esforço
de construção conjunta com a equipe de marketing do Grupo Fleury, formado pelos principais executivos das diversas áreas da empresa.

A nova marca nacional a+, endossada pelo Grupo Fleury, possui em sua estratégia atributos que a diferencia do restante das marcas do mercado somado aos atributos herdados do Grupo, como excelência, qualidade, ética e sustentabilidade.

a+ é uma marca que respeita a complexidade da medicina e a vida de seus clientes, trazendo ao segmento um novo jeito de atuar e uma nova maneira de aplicar o conhecimento, de forma descomplicada, acessível e acolhedora.

A partir do posicionamento definido, foram desenvolvidos todos os elementos da marca: nome, identidade, linguagem e ambientação das unidades.

O nome a+ remete à acessibilidade, acolhimento e agilidade, além de caracterizar o jeito de ser simples e descomplicado da marca.

Da mesma forma, o logo foi idealizado para ser simples, preciso, delicado e simpático. A cor azul remete ao segmento de saúde e o símbolo tem origem em uma gota, elemento presente no segmento em que a marca está inserida, além de remeter à precisão e simplicidade. As demais cores do universo da marca são vibrantes e alegres, que em conjunto com o azul, constroem uma sensação de bem-estar e positividade.

Para garantir que todas as experiências com a marca a+ sigam essas diretrizes visuais, seja nas unidades ou em qualquer outro ponto de contato, toda a identidade e linguagem da marca foi desenvolvida a partir do mapeamento e aprofundamento de sua relação com seus clientes, detalhando todo o fluxo de experiência.

A linguagem de a+ busca proporcionar aos seus clientes uma nova experiência em medicina diagnóstica, pois foi pensando em seu conforto e bem-estar que foi desenvolvido um jeito descomplicado de oferecer melhores serviços.

A partir da estratégia e linguagem definidas foram criados o concept store e todas as diretrizes executivas das unidades da marca a+. O grande desafio a ser superado foi conceber os espaços externos e ambientes internos das 94 unidades com flexibilidade para adaptação a diferentes formatos e modularidade para otimizar a produção numa perspectiva de grande escala.

Na avaliação de Rendrik Franco, Diretor Executivo de Estratégia e Marketing do Grupo Fleury, "esse foi um projeto estratégico que demandou 18 meses de estruturação e que, seguramente, tem como resultado final um ativo intangível de grande valor para o crescimento ainda mais forte da nossa empresa".

Mão de obra escassa preocupa varejistas

Mão de obra escassa preocupa varejistas
Empresários buscam meios para capacitar jovens e trabalhadores em busca de emprego formal
Problema afeta outros setores, diz Kruse.O varejo brasileiro enfrenta um problema inédito em sua história, que, com o aquecimento da economia no ano passado, tornou-se visível: a falta de mão de obra qualificada. Desde 2003, quando o País começou a se desenvolver e registrar crescimento constante do Produto Interno Bruto (PIB), o número de profissionais capacitados disponíveis no comércio vem diminuindo. De acordo com o empresário e consultor de varejo Eduardo Tevah, o motivo de somente agora isto ser percebido como um problema é que, no decorrer destes anos de crescimento, o mercado foi absorvendo pessoas que estavam desempregadas ou trabalhando em subempregos ou na informalidade.

“A partir de 2009, a falta de profissionais qualificados no comércio passou a ser registrada com maior preocupação, alcançando o ápice em 2010, quando as empresas sentiram dificuldade de encontrar mão de obra para preencher as vagas em aberto”, ressalta Tevah. “Ocorre que o varejo não estava preparado para formar mão de obra, e sim para absorver mão de obra”, avalia o consultor, observando que, apesar de sobrarem vagas em diversos cargos, ainda há uma grande quantidade de pessoas desempregadas, porque não cumprem os requisitos mínimos exigidos.

Mas se antigamente os lojistas buscavam talentos e adaptavam os profissionais à sua realidade, hoje eles estão precisando encontrar candidatos que tenham atitude e interesse em crescer, uma vez que agora é preciso ensinar estas pessoas a realizarem os trabalhos do setor. “Hoje em dia, o mercado é extremamente escasso de mão de obra capacitada, e os empresários estão se voltando para uma outra fase, que é a formação e preparação de profissionais. Esta é uma realidade que surgiu de forma abrupta”, avalia o consultor, destacando que as áreas de recursos humanos estão revisando conceitos e admitindo a necessidade de preparar pessoas e encontrar mecanismos de retenção de profissionais qualificados.

“Não existe gente pronta para trabalhar. Este é o maior entrave do comércio e de toda indústria em geral”, admite a empresária Carmen Flores, vice-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL-POA). Ela acredita que é preciso colocar cursos técnicos à disposição de quem quer se inserir neste mercado. “As pessoas devem aprender como atender. O consumidor, hoje, é uma pessoa extremamente exigente. Temos que ter profissionais preparados para mostrar o diferencial dos produtos. Por isso, temos que pensar muito em qualificação.”

Área de vendas é uma das mais críticas

Apesar de faltarem profissionais em todas as frentes do comércio - incluindo TI, marketing e setores administrativos - a área de vendas é atualmente a mais crítica, na avaliação do empresário e consultor de varejo Eduardo Tevah. Isto porque, tradicionalmente, os cargos de gerente são ocupados por vendedores que crescem nas empresas, ou porque a indústria acaba absorvendo alguns talentos oriundos do varejo.

Mas se a expansão do emprego formal e a situação de pleno emprego vêm acentuando a tendência de migração de profissionais com experiência no comércio para outros setores, como a indústria, por outro lado, o varejo é alternativa para jovens estreantes no mercado de trabalho e profissionais em busca do emprego formal. Assim, dois novos perfis ganham espaço: o do jovem de 18 anos, recém-formado no Ensino Médio, ou por vezes cursando uma faculdade, que tenha ambição e queira aprender, e o de profissionais com mais de 50 anos, mais experientes e fáceis de fixar-se em um emprego.

De acordo com o vice-presidente do Sindilojas de Porto Alegre, Paulo Kruse, depois de vendedores, os profissionais mais procurados são os gerentes. “Esta situação vem crescendo desde o início de 2010 e se acentuou no final do ano, quando tivemos muitos problemas para preencher vagas em aberto, pois a maioria dos candidatos não tinha capacitação - e, sem qualificação, não podemos empregar.” A carência de funcionários preparados, diz Kruse, gera perda para os lojistas, uma vez que as vendas não acontecem. “Além disso, algumas empresas não conseguem ampliar seus estabelecimentos, porque faltam funcionários”, completa o dirigente.
Lojistas oferecem cursos a trabalhadores para sanar carência

A carência de profissionais qualificados no varejo tem levado entidades representativas do comércio a buscar uma forma de reverter este cenário a médio prazo. Preocupados com a dificuldade de preencher as vagas disponíveis no mercado com profissionais qualificados, empresários do ramo estão capacitando jovens estreantes e trabalhadores interessados em sair da informalidade. A meta é preparar principalmente vendedores, mas gerentes e gestores de negócios também estão incluídos nos projetos voltados à capacitação de mão de obra, que devem se acirrar no segundo semestre deste ano.

“Emprego, no comércio, tem de sobra, o que falta é mão de obra”, afirma o vice-presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse. “Este é um problema que não é só do varejo”, acrescenta, ressaltando que a entidade lançou, neste mês, o projeto Geração Varejo, cuja meta é capacitar cerca de 700 profissionais até novembro deste ano. “Para isso, contratamos uma equipe de professores especializados, e uma psicóloga, para avaliar os participantes”, informa o dirigente.

O projeto oferece cursos gratuitos de capacitação de vendedores e gestores de negócios e promove treinamento de gerentes, por preços que, segundo Kruse, equivalem a 30% do valor de mercado. As aulas ocorrem na sede do Sindilojas. Os interessados devem se cadastrar através do site da entidade e passar por uma entrevista com a psicóloga do projeto, que analisa o perfil dos inscritos e os encaminha para a capacitação. “A partir de junho, os candidatos que concluírem os cursos terão seus currículos disponibilizados para consulta dos lojistas associados ao sindicato, passando a concorrer a vagas de emprego, conforme a necessidade das empresas”, explica o vice-presidente do Sindilojas da Capital.

Ele destaca que antes de lançar o Geração Varejo, a entidade já promovia cursos de capacitação. Agora, a ideia é acirrar esta iniciativa, mantendo o projeto de forma permanente. A cada semana, deverá se formar uma turma de 25 pessoas interessadas em gestão de negócios e 25 vendedores. Os cursos para gerentes devem capacitar 90 pessoas por turma. A idade inicial é de 18 anos. “Iremos dar preferência para pessoas com segundo grau completo”, adianta Kruse.

Com o objetivo de estimular a capacitação para quem quer trabalhar no comércio e ainda não tem a qualificação adequada, ou contemplar profissionais que já trabalham no segmento, mas querem melhorar sua colocação, o Senac RS oferece palestras e oficinas que destacam as opções no mundo do trabalho e o perfil do profissional que o mercado deseja hoje. Na opinião do diretor regional da entidade, José Paulo da Rosa, é preciso oferecer educação profissional, a curto prazo, mas é preciso também estar ciente da necessidade de priorizar o ensino formal. “A análise que a sociedade precisa fazer é sobre a qualidade da nossa educação, temos no País uma educação formal de baixa qualidade - pouquíssimos dos que ingressam no Ensino Fundamental se formam, e destes, uma parcela ainda menor busca capacitação”, avalia Rosa.

Fonte: Jornal do Comércio

‘Cinema para Todos’ no Shopping Grande Rio

‘Cinema para Todos’ no Shopping Grande Rio
O Shopping Grande Rio apóia a cultura e recebe nesta terça e quinta-feira (31/05 e 2/06), o projeto ‘Cinema para Todos’, que incentiva a formação cultural dos estudantes da rede pública, através de uma atividade divertida e educativa nas telonas.
O projeto é fruto de uma parceria entre as Secretarias de Educação e Cultura e vai distribuir ingressos nas escolas municipais para filmes nacionais. Além proporcionar momentos de lazer aos estudantes, a iniciativa também promove a formação do público jovem na área audiovisual. Posteriormente, as atividades também poderão ser aprofundadas na sala de aula, já que os professores recebem um material pedagógico para discutir os temas abordados nas sessões.

Nos dias 31 de maio, e no dia 02 de junho, o filme "Desenrola" será exibido no cinema do Shopping Grande Rio, sempre às 10h. Cada sessão acomoda cerca de 580 alunos.

Confira a programação completa:

31/5 - Filme: "Desenrola"
10h00, aproximadamente 580 alunos

02/6 - Filme: "Desenrola"
10h00, aproximadamente 580 alunos

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Varejistas esperam elevar faturamento no Dia dos Namorados

Varejistas esperam elevar faturamento no Dia dos Namorados
Pesquisa da Serasa Experian sobre o Dia dos Namorados 2011 mostrou que 57% dos principais executivos do varejo nacional esperam aumentar seu faturamento.

Na comparação com a mesma data de 2010, 54% dos comerciantes tinham a mesma percepção.

De acordo com a entidade, esta é a maior parcela de otimistas para o Dia dos Namorados desde 2006, quando a data foi avaliada pela primeira vez.

Ainda em 2011, 30% dos varejistas esperam manter o faturamento verificado no ano passado e 13% acreditam em queda.

Na análise regional, Centro-Oeste tem a maior parcela de varejistas que esperam ampliar seu faturamento na data, são 65%. Na sequência estão Nordeste (62%), Sudeste (56%), Sul (53%) e Norte (44%).

Para os varejistas de todo o país, 27% dos consumidores gastarão até R$ 50 com o presente do Dia dos Namorados; 39% entre R$ 51 e R$ 100; 25% entre R$ 101 e R$ 200; 6% entre R$ 201 e R$ 300; 2% entre R$ 301 e R$ 500 e 1% com gastos acima de R$ 500.

Segundo a pesquisa, 46% das vendas serão à vista e 54% a prazo. Na mesma data de 2010, esta relação era 51% e 49%, respectivamente.

Fonte: Brasil Econômico

Procon fiscaliza sites de compras coletivas Compras Coletivas

Procon fiscaliza sites de compras coletivas Compras Coletivas
O forte crescimento do número de sites de compras coletivas no Brasil tem provocado algumas distorções que resultam em reclamações nos diversos orgãos de proteção do consumidor e o Procon resolveu entrar em ação. Na semana passada o Procon de Campo Grande no estado do Mato Grosso do Sul iníciou uma fiscalização em todos os sites de descontos que atuam na cidade. O orgão de proteção do consumidor, diz que a iniciativa não tem referência a uma denúncia específica, mas devido a reclamações de usuários nos mais de 20 sites de compras coletivas que abriram na cidade nos últimos cinco meses.

No entanto, informações de um caso noticiado no último dia 20 em reportagem da TV Morena, mostrando um homem que preferiu não mostrar o rosto, onde relatou que levou um susto ao tentar usufruir de seu cupom adquirido em um site de compras coletivas da cidade, para um serviço no seu carro em um lava-jato da cidade deve ter chamado uma atenção maior.”Fiz a compra através de um site que eu considerava até então idôneo, que trabalhava com empresas idôneas, e me deparei com uma ameaça física, uma faca na cintura, por parte do rapaz que estava prestando o serviço”. disse a vítima. “O serviço não é o que eu encontrei, as informações que estavam escritas no cupom eram totalmente erradas, inclusive o endereço da empresa”, revela o consumidor.

Número de reclamações é crescente

Com dezenas de reclamações desse tipo de negócio, o coordenador do Procon local, Alexandre Resende fez um alerta ao consumidor, “Em primeiro lugar, buscar o histórico dessa empresa por meio do site do Procon. Outra dica é procurar saber onde está sediada essa empresa, se ela existe fisicamente”.

Na última terça-feira, uma equipe do Procon de Campo Grande foi até o lava-jato que ofereceu serviços especiais nos carros dos clientes, onde a fiscalização procurou checar o atendimento do estabelecimento. “Estamos fiscalizando independente da denúncia, nós entramos nos sites, verificamos a oferta, vamos até a empresa e verificamos a adequação. Podemos até lavrar uma multa, que pode ser um valor bastante importante com relação à oferta desse produto”, relata Lamartine Ribeiro, superintendente do Procon de Mato Grosso do Sul.

Um especialista de marketing, ao comentar sobre as reclamações em sites de compras coletivas, disse “da mesma forma como se faz compras em grupo mostrando a força das pessoas para conseguir um desconto, as reclamações quando acontecem mesmo não representando números significativos se comparado com outros serviços de massa como as milhares de reclamações no setor de telefonia, acabam tendo mais peso porque também são efetuadas em grupo”.

Reclamações também do outro lado do mundo

Conforme pesquisa do Bolsa de Ofertas, o crescimento das reclamações tem acontecido em diversas partes do mundo onde o número de sites crescem de forma exponencial. Na China onde uma onda de mais de 4 mil sites se espalharam pelo pais, as reclamações também são objeto do noticiário local. Onde alguns sites fantasmas chegaram a arrecadar o valor das promoções e simplesmente sumiram do dia para a noite num piscar de olhos.

Em seguida os orgãos governamentais que controlam a economia,buscaram uma forma de punir os sites que tinham números expressivos de reclamações, ao negar possíveis investimentos com financiamentos do governo chinês aos referidos infratores das regras do comércio online do pais.

Fonte: Blog do E-Commerce

Mateus, rei do varejo do Maranhão, associa-se a ex-dono do Bretas

Mateus, rei do varejo do Maranhão, associa-se a ex-dono do Bretas
Ilson Mateus, dono da maior rede de supermercados do Maranhão, vendeu 30% do capital para o empresário Estevam Assis, de MG

Ilson Mateus, controlador da rede de supermercados Mateus, o maior varejista do Maranhão, associou-se ao empresário Estevam Duarte de Assis, ex-controlador da rede de supermercados Bretas, de Minas Gerais, segundo informações divulgadas pelo jornal O Estado do Maranhão.

Assis adquiriu uma participação de 30% da rede Mateus. A varejista maranhense possui 22 lojas e faturou R$ 2,3 bilhões em 2010. A rede Bretas, que era a quinta maior cadeia de supermercado do País, foi vendida para o grupo chileno Cencosud em outubro de 2010, por R$ 1,3 bilhão.

“Fizemos uma fusão, sim, mas com o grupo Bretas. Não vamos sair do nosso negócio, pretendemos crescer ainda mais”, afirmou Ilson Mateus, em entrevista ao Estado do Maranhão. O empresário negou que o Grupo Pão de Açúcar estava negociando a aquisição de 40% da varejista.

De acordo com notícias veiculadas pelo iG no início deste mês, fundos de investimentos já haviam demonstrado interesse em adquirir 15% da rede Mateus, que contratou a firma de auditoria Ernst & Young Terco para validar suas demonstrações financeiras e viabilizar a entrada de um sócio.

Em entrevista ao iG, Mateus afirmou que quer expandir seus negócios para outros estados e que vai inaugurar filiais este ano no Pará e no Tocantins. Apesar de seu dono de uma empresa que fatura mais de R$ 1 bilhão, o empresário dirige um Gol branco 1.0 sem ar-condicionado e com quatro anos de uso.

Fonte: IG

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Espanhola Charanga chega ao mercado brasileiro

A rede espanhola de vestuário infantil Charanga inaugura em agosto sua primeira loja no mercado brasileiro, em um shopping center na zona sul de São Paulo. A empresa participará da ABF Franchising Expo, no início de junho, para apresentar seu conceito de negócios.

A Charanga conta com mais de 230 lojas em três continentes.




Fonte: Mercado & Consumo

Shopping Center 3 leva consumidores a Buenos Aires e lança a promoção "Comprou-Ganhou"

Shopping Center 3 leva consumidores a Buenos Aires e lança a promoção "Comprou-Ganhou"
Concurso cultural desvinculado de compras premiará três vencedores e seus acompanhantes com viagem a Buenos Aires; já na promoção comprou-ganhou, a cada R$ 200,00 em compras, o consumidor leva para casa um Kit Fondue; de 31 de maio a 12 de junho

De olho no potencial da data promocional mais romântica do ano, o Shopping Center 3 lança atrativos especiais para chamar a atenção dos consumidores e elevar as vendas em 12% em relação ao ano anterior. "Namorados é tradicionalmente uma data muito forte para nós, em função do atributo de conveniência único na região e da variedade do mix; somado ao perfil da frequência, com presença marcante de público executivo dentro do fluxo diário de 50 mil pessoas", explica Willian Furtado, superintendente do Shopping Center 3, um dos empreendimentos setoriais pioneiros do País, localizado há 40 anos no coração da Avenida Paulista.

De acordo com o executivo, o resultado deverá ser alavancado, principalmente, pela venda de celulares, smartphones, notebooks, acessórios, perfumes e artigos de moda outono-inverno, segmentos bem representados dentro do Shopping, com grande variedade de produtos e preços.

Para a temporada, o Center 3 aposta em concurso cultural e em promoção comprou-ganhou. Desvinculado de compras, o concurso propõe interação divertida e mecânica simples. Basta preencher um cupom, respondendo à pergunta: "Que surpresa você faria para seu amor nesta data tão especial?". Os autores das três respostas mais criativas ganham uma viagem com acompanhante para Buenos Aires; incluindo passagem aérea, traslados, três noites no Intercontinental Buenos Aires com café da manhã, visita panorâmica pela cidade portenha e seguro viagem.

E na promoção comprou-ganhou, a cada R$ 200,00 em compras, o consumidor pode trocar os cupons ou notas fiscais por um Kit Fondue de cerâmica para duas pessoas.

Concurso Cultural e Promoção Comprou-Ganhou
De 31 de maio a 12 de junho
Shopping Center 3: Avenida Paulista, 2064 - Cerqueira César - Sao Paulo - SP
Tel: (11) 3285-2458, http://www.shoppingcenter3.com.br/

Braspag lança Pagador 2.0 para otimizar transações eletrônicas nas lojas virtuais

Braspag lança Pagador 2.0 para otimizar transações eletrônicas nas lojas virtuais
Plataforma de pagamento contará com ferramentas como a compra em um clique e a Dupla forma de pagamento para efetuar compras na mesma transação, além de novos relatórios de análise altamente detalhados
Com o objetivo de trazer um upgrade na área de processamento de pagamentos no e-commerce, a Braspag, empresa líder em soluções de pagamento e serviços financeiros para e-commerce e com market share de 75% no Brasil, anuncia o lançamento do gateway de pagamento Pagador 2.0, provendo o mais alto índice de autorização do mercado.

A nova plataforma de pagamentos da Braspag traz como ponto alto as retentativas automáticas de autorização de pagamento, o JustClick que permite a compra com apenas um clique e a facilidade da dupla forma de pagamentos na mesma transação.

A ferramenta de retentativas automáticas possibilita que quando uma transação não seja aprovada por problemas de comunicação com a operadora, por exemplo, o Pagador 2.0 faça novas tentativas de buscar autorização para a transação em outra operadora, previamente configurada pelo lojista. Já o sistema que permite o pagamento de uma compra com dois cartões de crédito de bandeira ou banco diferentes, vem atender as novas demandas das classes C e D, permitindo a compra sempre respeitando os limites de crédito de cada cartão.

Além disso, Pagador 2.0 ainda oferece facilidades como: Maior controle dos pedidos; mais funcionalidades nativas na plataforma, como a integração com a ferramenta de compra em apenas um clique, o JustClick; Administrador mais completo para o gerenciamento das transações da loja; maior agilidade no tempo de resposta da plataforma; relatórios de análise e mensuração altamente detalhados; e mais meios de pagamento com bandeiras regionais.

Outro ponto que chama a atenção para o Pagador 2.0 é a facilidade na integração do sistema com a loja virtual. O novo gateway de pagamento traz uma série de plugins e módulos que permitem agilizar a integração em diversas plataformas como a da Magento, acelerando o tempo de integração e diminuindo o custo para o usuário na integracao da nova plataforma.

Segundo Daniel Bento, CEO da Braspag, o Pagador 2.0 leva facilidades tanto ao lojista quanto ao consumidor final. “Nossa nova plataforma de pagamentos traz uma série de benefícios, mas o principal é o aumento das chances de uma transação ser autorizada. Os serviços de retentativas, dupla forma de pagamento e o JustClick são fundamentais para levar maior comodidade ao usuário na hora de efetuar uma compra”, afirma.

Com o lançamento da nova solução, a Braspag espera fazer a migração de metade de seus clientes, que já utilizam a versão anterior do Pagador da Braspag, até o final do ano. “A solução Pagador como um todo já processa milhões de transações todos os meses. E, com isso nossa previsão é alcançar 50% da base instalada até o final do ano. A meta é bastante agressiva, mas a plataforma nova é extremamente funcional, e trará muitos benefícios aos lojistas, apostamos que todos eles buscarão essa integração e novas funcionalidades o quanto antes", afirma Bento.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Cinco grupos disputam a compra do Baú da Felicidade

Cinco grupos disputam a compra do Baú da Felicidade
Cinco grupos de varejo negociam a compra da rede de lojas do Baú da Felicidade, do grupo Silvio Santos, informam Claudia Rolli e Giuliana Vallone, em reportagem na Folha desta quinta-feira (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal).

Casas Bahia e o empresário mexicano Ricardo Salinas, dono da rede de eletrodomésticos Elektra e do Banco Azteca, são dois dos interessados em adquirir as 137 lojas situadas em São Paulo e Paraná, segundo a Folha apurou.

Procuradas, as Casas Bahia não confirmaram.

De acordo com o vice-presidente do grupo, Lásaro do Carmo Jr., o negócio deve ser fechado entre 60 e 90 dias e segue a venda da Braspag, de processamento de pagamentos online, para Cielo, anunciada na terça-feira.

Depois de perder o PanAmericano, após uma fraude contábil que gerou um rombo de R$ 4 bilhões, o grupo Silvio Santos decidiu se reestruturar para não sofrer os impactos da venda do banco.

Para isso, vai focar em três pilares "estratégicos" nos próximos cinco anos: consumo, com a Jequiti Cosméticos; comunicação, com o SBT; e capitalização, concentrando esforços na Liderança Capitalização (Tele Sena).

"Nós eramos um grupo muito pulverizado e resolvemos focar naquilo que é o grande conhecimento do grupo. Assim, o foco dos investimentos serão os mercados de maior potencial para nós", disse Carmo à Folha. "O Banco não vai fazer mais falta para a gente."

O Baú ficou conhecido pela venda de carnês para a compra de produtos e participação em sorteios. O modelo, porém, se extinguiu com a melhora das condições de crédito do país.
"O modelo era muito viável com inflação em alta, você pagava um produto sem juros e recebia dali a um ano. Hoje você vai numa loja, dá uma entrada pequena e já sai com o produto. Então o mercado fez com que o carnê desaparecesse."


Fonte: Folha.com


Nota do Caio:
Para quem se lembra do Show de Calouros...
Quanto vale o Baú da Felicidade?
R$ 50.000.000,00....prim...paranram....
R$ 100.000.000,00....prim...paranram....R$ 150.000.000,00....prim...paranram....


....

Americanas.com proibida de fazer novas vendas no Rio

Americanas.com proibida de fazer novas vendas no Rio
A Americanas.com ficará impedida de realizar novas vendas no estado do Rio de Janeiro até que regularize todas as entregas atrasadas. O pedido do Ministério Público do Estado do Rio foi acatado nesta quarta-feira pela desembargadora Helda Lima Meireles, da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça e passar a valer assim que a empresa for intimimada oficialmente. A multa fixada pelo TJ, caso a decisão seja descumprida, é de R$ 20 mil.
- A decisão estimula investimento para uma mudança de prática, para que passem a vender quando tenham condição de cumprir. O que parece é que o volume de vendas na internet cresceu muito e as empresas estão vendendo mesmo sabendoque não têm condição de entregar - diz o promotor Júlio Machado, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital.

A coluna Defesa do Consumidor, do jornal O GLOBO, registra atualmente, mais de 500 reclamações contra a Americanas.com, por atraso de entrega.

Machado deu entrada numa ação civil pública contra a Americanas.com em janeiro, depois de uma enxurrada de reclamações sobre atrasos de entrega no fim do ano. A primeira liminar, obtida pelo Ministério Público, obriga o estabelecimento de prazo preciso para a entrega e que o consumidor seja informado sobre essa data apenas fornecendo seu CEP.

O pedido foi feito, explica o promotor, porque o site estava obrigando o consumidor a fazer um cadastro prévio de compra para saber o prazo de entrega. Quem tiver problemas com entrega pode encaminhar queixa ao MP que será integrada à ação. A decisão estabelece ainda multa de R$ 500 por cada violação. O valor é direcionado ao Fundo de Direitos Difusos, cujos recursos são aplicados em projetos ambientais, educacionais e outros de interesse da sociedade.

- Vários sites de venda, principalmente no fim do ano, não conseguiram cumprir o prazo de entrega prometido. Isso virou uma bola de neve. E levou à Americanas.com ao topo da lista de mais reclamadas em vários sites e também no MP. Só em um deles há cerca de 30 mil queixas - diz o promotor.

Consultada a Americanas.com diz que não comenta processos em andamento.

Fonte: O Globo



Nota do Caio: R$ 20.000,00 em caso de descumprimento? Tem troco?

Spoleto participa da "Semana do otimismo que transforma" Coca-Cola

Em parceria com a Coca-Cola, a rede de culinária italiana Spoleto realiza a “Semana Otimismo que Transforma”, de 22 a 29 de maio, durante a qual cada produto da Coca-Cola Brasil vendido no País reverterá quase três centavos aos programas do Instituto Coca-Cola Brasil (www.institutococacola.com.br). Em 2010, foram arrecadados R$ 5,8 milhões para os projetos nas áreas de Meio Ambiente e Educação.

São mais de 150 produtos do portfólio da Coca-Cola Brasil, que inclui águas, chás, refrigerantes, néctares, energéticos, isotônicos e lácteos, que gerarão recursos para os programas “Reciclou, Ganhou”; Água das Florestas; Coletivo; Valorização do Jovem e Educação Campeã. Neste ano, os consumidores podem aumentar sua participação na Semana. Além de comprar produtos para contribuir diretamente para os projetos, poderão enviar suas fotos no momento do consumo para o site www.semanaotimismo.cocacolabrasil.com.br, entrando, assim, no “Mural dos bons”.

O Spoleto é um dos parceiros da Coca-Cola. Os 273 restaurantes da rede, espalhados em 23 estados e no Distrito Federal, participam da campanha.

Itaú promove seminário de franquias

Itaú promove seminário de franquias
Com crescimento de 20,4% somente no ano passado, o setor de franquias é tema de seminário que o Itaú realizará na quinta-feira (26), em São Paulo. O segmento é estratégico para a área empresas do banco, que tem equipe especializada no setor para desenvolver ferramentas e soluções que aprimorem a gestão das empresas do segmento e facilitem a troca de informações entre franqueado e franqueador.

Para abordar o tema, a instituição reunirá Cristina Franco - vice-presidente da Associação Brasileira de Franchising; Osvaldo Moscon - diretor de Desenvolvimento de Canais de Vendas e Franchising de O Boticário; e Denis Santini - professor da ESPM e sócio-diretor da MD Comunicação, primeira agência especializada em franquias e redes.

O objetivo é fomentar o debate e disponibilizar conteúdo relevante para empresários, clientes, entidades, associações e acadêmicos que movimentam o setor. O Seminário Itaú de Franquias ocorrerá no Spaço Quatá (R. Quatá, 804), a partir das 10 horas.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Hope Lingerie abre loja em Campina Grande

Hope Lingerie abre loja em Campina Grande
Marca aposta no potencial de consumo do Nordeste

Referência nacional em lingerie, a HOPE inaugura em maio a segunda unidade na Paraíba. A loja será no Boulevard Shopping, em Campina Grande. A primeira loja do Estado fica no Manaíra Shopping, em João Pessoa.

A 58ª unidade da rede será comandada pelo empresário Gaspar Junior. “A expectativa é muito grande, principalmente por sermos a única loja de lingerie no Boulevard Shopping, além do enorme potencial de crescimento de Campina Grande”, diz o franqueado.

O investimento na unidade foi de aproximadamente R$ 350 mil e o retorno deve acontecer em menos de dois anos.

A marca, que cresceu cerca de 90% em número de lojas no ano passado, investe na abertura de novas franquias em todo o País e pretende dobrar o número de unidades, chegando a 115 lojas no final de 2011.

O novo posicionamento fica evidente em seus agressivos investimentos de marketing. Uma prova disso foi a escolha de uma das modelos mais famosas do planeta, Gisele Bündchen, para as campanhas publicitárias. “Ninguém melhor do que ela para representar essa nova fase”, explica Nissim Hara, presidente da empresa.

O sucesso da HOPE também está atrelado ao número de lançamentos. São em média quatro novas coleções por mês entre calcinhas, lingeries e produtos como biquínis, pijamas e cosméticos.

A HOPE, empresa 100% brasileira, é a pioneira do segmento a optar por expandir por meio do franchising. Abriu sua primeira franquia em 2005 e desde então tem obtido excelentes resultados. Além das lojas de marca própria a empresa também atua no comércio eletrônico por meio do site http://www.hopeonline.com.br/ e fornece para varejos multimarcas no Brasil e no exterior.

Empreendedores interessados em mais informações sobre a franquia HOPE podem acessar o site http://www.hopelingerie.com.br/franquias.html

Portobello Shop abre franquia em Belém

Portobello Shop abre franquia em Belém
A Portobello Shop, única rede especializada em revestimentos cerâmicos no País, acaba de inaugurar uma franquia em Belém, localizada na Travessa Benjamin Constant, 1.686, bairro Nazaré. Pepeu Garcia, empresário que comanda a loja, pretende atender todo o mercado paraense com produtos inovadores e serviços exclusivos da marca.
“Iniciamos nossas atividades em um dos momentos mais ricos da indústria da construção. Por isso, trazemos os lançamentos da coleção 2011 da Portobello, que chamam atenção de uma maneira especial aos profissionais da arquitetura e decoração. Entre as novidades estão os porcelanatos das linhas Concretíssyma, criada em parceria com Ruy Ohtake; Mineral, com sutis fragmentos minerais, e Ecollection, que reproduz madeira”, afirma Garcia, que também é presidente da associação UNICO - Núcleo de Decoração.

De acordo com o franqueado, outro destaque é o atendimento diferenciado que há na loja. “Hoje, consumidores, arquitetos, designers de interiores e engenheiros querem adquirir materiais de construção de quem se especializa, e isso no mercado top de revestimento, só a Portobello Shop pode oferecer. Portanto, essa possibilidade de dispor um serviço exclusivo aos clientes é o que mais nos estimula”, afirma.

A abertura da unidade é parte da estratégia de crescimento da Portobello Shop, que atualmente possui mais de 100 lojas distribuídas pelo Brasil. “Nossa intenção é abrir mais 15 franquias no País até o final do ano. Com a franquia em Belém, completamos cinco unidades na região norte”, relata Juarez Leão, diretor de Varejo da Portobello.

Com uma área de 450 m2 para atendimento ao público e 600 m² de depósito, a Portobello Shop Belém oferece produtos para pronta entrega e ainda diversos serviços exclusivos, entre eles, elaboração de projetos 3D, auxílio de equipe treinada, acompanhamento, paginação, medição de ambientes, assessoria técnica, equipe credenciada de assentadores e logística de entrega programada.

Portobello Shop Belém
Endereço: Trav. Benjamin Constant 1686, bairro Nazaré
Telefone: (91) 3222 5060
E-mail: belem1@portobelloshop.com.br

Alshop descarta impacto nas vendas

As vendas nas lojas instaladas em shopping centers devem manter ritmo de crescimento em linha ao registrado no ano passado, mesmo com as medidas de restrição ao consumo impostas pelo governo - como as medidas macroprudenciais e o aumento de juros -. A afirmação foi feita ontem pelo presidente da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), Nabil Sahyoun. "As vendas no primeiro trimestre foram muito positivas, mesmo com a forte base de comparação com o ano passado, e deveremos manter este crescimento (em 2011), puxado pelos indicadores (macroeconômicos) positivos e pelos investimentos", afirmou, durante evento, em São Paulo, promovido pela Alshop.

Sahyoun disse que a entidade projeta um aumento nominal das vendas entre 9% e 11% para este ano, frente a um crescimento de 10% observado em 2010 pelas varejistas instaladas em shopping centers. Segundo ele, atualmente são 124 centros de compras em construção e outros 90 em projeto. "Teremos uma média de inaugurações de 35 a 40 shoppings nos próximos anos", disse.

Para o mês de junho, que concentra as vendas do Dia dos Namorados - terceira principal data de vendas do varejo no ano -, a entidade prevê alta de 9% a 10% sobre o ano passado. Em maio, durante o Dia das Mães, segunda principal data anual do comércio, as vendas subiram 11% sobre 2010.


Fonte: Diario do Nordeste

Marisa mira todas as classes para obter 887 lojas no País

Marisa mira todas as classes para obter 887 lojas no País
Tanto em ruas de alto padrão como nos morros as lojas de departamento Marisa devem se despontar cada vez mais. Tanto que recentemente a marca -que tem como carro-chefe a venda de roupas femininas- abriu uma loja na comunidade do Heliópolis e outro ponto de venda na Paulista ambos localizados na capital paulista.

Segundo o presidente da companhia, Marcio Goldfarb, a rede aposta em um crescimento orgânico para alcançar em um prazo não determinado cerca de 887 lojas espalhadas pelo País. "Queremos estar presentes em todos os locais onde a classe C esteja presente", enfatizou. Hoje a marca possui 288 pontos de venda.

Ele ainda afirmou que a quantidade de unidades foi calculada em função do número de habitantes mulheres do Brasil, entre as classes B e C.

Para dar início ao plano de expansão, este ano a rede prevê a inauguração de 57 lojas e o ano passado já foram 53 unidades. Atualmente a rede possui três formatos de pontos de venda: lingerie, lojas com vendas de roupas femininas masculinas e infantil e pontos voltados apenas para mulheres

Contrariando algumas das medidas do mercado, o presidente afirmou que não irá baixar seu número de parcelas , nem os preços e ainda deve manter a mesma taxa de juros praticada pelo setor. "Atualmente temos um tíquete médio de R$ 72 e um prazo médio de pagamento de 90 dias para efetuar o pagamento. Não vamos alterar nosso método de vendas", diz Goldfarb.

Fonte: DCI









Vitrine on-line

Além do investimento na expansão de lojas, a rede também que ser referência na venda de roupas pela Internet. Para isso, a marca aumentou este ano o número de peças oferecidas no site para 1.700, cerca de 42% a mais se comparado com o ano anterior.

Outra meta voltada para este segmento é o aumento na participação do comércio virtual para 1,8% das vendas brutas totais. A parcela atual é de 1,6%.



A varejista busca aumentar a participação das classes emergentes na compra de roupas virtuais por meio da padronização da numeração e da possibilidade de fazer trocas em qualquer loja física, diz o presidente do grupo.



Cartão de crédito

Para atrair cada vez mais clientes para as lojas, a Marisa aposta na venda feita por meio do cartão próprio (private label) das lojas. Quem compra nos pontos espalhados pode parcelar suas compras em até 5 vezes sem juros ou ainda 8 vezes com juros de médios de 6,5% adotados no mercado. Hoje cerca 50% das vendas são feitas no cartão e já são de 1,5% de pessoas que possuem o meio de pagamento que possui parceria com o Itaú. Segundo o porta-voz, a média de crescimento do private label gira em torno de 12% até 15% .

Hoje cerca de 80% das vendas são parceladas em até cinco vezes, mas sem juros

O lucro das lojas Marisa cresceu 41,4% no primeiro trimestre de 2011 na comparação com o mesmo período do ano anterior. Os ganhos da varejista somaram 36 milhões de reais no período, segundo balanço divulgado pela companhia.

A receita líquida de mercadoria e serviços apresentou crescimento de 30,7%, totalizando 494,1 milhões de reais. Nos três primeiros meses do ano passado, o faturamento da Marisa foi de 378 milhões de reais.

Já o faturamento do varejo, no período, cresceu 26,5%, somando 374,4 milhões de reais.

A Marisa encerrou o trimestre com 281 lojas, quase 25% a mais na comparação com o mesmo período de 2010.



Setor

O segundo semestre deste ano tende a ser ainda mais aquecido do que o primeiro, pois, além do calendário favorável, com várias datas sazonais seguidas, as redes começam a aumentar em até 100 dias, ou seja, jogar para 550 dias o prazo para pagamento das parcelas.

Um termômetro de que o setor varejista continua forte, mesmo com o aumento dos juros, é o fato de que as vendas do varejo brasileiro tiveram em fevereiro uma expansão de 8,2% em relação às do mesmo período do ano passado. O desempenho ficou praticamente em linha com os 8,3% de alta registrados em janeiro e leva o acumulado dos últimos 12 meses a uma expansão de 10,4%, próximo ao crescimento de 10,9% de todo o ano de 2010 - o melhor resultado da série histórica apurada pelo IBGE. "As vendas do varejo continuam crescendo de forma consistente, refletindo a continuidade de um cenário macroeconômico positivo", comenta Luiz Goes, sócio sênior e diretor da GS&MD Gouvêa de Souza, empresa de consultoria especializada no setor.

As expectativas para este ano são otimistas. "O varejo deverá fechar 2011 com um crescimento acima do do Produto Interno Bruto (PIB), pelo nono ano seguido. A renda das famílias deverá continuar em expansão e o desemprego ficará estável", diz

terça-feira, 24 de maio de 2011

GS&MD – Gouvêa de Souza apresenta novidades da Recon Las Vegas

GS&MD – Gouvêa de Souza apresenta novidades da Recon Las Vegas
Consultoria discutirá as inovações apresentadas no maior evento mundial do segmento de Shopping Centers
Para apresentar ao mercado brasileiro as principais tendências discutidas durante a Recon, que aconteceu em Las Vegas de 20 a 25 de maio, a GS&MD – Gouvêa de Souza, em parceria com a BrandWorks, irá promover o evento “Pós-Recon”, no dia 27/05, no Hotel Renaissance.

A Recon é o principal e maior evento mundial do segmento de Shopping Centers. É realizado pelo ICSC – International Council of Shopping Centers, uma associação de negócios global dedicada à indústria de shopping centers, com membros em mais de 90 países. O evento reúne mais de 50.000 participantes, entre profissionais da indústria de shopping centers, varejistas, Setor Público, instituições financeiras, empreendedores, fornecedores de serviços para a indústria de shopping centers, entre outros.

O evento promove a interação com líderes e tomadores de decisão do setor e por isso é visto como ótima oportunidade para estabelecer contatos, fazer negócios, atualizar-se sobre as novidades e saber das principais tendências da indústria.

A GS&MD – Gouvêa de Souza levou uma delegação para a Recon com mais de 20 empresas, entre elas Shopping Paralela, Complexo Comercial Terraço Shopping, General Shopping Brasil S.A, Complexo Comercial Terraço Shopping, Condomínio Praia Shopping, Condomínio Geral Norteshopping, Enashopp e Shopping Barra.

Acompanhe abaixo a programação com os temas que serão apresentados durante o “Pós-Recon” em São Paulo:

8h30 – 9h: Welcome Coffee e Credenciamento

09h – 10h30: O Futuro dos Shoppings e os Shoppings do Futuro

Palestrante: Luiz Alberto Marinho - Sócio-Diretor da BrandWorks e Colunista da BandNews FM e Jornal Metro

SubTemas:

Tendências da indústria de Shopping Centers

Novos Projetos: Varejo & Entretenimento

Hot Retailers: varejistas que fazem a diferença nos shoppings

Comportamento do Consumidor de Shopping

Sustentabilidade em Shoppings Center

Outlets e Shoppings de Luxo

10h30 – 11h: Coffee Break

11h – 12h20: Debate com convidados

Moderador: Luiz Alberto Marinho

12h20 – 12h30: Encerramento

*Programação sujeita a alterações


Serviço:
Pós-Recon GS&MD - Gouvêa de Souza:
Data: 27/05
Horário: das 8h30 às 12h30
Local: Hotel Renaissance
Endereço: Alameda Santos, n0 2233 – Cerqueira César – São Paulo

Informações: (11) 3405-6666 ou eventos@gsmd.com.br

ABIESV promove a "1ª Rodada de Valores" em SP.

ABIESV promove a "1ª Rodada de Valores" em SP.
A 1ª Rodada de Valores, é um evento exclusivo para associados e convidados ABIESV, que
visa abrir um canal para os fornecedores do varejo trocarem idéias e receberem informações relevantes, com o ponto de vista de quem fornece para o setor que mais cresce na economia Brasileira.

O evento contará com um debate sobre os assuntos mais pertinentes do setor, com Melissa Szuster Wagman, diretora executiva da ABIESV e sócia da Sustentrends, como moderadora, e contará com a presença de:
  • Eugenio Foganholo, Consultor especializado em varejo e bens de consumo, com elevada experiência no assessoramento de fabricantes, redes varejistas e associações do segmento, como APAS – Associação Paulista de Supermercados, ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café, CNDL – Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas, SEBRAE – Nacional, MT, SC, GO, PR e MS,
  • Caio Camargo, Autor e editor do blog Falando de Varejo e Gerente Comercial do GAD,
  • Iara Jatene, Diretora da A6 arquitetura+Design
  • Marcelo Takao, Supervisor de Marketing e Produtos – Segment Shops & Hospitality da Philips Lighting Brasil.

Serviço:
1ª Rodada de Valores ABIESV
Data: 25.05.2011
Local: Reciclar – Av. Vereador José Diniz, 599 Alto da Boa Vista
Estacionamento pela Av. Adolfo Pinheiro, 2070
Programação:
18h00: Início
18h15 - Rodada de Valores - O rumo do Varejo
19h15- Coquetel

Maiores informações - (11) 5548-7124 – (11) 8103-8188 ou secretaria@abiesv.org.br

Como relacionar seu cliente a uma marca?

Como relacionar seu cliente a uma marca?
Pesquisa do Instituto FSB para a Câmara Brasileira da Construção (CBIC) mostra que 58% das empresas têm projetos de responsabilidade social. Um quatro (24%) montou ações estratégicas, com planejamento, avaliação, divulgação, pessoal dedicado, consultores e/ou orçamento crescente. O estudo foi divulgado no ultimo dia 17.
O relatório vem ao encontro da tendência seguida por consumidores na hora de comprar produtos ou serviços de empresas com foco em ações sócio-ambientais responsáveis. Sabendo deste pré-requisito, grandes marcas apostam em causas de diversos tipos para fidelizar clientes e ganhar maior visibilidade em meio a tantos concorrentes.

Dados divulgados em 2010 pela Fundação Mokiti Okada sobre o Meio Ambiente/Agricultura Natural apontam que 90% dos brasileiros acreditam que consumir produtos sustentáveis e orgânicos ajuda a preservar a natureza. 72,3% das mulheres são as maiores consumidoras, sendo que 82,7% têm mais de 30 anos de idade. Ainda segundo o estudo, 56% dos consumidores de produtos naturais, sustentáveis e orgânicos são casados. 70% possuem nível superior de escolaridade; 58% ganham mais que R$ 3 mil/mês sendo que 90% dos entrevistados consomem esse tipo de conceito há mais de um ano. Para se aproximar ainda mais do perfil dos novos compradores empresas como a MegaMatte, Four Style, Pello Menos, TePe e Sampling Planejamento investem em uma gestão cada vez mais responsável.

“Empresas de vários segmentos estão com pensamentos voltados para ações que representem responsabilidade social, ambiental e ética. A humanização do atendimento e das ações não se restringe apenas na relação empresa e funcionários, mas também em relação aos ambientes sociais, culturais e ecológicos nos quais estão inseridas. O modelo de consumo atual mostra a importância de integrar ações internas nascidas em âmbito empresarial de modo que os reflexos da sociedade sejam positivos. Aliar uma marca a uma causa requer seriedade e respeito em relação ao consumidor", destaca a presidente da ABF-Rio (Associação Brasileira de Franchising seccional Rio de Janeiro), Fátima Rocha.

Com um posicionamento voltado para a área socioambiental, a rede MegaMatte - do segmento de alimentação - aderiu ao Comércio Justo e Solidário, modelo de negócio europeu que preconiza transações econômicas transparentes entre fornecedor e franquia. A bebida mate vendido é 100% natural e orgânico (tanto a erva-mate, quanto o açúcar), produzido artesanalmente com platanção e colheita seguindo os moldes do Comércio Justo (Fair Trade) preconizado pela WFTO (World Fair Trade Organization, ou, Organização Mundial de Comércio Justo, em português). A rede também substituiu os todos os copos de plástico pelos fabricados em papel proveniente de reflorestamento. A empresa também matem uma unidade MegaSustentável em São Paulo. Agora a franqueadora está inserida no Programa Franchising de Baixo Carbono promovido pela Associação Franquia Sustentável - Afras-ABF) e vai incluir em seu funcionamento mecanismos para contabilizar, reduzir e compensar a emissão de gases de efeito estufa (GEEs). Cerca de cinco unidades franqueadas devem participar do programa para, juntas, inventariarem as emissões geradas com o consumo de energia, água, efluentes líquidos e resíduos sólidos.

A Four Style - no segmento de moda e acessórios - é uma marca que trabalha com tecidos inteligentes e ecológicos (fibra de bambu) de avançada tecnologia, desenvolvidos com a finalidade de melhorar a performance do atleta. Os produtos atendem a todas as faixas etárias e transcendem as tendências da estação. utilização de tecidos ecológicos, fibras de sacolas em TNT que podem ser utilizadas posteriormente nas academias, clubes, praias, TAGs com papel reciclado, utilização de madeiras de reflorestadas e demolição na decoração da loja, conscientização da equipe para redução do consumo de impressos e produção de lixo, incentivo ao uso de bikes, incentivo ao uso de luz natural nos ambientes de trabalho, além de trabalhos voluntários e sociais junto as comunidades e entidades cariocas.

Quem mais recomenda os cuidados com a higiene bucal, ajuda quem precisa. Pensando na saúde da boca, a TePe,companhia sueca líder no mercado de escovas dentais na Suécia e Alemanha, com atuação também no Brasil, doa mensalmente escovas dentais. Já foram contemplados com a ação a Comunidade Santa Marta, o Morro do Alemão e o Instituto Pró Criança Cardíaca - com o qual a TePe mantém uma ação permanente.

Água e óleo

Visando diminuir as agressões geradas ao meio ambiente, o Pello Menos - instituto de depilação no setor de saúde e beleza - mantém uma campanha grande relacionada ao despejo responsável do =F3leo utilizado em casas e indústrias. Todo o resíduo de óleo utilizado em suas 41 lojas é encaminhado ao Banco de Cadeiras de Rodas (BCR), que recicla, comercializa o produto e usa a renda em suas ações sociais. O BRC tem como finalidade garantir o direito de cidadania dos portadores de necessidades especiais, emprestando cadeira de rodas, cadeira higiênicas, muletas e andadores, preferencialmente àqueles que não possuem condições de comprá-los. A rede também aposta forte na consciência ambiental apoiando o movimento Hora do Planeta promovido pela WWF-Brasil, quando durante 1 hora todas as 41 unidades da marca apagarão suas luzes, incluindo letreiros em sinal de alerta contra o aquecimento global. A empresa já usa equipamentos com gasto de energia reduzido, orienta e conscientiza seus funcionários sobre a necessidade de utilização de luz natural e economia na energia elétrica.

Quando o assunto é petróleo e gás, a Sampling Planejamento, empresa de consultoria e treinamento para setores marítimo e petrolífero, também possui funcionários “amigos do meio ambiente”. Com uma meta anual de reduzir em 2% o consumo de recursos naturais não-reaproveitáveis, a empresa adotou a reutilização da água gasta no treinamento de combate a incêndio. O líquido fica armazenando em um castelo com capacidade para 40 mil litros.

Fonte: ABF

Impostos nas alturas

Impostos nas alturas
De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), a carga tributária brasileira cresceu significativamente em 2010, atingindo 35,04% do PIB. Entidades de todo o país se movimentam em protesto, realizando o “Dia da Liberdade de Impostos”, na próxima quarta-feira, dia 25

O “Dia da Liberdade de Impostos”, que é comemorado no dia 25 de maio está movimentando entidades de classe de vários estados brasileiros. Para este ano, quando acontece a 5ª. edição do evento em Belo Horizonte, o protesto será marcado pela venda sem tributação de 5.000 litros de gasolina a R$ 1,744, ou seja, 40% a menos. As manifestações também acontecem em Brasília, Manaus, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo.

Na capital mineira, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) e o Centro de Desenvolvimento Lojista (CDL Jovem) com o patrocínio do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Minas Gerais (Minaspetro) e da Associação Mineira de Supermercados (Amis), repetem a ação que em 2010 provocou uma fila que teve início ainda de madrugada.

Na ocasião, os consumidores puderam comprar gasolina livre de impostos, uma maneira que a CDL/BH e o CDL Jovem encontraram para chamar a atenção da sociedade para alta carga tributária praticada no Brasil, uma das maiores do mundo. Este ano o posto participante também é o dos anos anteriores, o Albatroz, localizado na avenida Afonso Pena, esquina com avenida Brasil. A ação é limitada a cem automóveis e 130 motocicletas, mediante ordem na fila e sequência de senhas.

A data – 25 de maio foi escolhido porque marca o dia do ano em que o brasileiro passa a trabalhar em benefício próprio, pois todo o resultado anterior a esta data simboliza a quantia a ser paga em impostos. Em setembro de 2010, o presidente Lula sancionou a Lei 12.325/2010, que instituiu o Dia Nacional do Respeito ao Contribuinte: 25 de maio. “A data de conscientização cívica tem objetivo de mobilizar a população e os poderes públicos para reflexão sobre a grande carga grande carga de impostos que incide, direta e indiretamente, sobre a renda do brasileiro”, explica o presidente da CDL/BH, Bruno Falci. “Os impostos são indispensáveis para a sociedade moderna, mas a sobrecarga tributária impede o crescimento econômico e quem sofre mais é a população de baixa renda”, acrescentou.

O Brasil tem uma das mais altas cargas tributárias do mundo. Enquanto o cidadão americano trabalha 102 dias para pagar impostos, o brasileiro trabalha 145 dias. No México, o índice é de 91 dias; Chile (92 dias), Argentina (97 dias) e Espanha (137 dias).

Crescimento - De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), a carga tributária brasileira cresceu significativamente em 2010, atingindo 35,04% do Produto Interno Bruto (PIB), o que representa um aumento nominal de arrecadação de R$ 195,05 bilhões em relação a 2009 (17,80%).

Para o presidente do IBPT, João Eloi Olenike, nos últimos dez anos os governos retiraram da sociedade brasileira R$ 1,85 trilhão a mais do que a riqueza gerada no País. “O agravante é que esses recursos não foram aplicados adequadamente, no sentido de proporcionar serviços públicos de qualidade à população. Todos nós precisamos cobrar da administração pública uma redução imediata da carga tributária, com a diminuição das alíquotas dos principais tributos, medidas que venham a ‘desafogar’ os cidadãos brasileiros, que estão no seu limite de capacidade de pagamento de tributos”, afirmou em estudo do instituto. No ano de 2010, cada brasileiro pagou aproximadamente R$ 6.722,38, representando um aumento aproximado de R$ 998,96 em relação a 2009.

NewStyle ativa Chopp Brahma no PDV

Agência cria duas promoções para a marca que vão agitar o happy hour em mais de 1.000 bares do país

A marca Chopp Brahma lança duas ações promocionais, assinadas pela NewStyle, que prometem ser um sucesso em 1.200 PDVs do país. A proposta da marca é fortalecer suas relações com os canais de vendas e estimular a fidelização dos clientes aos bares que aderiram as promoções “Volte Sempre” e “Saideira a Toda Hora”.

As ações, que já estão no ar em algumas praças, possuem mecânicas simples e convidativas. Na promoção “Volte Sempre”, o consumidor que for ao bar de quinta-feira a domingo e consumir Chopp Brahma + petiscos da promoção ganha 50% de desconto no mesmo pedido realizado de segunda a quarta.

Já a “Saideira a Toda Hora” é uma promoção válida de segunda a quarta-feira para potencializar em vendas um jargão que é utilizado pela maioria dos consumidores dos bares. A cada 2 Chopp Brahma pedidos, o consumidor tem direito a uma saideira, ou seja, o 3º chopp é grátis. Quanto mais Chopp Brahma o consumidor pedir, mais saideiras vai ganhar.

Produtos Ferrari encantam amantes do automobilismo

Bolsas femininas e relógios masculinos já podem ser encontrados no país


Os amantes do automobilismo e apaixonados pela Ferrari já encontram à venda no Brasil produtos que levam o nome e a qualidade da marca.

Para os homens, a coleção Ferrari Watches, comercializada no país exclusivamente pela Fenícia desde dezembro de 2010, leva para os admiradores da Ferrari a melhor tecnologia e confiança dos relógios suíços somado ao know hall da marca em qualidade, design, conceito e exclusividade.

Voltada para homens com perfis luxuosos, arrojados e, ao mesmo tempo, versáteis e tecnológicos, os relógios são feitos de materiais que copiam os solados dos pneus, além das versões em couro com detalhes em azul, prata, vermelho e amarelo.

As mulheres, por sua vez, encontram nas lojas Authentic Feet uma linha de bolsas Ferrari desenvolvida pela Puma.

Fabricadas em couro, a coleção apresenta design esportivo, aliando beleza e praticidade. Disponível nos modelos de bolsa tradicional, sacola e viagem, as clientes podem escolher a opção que melhor atende às suas necessidades.

Nas cores preto, vermelho com detalhes em preto e branco com detalhes em vermelho, todos os modelos possuem bolsos internos que facilitam a organização, revestimento em poliéster e ótimo acabamento. O detalhe fica por conta da placa de metal escovado com o distintivo da Ferrari.

Tanto a linha de relógios quanto a coleção de bolsas seguem a qualidade característica da marca Ferrari, preocupando-se sempre em disponibilizar aos seus clientes produtos elegantes e de bom gosto, fabricados cuidadosamente para oferecer o que há de melhor no mercado.

Mais informações nos sites http://www.authenticfeet.com.br/  e http://www.feniciadobrasil.com.br/  .

Curso: Gestao de Marcas - com Beth Furtado.

Curso: Gestao de Marcas - com Beth Furtado.
Ola a todos.

Beth Furtado, uma das maiores especialistas em marca no país, ministra em Julho o curso Gestão de Marcas, na Madia Marketing School, em SP. Vale a pena conferir:

Objetivos:

Apresentar um panorama da gestão de marcas, com enfoque em cases;
Como gerenciar marcas varejistas para torná-las um diferencial competitivo e um valor relevante para os consumidores e para o negócio.

Programa
- Apresentação de conceitos essenciais e avançados de Gestão de Marcas com ilustração de varejistas globais, discussão de cases e debates;
- As mudanças da Sociedade Brasileira e os impactos em branding;
- Segmentações de mercado e públicos alvos: oportunidades na sociedade e para o mercado brasileiro;
- Expressões da Marca por meio da Identidade e da Personalidade – o design de marca;
- Denominações , ícones, signos e avatares;
- O conceito de posicionamento em marcas competitivas;
- Brand Equity – valor de marca para os diferentes públicos;
- O conceito da Arquitetura de Marca;
- As Leis das Extensões de Marca e a dinâmica do portfólio – alavancagem de negócios por meio de marcas;
- Conceitos em Marcas Próprias;
- As Leis que regulam a Gestão de Marcas;
- Responsabilidade social e sustentabilidade na gestão de marcas;
- Experiências diferenciadas em construção e gestão de marcas.

A quem se destina
- Diretores, gerentes e profissionais das áreas de marketing e comercial de empresas varejistas, agências de comunicação e fornecedores.

Professora:

Beth Furtado - Sócia-diretora da ALIA, consultoria especializada em marketing. Psicóloga com especialização em Administração de Empresas e em Varejo. Atua há mais de 20 anos nas áreas de Marketing e Comunicação em empresas de consultoria empresarial, bens de consumo e bens duráveis como INCEPA S/A, O Boticário, Consultoria Gouvêa de Souza & MD e Grupo Talent de Comunicação/QG Propaganda. É autora dos livros Singularidades no Varejo, Horizontes de Consumo e Desejos Contemporâneos. Colunista do Programa Comercial & Cia On Radio, veiculado na BandNews FM e articulista do blog www.mundodomarketing.com.br/bethfurtado.
Professora da Madia Marketing School, nos cursos de Marketing Pleno (Especialização) e Madia Marketing Master (MBA Executivo). Recebeu em 1999 o Top de Marketing pela ADVB Brasil, diploma outorgado pela Fundação Brasileira de Marketing, como responsável pelo êxito do case “Lojas Interativas O Boticário”. Indicada ao Prêmio Caboré 2.008 promovido pelo jornal Meio & Mensagem na categoria de Profissional de Planejamento.

Informações:

Valor normal do curso: R$ 1.280,00
Descontos especiais para matrículas antecipadas:
25% de desconto até 05 de Maio de 2011 = R$ 960,00
20% de desconto até 19 de Maio de 2011 = R$ 1.024,00
15% de desconto até 02 de Junho de 2011 = R$ 1.088,00
10% de desconto até 16 de Junho = R$ 1.152,00
5% de desconto até 22 de Junho = R$ 1.216,00
-Ex-alunos da Madia Marketing School

Data e Local:
Data: 15 e 16 de julho de 2011 – das 08h00 às 18h00 (5º e 6º feira)
LOCAL: MMS – Madia Marketing School – Rua Padre João Manuel, 755 – 13º andar – cj 132 São Paulo – SP

Mais informações: http://www.madiamarketingschool.com.br/gestao-de-marcas/

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Hipermercados perdem espaço no varejo brasileiro

Hipermercados perdem espaço no varejo brasileiro
Enquanto os hipermercados reduziram seu faturamento em 5,9%, os supermercados ampliaram em 12,2% suas receitas em 2010 na comparação com 2009.
Supermercado: com o fim da hiperinflação, brasileiros têm preferido as lojas menoresPela primeira vez em cinco anos, os hipermercados brasileiros registraram queda nas vendas em 2010 em relação a 2009. No ano passado, o faturamento dos hipermercados recuou 5,9% ante 2009, enquanto os supermercados ampliaram em 12,2% a receita, descontada a inflação do período.

Os dados são do 40.º Relatório Anual da revista "Supermercado Moderno", que realiza uma espécie de radiografia do varejo de autosserviço. "O que era uma tendência, em 2010 virou realidade, com a retração real das vendas dos hipermercados", afirma Valdir Orsetti, responsável pela pesquisa.

Desde 2005, os hipermercados vinham perdendo 1% ao ano de participação no faturamento do autosserviço, setor que atingiu receita de R$ 204 bilhões em 2010, com crescimento real de 7,1% em relação a 2009. O pano de fundo desse movimento foi o fim da hiperinflação, que tirou o grande apelo do hipermercado: ter preço mais competitivo do que o das lojas menores.

A comodidade, como a proximidade de casa ou do local de trabalho, levou o consumidor a fazer compras com maior frequência nas redes menores. Mas, para Orsetti, o fator decisivo para o avanço dos supermercados sobre os hipermercados foi a oferta de produtos na medida certa para o consumidor.

Gabriel Habka, supervisor comercial da rede Futurama, com sete lojas de supermercados na capital paulista, que fechou 2010 com faturamento de R$ 249 milhões e crescimento real de 5%, conta que faz um ano que a empresa começou a revisar o mix de produtos de cada loja. Alimentos kosher (aqueles fabricados de acordo com os preceitos judaicos) não podem faltar na loja da Angélica, onde residem muitos judeus, diz Habka. Na loja Cásper Líbero, por sua vez, é obrigatória a presença de biscoito coquinho, muito consumido pelo público vindo do Nordeste que mora na região. "A meta é dar o tiro no alvo certo."

A Coop Cooperativa de Consumo, com 29 lojas, faturamento de R$ 1,522 bilhão em 2010 e expansão real de vendas de 9%, tem uma equipe de sete profissionais desenhando o mix de produtos por loja, conta o presidente da empresa, Antonio José Monte. Entre os critérios para a seleção dos produtos estão o perfil social dos clientes e as preferências regionais.

Fonte: Epoca Negocios

Carrefour estuda fusão com Pão de Açúcar, afirma jornal francês

Carrefour estuda fusão com Pão de Açúcar, afirma jornal francês
O Carrefour está estudando a possibilidade de fundir sua unidade brasileira com o grupo Pão de Açúcar, publicou um jornal francês.

Analistas se mostraram céticos sobre a notícia, que não cita fontes e foi publicada no domingo pelo Journal du Dimanche. Na avaliação dos especialistas, um acordo do tipo levantaria questões de concorrência e provavelmente receberia oposição do grupo francês Casino, rival do Carrefour e dono de 35% do Grupo Pão de Açúcar.

Representantes do Carrefour e do Casino não comentaram o assunto nesta segunda-feira. O Grupo Pão de Açúcar afirmou, por meio da assessoria de imprensa, desconhecer essa negociação.

O Dimanche publicou sem citar fontes que o Carrefour, maior varejista da Europa, tinha dado mandato para o banco de investimento Lazard estudar uma transação que poderia envolver a família controladora do Pão de Açúcar assumindo uma participação no Carrefour.

"Abílio Diniz poderia assumir um assento no Carrefour, que está enfrentando dificuldades", publicou o jornal, acrescentando que qualquer transação precisaria da aprovação do Casino.

"Esta é a primeira vez que ouvimos tal plano no Brasil e, sem fontes citadas pelo jornal, preferimos ficar cautelosos sobre isso", disseram analistas do Espírito Santo em relatório.

"Isso porque o Casino detém quase 35% de participação no Grupo Pão de Açúcar e certamente teria algo a dizer sobre uma fusão. Além disso, a empresa combinada teria uma participação no varejo de alimentos de cerca de 30% no Brasil, o que poderia fazer autoridades regulatórias se manifestarem também", acrescentaram.

Fonte: Folha.com

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Confira as opções de negócios de franquias de serviços na ABF Franchising Expo 2011

Confira as opções de negócios de franquias de serviços na ABF Franchising Expo 2011
São diversas oportunidades de investimentos em franquias de prestação de serviços
O segmento de Negócios, Serviços e Outros Varejos compõe cerca de R$ 21 bilhões do total do faturamento do setor de franquias (27,6%), que faturou R$75 bilhões em 2010. Confira algumas opções presentes na ABF Franchising Expo 2011:

A AlphaGraphics, líder mundial em soluções de impressão digital e comunicações personalizadas, marca presença na ABF Franchising Expo. A empresa participa do evento por meio do estande da Franchise Store, com foco na expansão da rede, com a meta de alcançar pelo menos seis novas franquias até o final do ano. Ao mesmo tempo, a empresa divulga os novos modelos de negócios focados nas subdivisões da AlphaGraphics, como agDirect, agFoto e Barnard & Westwood.

Reconhecida no mercado varejista por levar inovações e soluções em embalagens, a Antilhas mais uma vez participa da ABF Franchising Expo. Na ocasião, apresentará seus novos serviços, entre eles, o Projeto Embalagem Viva e Antilhas Ásia. O Projeto Embalagem Viva é uma iniciativa pioneira que consiste no recolhimento de todos os resíduos sólidos descartados pelas redes de franquias no momento da entrega das embalagens. Também serão coletados os componentes descartados das vitrines. A empresa também anunciará as duas unidades na China, em Hangzhou e Hong Kong. O objetivo é desenvolver novos fornecedores de insumos ou adereços, novas tecnologias e adquirir know how para trazer ao Brasil.

A marca Cartório Postal estará presente no stand da empresa Franchise Emporium na feira ABF Franchising 2011. Durante o evento os visitantes poderão conhecer todos os detalhes do sistema que presta serviços privados de intermediação cartorária e atua num nicho pouco conhecido no Brasil. Neste ano, por exemplo, será apresentada mais uma novidade na feira: Seu Pet com Sobrenome. Este produto absolutamente diferenciado trata-se de um registro praticado em serviço registral com fé pública através deste documento os donos poderão registrar seus animais e ter um registro autêntico, confirmando a "adoção".

Microfranquia idealizada pelo empresário David Pinto, a Dr Resolve chegou ao mercado em agosto de 2010 para suprir a demanda por serviços de reparos e reformas em residências, condomínios e espaços comerciais. O investimento inicial é R$ 35.000,00 e o franqueado tem a vantagem de trabalhar em sistema home based, dispensando gastos com aluguel de imóveis. Além do modelo tradicional, a rede apresenta outros dois formatos de negócios: Franquia Dr Resolve Itinerante, para atendimento as pequenas cidades com até 50 mil habitantes, e Franquia Dr Resolve em Shoppings, para atendimento exclusivo a lojistas. A estimativa é chegar ao número de 300 franquias vendidas até dezembro.

A Eco Office, rede de franquias de soluções em impressão tem se destacado não só por seus sistemas realizados de maneira sustentável- com o objetivo de amenizar os impactos ao meio ambiente e, ao mesmo tempo oferecer um produto de alta qualidade no mercado de franchising, mas também pelo processo acelerado de expansão e estará presente na ABF Franchising Expo 2011. Em menos de dois anos de operações franqueadas a marca já colocou em funcionamento 21 unidades e tem outras nove em implantação.

O Grupo FITTA, empresa pioneira em franquias de agências de câmbio no Brasil, marca presença na ABF Franchising Expo 2011. Nesta edição, o estande do grupo simulará uma loja FITTA, trazendo o conceito moderno e inovador do novo visual merchandising adotado pela rede em outubro de 2010. O objetivo é criar uma ambientação das agências de câmbio Fitta e experimentação do conceito de serviços de câmbio"in loco".

Criada em 2005, a Imprima Fácil faz parte do Grupo Comunicare, e é especializada em impressão sob demanda (pequenos volumes) e dados variáveis (personalização de impressos). O conceito da marca é o de uma loja de serviços, com estrutura e atendimento voltados para atender ao público que frequenta shopping centers e centros comerciais. Com três lojas instaladas nos melhores shoppings centers de Curitiba (PR), a rede lança o seu projeto de franquias na ABF Expo 2011, no stand da NetplaN Consultoria, parceria do projeto, e apresentará o modelo de negócio, bem como sua linha de produtos e serviços disponíveis.

A Praquemarido®, empresa criada em 2003 com o objetivo de atender às necessidades do mercado de manutenção predial em comércios, escritórios e residências, participa pela primeira vez da ABF Franchising Expo. A empresa tem como objetivo expandir a marca para todos os Estados do país, motivada pelos números positivos que o setor de construção civil tem apresentado nos últimos meses.

A Restaura Jeans participará novamente da ABF Franchising Expo. A empresa, que oferece cuidados variados para roupas em mais de 200 lojas e pontos licenciados, possui expertise de sobra no franchising e montou uma estrutura bastante completa para atender sua rede franqueada. Para se ter ideia, a Restaura Jeans congrega desde os profissionais técnicos especializados em costura, customização, lavanderia e renovação de couro até consultores nas áreas de Marketing, Assessoria de Imprensa, Avaliação de Ponto Comercial, Desenvolvimento de Novos Produtos, Recursos Humanos, entre outros

A Seguralta - única empresa a oferecer oportunidade na área de corretora de seguros por meio de franquias- marca presença na 20ª ABF Franchising Expo. Nesta edição da feira, além de oferecer os mais variados seguros aos franqueados das redes, agora terão um mix maior de produtos, que inclui consórcios de automóveis e imóveis, financiamento de veículos e empréstimo consignado.

A Sorridents, rede de franquias de clínicas odontológicas do País, chega a sua quarta participação na ABF Expo com muita maturidade e reconhecimento no segmento de Franchising. Hoje, a Sorridents possui 160 clínicas comercializadas e 120 em funcionamento. Para 2011, projeta crescer 20% e abrir 27 clínicas. Os planos para o estado de São Paulo são ainda mais focados, com a instalação de 12 unidades em cidades do interior e municípios do Grande ABC.

Essas e muitas outras opções poderão ser visitadas e conferidas de perto pelos investidores interessados no segmento que mais cresce no franchising brasileiro.

Serviço 20ª ABF Franchising Expo
Local: Expo Center Norte – Pavilhão Vermelho
Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo – SP
Horário de Funcionamento: De 08 a 11 de junho das 13h às 21h (sábado, das 12h às 18h)
Preço do Ingresso: R$ 40,00
Mais informações no portal http://www.abfexpo.com.br/

Alunos criam miniempresas e recebem lições de varejo

Alunos criam miniempresas e recebem lições de varejo
Grupo Friedman participa do projeto Junior Achievement no Colégio Santo Inácio

O Grupo Friedman, consultoria especializada em varejo, apóia o Projeto Junior Achievement através de aulas ministradas no Colégio Santo Inácio, em Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro. Nele, aproximadamente 21 jovens entre 15 e 17 anos, estão recebendo estímulos para criarem suas próprias “mini-empresas”, desenvolverem produtos ecologicamente corretos e comercializarem os mesmos através de lições práticas de administração e técnicas de varejo.

O objetivo é prepará-los para se tornarem empreendedores e mostrar como funciona uma empresa e seus departamentos. O processo envolve, além da capacitação, conceitos de atendimento, técnicas de venda, pesquisa de mercado e cálculos financeiros. “Os alunos participam de atividades como dinâmicas e simulações que correspondem às demandas reais do mercado. Eles precisam definir o produto que vão desenvolver, captar o dinheiro para investimento, avaliar a origem da matéria prima, fazer balanços da empresa, produzir o produto observando a qualidade em todas as etapas e, por fim, vender. Tudo deve ser controlado por relatórios que eles mesmos preenchem e submetem à uma auditoria realizada pela Junior Achievement”, explica Clarissa Donda, uma das "advisers" do Grupo Friedman, como são chamados os instrutores voluntários que participam da orientação dos jovens.

Entre os trabalhos que ganham destaque em 2011, estão as capinhas de celular desenvolvidas pela empresa estudantil Incase S.A./E., criada pelos alunos do Santo Inácio utilizando retalhos doados por diversas empresas têxteis, entre elas a grife FARM. A loja doou os retalhos que sobraram da sua produção e estavam destinados ao lixo, e os alunos já estão entrando na fase final do projeto. “Eles buscam o material, criam e costuram. Fizeram, inclusive, redes sociais para as empresas, facilitando a comunicação entre eles e divulgando os seus produtos. Muitos jovens da própria escola já estão ávidos pela novidade”, acrescenta Clarissa.

As capinhas de celular, assim como outros produtos produzidos por empresas estudantis, como um botton feito com de tampas de garrafas ou almofadas de isopor, vão ser colocados à venda e expostos durante a feira que acontece no dia 04 de junho, no Shopping Downtown, na Barra da Tijuca.

Além do Santo Inácio, único colégio com duas turmas inscritas no Junior Achievement, outras escolas participam, como a Escola Corcovado e o Colégio Andrews.

A Junior Achievement é uma ong que trabalha com projetos de empreendedorismo em todo Brasil. Outras informações através do site http://www.jabrasil.org.br/rj/

quinta-feira, 19 de maio de 2011

25 de maio: Dia da liberdade de impostos

25 de maio: Dia da liberdade de impostos
Abasteça R$ 100,00 e só pague R$ 60,00. Para conscientizar população das altas cargas tributárias brasileiras, gasolina será vendida a R$ 1,744/litro. Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo são algumas das regiões onde será realizado o Dia da Liberdade de Impostos.

Na próxima quarta-feira, 25 de maio, Belo Horizonte será palco de mais uma edição do Dia da Liberdade de Impostos. “O objetivo do Dia da Liberdade de Impostos, é conscientizar a população sobre a grande carga de impostos que incide, direta e indiretamente, sobre sua renda”, explica o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Bruno Falci.

Em Belo Horizonte, a ação que é realizada pela CDL/BH e pelo Centro de Desenvolvimento Lojista (CDL Jovem) com o patrocínio do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Minas Gerais (Minaspetro) e da Associação Mineira de Supermercados (Amis), venderá gasolina a R$ 1,744/litro (*), ou seja, com desconto de 40% dos tributos incidentes no produto. O posto participante é o Albatroz (avenida Afonso Pena, esquina com avenida Brasil). A ação é limitada a cem automóveis e 130 motocicletas, mediante ordem na fila e sequência de senhas.

O dia 25 de maio é a data em que os cidadãos brasileiros passam a trabalhar em benefício próprio, pois todo o resultado do trabalho anterior a esta data simboliza a quantia a ser paga em impostos. Por isto a escolha da data. “A idéia é criar simbolicamente o dia em que paramos de trabalhar para pagar os impostos e ficamos livres deste peso. Os impostos são indispensáveis para a sociedade moderna, mas a sobrecarga tributária impede o crescimento econômico e quem sofre mais é a população de baixa renda”, diz o presidente da CDL/BH.

Fonte: CDL/BH

Marabraz neutraliza gases de efeito estufa de suas operações

Marabraz neutraliza gases de efeito estufa de suas operações
A rede de móveis Marabraz recebeu certificação de empresa carbono zero pelo programa CCO2, desenvolvido em parceria com a Credipar e o Instituto Ecoplan para neutralizar os gases do efeito estufa emitidos nos processos rotineiros da empresa, desde o transporte e a estocagem de produtos até a inauguração de novas lojas. Árvores serão plantadas na Fazenda Cambijú, em Ponta Grossa (PR), para compensar a emissão de gases de efeito estufa. A estimativa é que 100 mil árvores sejam plantadas para a compensação de emissão de CO2.
Fonte: Mercado & Consumo

Câmara proíbe uso de sacolas plásticas em São Paulo

Câmara proíbe uso de sacolas plásticas em São Paulo
A Câmara Municipal de São Paulo aprovou uma lei proibindo o uso de sacolas plásticas pelo comércio. Se aprovada pelo prefeito Gilberto Kassab (PSD), a medida entra em vigor no dia 1º de janeiro de 2012. Quem desrespeitar a regra poderá ser multado ou ter a licença comercial suspensa. Kassab já vetou proposta semelhante no passado, mas a expectativa é que desta vez aprove-a. "Somos favoráveis a esse projeto. O encaminhamento é pela aprovação", disse Kassab, antes da votação na Câmara. Com a aprovação, a maior cidade brasileira será a segunda capital do país, depois de Belo Horizonte (MG), a proibir as embalagens plásticas. Dois vereadores - Aurélio Miguel (PR) e Francisco Chagas (PT) - vão entrar na Justiça contra a lei.

Na semana passada, os supermercados fecharam acordo com o governador Geraldo Alckmin para banir as sacolas plásticas do setor até o final do ano no Estado. Esse acordo só vale para os supermercados e não prevê punição para quem desrespeitar a regra.

Fonte: Folha de S.Paulo (via GSMD)

Ponto Frio inaugura loja conceito no Carioca Shopping

Ponto Frio inaugura loja conceito no Carioca Shopping
Os clientes do Carioca Shopping passarão a contar com uma mega loja conceito do Ponto Frio, a partir do dia 24 de maio. A loja, de 1.700 m2, segue o novo conceito da rede com ampla área de vendas e oferece a mais completa linha de produtos de tecnologia disponível no mercado. Construída sob o novo formato "conceito", a nova Ponto Frio oferece um espaço hi tech, contemporâneo e aconchegante, que proporciona uma experiência de compra única para os clientes de shopping. Além de uma vitrine de tecnologia e informática para produtos de maior valor agregado, como os itens da linha Apple, a loja tem layout diferenciado e oferece a "degustação" e experimentação de produtos como iPads, celulares e computadores com acesso à internet, inclusive com rede Wi-Fi. "A chegada dessa loja reflete o bom momento pelo qual o Carioca Shopping está passando. Estamos brindando nossos clientes com uma loja de primeiro mundo", conta Henrique Baez, Superintendente do Carioca Shopping.

Comércio eletrônico fatura R$ 760 mi no Dia das Mães

Comércio eletrônico fatura R$ 760 mi no Dia das Mães
A comodidade de usar o teclado e o mouse do computador para fazer as compras fez com que os consumidores trocassem a ida ao comércio tradicional pelas lojas virtuais. Com isso, a receita do e-commerce no Dia das Mães foi maior do que o do varejista de rua.

A data registrou faturamento no comércio eletrônico, de R$ 760 milhões, número 22% maior em relação a mesma data em 2010 (R$ 625 milhões). Na contramão, as vendas do varejo tradicional na data apontou alta de 6,53%, apontaram dados da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas).

Mesmo com o crescimento das compras on-line, o valor do tíquete médio ficou R$ 30 menor neste ano, passando de R$ 380 (em 2010) para R$ 350, conforme o levantamento realizado pela e-bit, empresa especializada em informações de comércio eletrônico. Isso significa que o volume de itens vendidos foi maior do que o preço de cada presente. No ano passado, os preços médios subiram influenciados também pela antecipação de compras de televisores, por exemplo, em razão da Copa do Mundo.

O diretor de marketing e produtos da e-bit, Alexandre Umberti, justifica esse cenário com a chegada de novos compradores pertencentes a classe C, o que colabora para incrementar as vendas do setor. "Esse consumidor tem a possibilidade de comprar de produtos de maior valor agregado com extrema facilidade e com prazos de pagamento mais elásticos", destaca o executivo.

Ele considera que os períodos festivos para o e-commerce são sempre um trampolim nas vendas dos empresários. "O Dia das Mães, assim como outras datas sazonais, tem um apelo de vendas muito forte e é bastante explorado pelas lojas virtuais."

PRODUTOS - Não é surpresa que os produtos da categoria saúde, beleza, cosméticos e medicamentos estiveram entre a preferência pelos filhos na hora de presentear suas mães. Neste ano, esses itens corresponderam a cerca de 14% do total de pedidos. Em seguida vieram eletrodomésticos com 13%, e informática com 11%. Na sequência itens de telefonia e celulares responderam por 7% dos pedidos, e moda e acessórios por 6%. (veja arte acima)

Eletrodomésticos foi, no ano passado, a campeã das categorias mais vendidas durante a data comemorativa, com 15% do volume total de pedidos.

Fonte: Diario do Grande ABC

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Conferência E-commerce Brasil de Métricas e UX destaca o potencial do país no setor de varejo eletrônico

Conferência E-commerce Brasil de Métricas e UX destaca o potencial do país no setor de varejo eletrônico
Brasil representa cerca de 60% do volume do comércio eletrônico na América Latina, incluindo o México.
O encontro reuniu cerca de 250 lojistas online já atuantes em todo o Brasil, fornecedores de e-commerce e profissionais especializados na área

“Quem foi que disse que de 2% a 4% é uma boa taxa de conversão para o e-commerce brasileiro?”. Foi com essa indagação de Mariano Farias, da VTEX, que saíram os participantes da Conferência Técnica E-commerce Brasil Métricas e UX, que aconteceu nessa quinta-feira (12.05), no hotel Blue Tree Towers, em São Paulo.

Reunindo cerca de 250 lojistas online já atuantes em todo o Brasil, fornecedores de e-commerce e profissionais especializados na área, o evento foi o segundo de uma série de quatro eventos com caráter técnico, promovidos pelo Projeto E-commerce Brasil, que tem como objetivo desmembrar e aprofundar pontos estratégicos da cadeia de comércio eletrônico.

Com palestras focadas em métricas avançadas para conversão de vendas e a experiência do usuário, a conferência desmistificou alguns pontos estratégicos do comércio eletrônico brasileiro. O primeiro deles é sobre o que podemos considerar uma boa taxa de conversão. “Quem disse que de 2% a 4% é uma boa taxa de conversão? Nos Estados Unidos, as lojas possuem taxas de 15%, 18%, 20%. Existem lojas que convertem mais de 40% das vendas. Precisamos customizar, estruturar a loja virtual, conhecer melhor o cliente. Temos que jogar nossa meta em 15%, 20%, para conseguir converter ao menos 8%, 10%”, afirma Mariano Farías, da VTEX.

Para confirmar esses números, Gerson Rolim, diretor da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net), mostra todo o potencial de mercado que existe no país. “Hoje existe o Brazilian Dream. Todos querem entrar no e-commerce brasileiro. O Brasil representa cerca de 60% do volume do comércio eletrônico na América Latina, incluindo o México, que é o segundo colocado com 12%. Temos um potencial gigantesco para ser explorado, somos a bola da vez”, explica.

E após trazer o cliente para loja e apontar o produto, como fazer para que ele não abandone o carrinho na hora do check out? Segundo Juliano Motta, do UOL, quase 50% das transações sofrem abandono durante o processo de fechamento. “O usuário está no check out e queremos confirmar o pedido. É necessário passar todas as informações para evitar que ele clique em voltar, e se perca no meio da transação. É preciso deixar bem explícito informações como taxas de frete, opções de pagamento, segurança e certificação”, explica.

Segundo Tiago Baeta, diretor de operações do Grupo iMasters e idealizador do Projeto E-commerce Brasil, a conferência técnica correspondeu a todas as expectativas. “Esse é o segundo evento das quatro conferências técnicas, e a cada encontro, estamos mais no caminho de alavancar, consolidar e buscar a excelência em e-commerce. Queremos aprimorar e mostrar todo o potencial de comércio eletrônico que o Brasil tem”, finaliza.

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas: Grupo iMasters, Mercado Livre, BuscaPé, Grupo DGB, Site Blindado, Google, Grupo Abril, VIRID Interatividade Digital, iPagare, Accurate, ClearSale, Completa Logística, Compra3, Dinamize, Dotstore, Internet Innovation, KPL Soluções, Locaweb, MoIP, Megalos Ideas, Dinamize PagSeguro e WB4B/C’ Negócios Online.

Para saber mais sobre o projeto e a agenda de eventos, acesse: http://www.ecommercebrasil.com.br/

Verdemar abre supermercado sustentável em Belo Horizonte (MG)

Verdemar abre supermercado sustentável em Belo Horizonte (MG)
A rede de supermercados Verdemar, de Belo Horizonte (MG), abriu recentemente uma loja ecologicamente correta, com algumas propostas sofisticadas e outras adequadas aos pequenos negócios. A loja utiliza o dióxido de carbono (CO2) como fluido no sistema de refrigeração, substituindo os atuais refrigerantes sintéticos HCFC / HFC e assim reduzindo a emissão de poluentes a zero. Outra inovação é a estação de tratamento de água, que tem como meta reaproveitar 80% do líquido usado no abastecimento da loja. Toda a água tratada é utilizada em banheiros, limpeza de áreas externas e manutenção de jardins. Os banheiros possuem válvulas de descargas com um acionamento para resíduo líquido e outro para sólido, que também economiza água.
Além da coleta de resíduos, a rede também coleta computadores. O material é doado a uma organização que utiliza esse tipo de matéria-prima para profissionalização de menores em situação de risco. Interessante também é a pintura à base de minério de ferro. Situada em uma região onde há muitas minas, a Verdemar decidiu criar uma tinta à base de minério e resina. O depósito do grupo deverá ser pintado da mesma forma.

Fonte: Mercado & Consumo

Patroni Pizza comemora a centésima franquia da rede

Patroni Pizza comemora a centésima franquia da rede
Loja será inaugurada em julho deste ano em Ribeirão Preto (SP)
Na noite desta quinta, 12 de maio, a Patroni Pizza, maior rede de pizzarias do Brasil e uma das mais premiadas no segmento de franquias de alimentação do País, comemorou a marca histórica de chegar à centésima loja da rede ao lado de colaboradores, franqueados e principais parceiros como The Coca-Cola Company, Alshop e Multiplan. A festa aconteceu no Espaço Quatá, cidade de São Paulo, e contou com a participação da apresentadora Adriana Colin, que foi a mestre de cerimônias. A nova loja, que tem previsão de inauguração para julho de 2011, será aberta na cidade de Ribeirão Preto, no shopping Santa Úrsula, pelo franqueado Clécio Takata. “Nossa responsabilidade, com certeza, aumentou e muito. "Estamos dando o nosso melhor para que os ribeiropretenses tenham acesso à melhor culinária rápida do Brasil”, disse Takata durante a cerimônia de assinatura do contrato.

"A história da Patroni Pizza começou em 1984 com uma loja no bairro do Paraíso. Há oito anos abrimos nossa expertise para o modelo de franquias e, agora, em 2011 comemoramos a nossa centésima loja! Isso representa um crescimento médio de 126% ao ano e devemos esse sucesso a todos aqueles que fazem a Patroni ser a melhor franquia de alimentação do país", emociona-se Sr. Rubens Augusto Júnior, presidente da Patroni Pizza. O crescimento da marca se deve às melhorias contínuas e no fortalecimento das parcerias com os franqueados. Por exemplo, recentemente, a franquia lançou um novo mix de produtos com o conceito Don que busca fidelizar seus clientes, atrair novos consumidores e buscar uma identidade única e exclusiva no mercado de foods service brasileiro.

"Dois sócios e eu estávamos buscando uma franquia de alimentação para investir em Ribeirão Preto. Fizemos uma busca pelas melhores empresas do ramo e encontramos a Patroni Pizza. Recebemos total suporte dos diretores e funcionários da rede que nos auxiliaram em todas as etapas de implantação do projeto”, afirma Clécio Takata. O novo integrante da família Patroni Pizza diz ainda que a notícia da comemoração o pegou de surpresa, pois não sabia que seria o franqueado da centésima loja da bandeira.

A Patroni Pizza que está em todas as regiões, de Norte a Sul do país, pretende expandir a rede, ainda em 2011, para mais cidades, levando aos seus consumidores a alta qualidade de sua gastronomia, ótimo atendimento e experiência de mercado para agradar o paladar de mais e mais brasileiros.