Buscar

AFRAS comemora o encerramento da segunda etapa do Programa Franchising de Baixo Carbono

A AFRAS teve o prazer de comemorar o término da segunda edição do Programa Franchising de Baixo Carbono. Trata-se de uma iniciativa pioneira mundialmente que visa reduzir e compensar os gases causadores do efeito estufa pelas empresas que atuam no franchising.

Com a conclusão da segunda turma, 24 franqueadoras já participaram do programa e fizeram o levantamento - ao menos em 5 lojas da rede - dos gastos com Combustíveis, Energia Elétrica e Resíduos Sólidos e Orgânicos.


“O mais importante desse trabalho é dar o ponta pé inicial. Todos os participantes do programa sabem, a partir de agora, por onde devem seguir para continuar reduzindo a emissão desses gases nocivos e também quanto economizarão ao longo desse processo”, afirma Claudio Tieghi, presidente da AFRAS.

Para ele, o potencial desse programa é fabuloso, pois juntas, só as marcas participantes dessa segunda etapa somam quase três mil unidades franqueadas.

Durante o evento de entrega das placas que identificam as unidades participantes do projeto, a consultoria Fábrica Éthica, parceira do projeto, anunciou que foram contabilizados 970 toneladas de CO2 nessa fase do projeto. “O processo utilizado segue as regras do GHG Protocol, que é o padrão reconhecido mundialmente”, disse Marcelo Rocha, da Fábrica Éthica.

Já o Instituto Socioambiental (ISA), parceiro do projeto responsável pela compensação dos gases emitidos por meio da plantação de árvores, mostrou vídeos da área na reserva do Xíngu onde estão sendo plantadas as árvores com os recursos do programa.

Os vídeos deixaram todos os presentes muito emocionados e com o sentimento prático de estarem ajudando para recuperação das matas ciliares do rio Xingu (MT), região reguladora de chuvas, que atinge o ecossistema da América do Sul, Central e parte da Europa.

Ainda segundo Tieghi, esse é um caminho sem volta, ou seja, o repensar dos processos e fazer diferente em prol de uma operação mais sustentável é obrigação de todos. “O programa Franchising de Baixo Carbono é um excelente começo para que essa prática torne-se sistêmica dentro das empresas”.

As marcas que fizeram parte da segunda edição do programa foram: Alphagraphics, Arezzo, Bob’s, Cacau Show, Divino Fogão, Doggis, Farmais, KFC e Pizza Hut.

Todas as redes que participaram desse piloto receberam as placas para serem colocadas nas unidades inventariadas. “Aos poucos, o próprio consumidor vai notar a presença das placas, o que agrega mais um diferencial aquela operação”, afirma Eleine Bélaváry, diretora executiva da AFRAS. “Além da placa, todos receberam ainda um exemplar do Manual de Implementação do Programa Franchising de Baixo Carbono, que tem como objetivo nortear as iniciativas das redes no caminho de práticas mais sustentáveis”.


Postar um comentário

0 Comentários