quarta-feira, 13 de junho de 2012

Grupo CRM apresenta suas marcas e resultados na ABF 2012

Kopenhagen e Chocolates Brasil Cacau estão otimistas com as perspectivas para este ano

Para os interessados em um negócio que leva a credibilidade de uma marca de 84 anos e a jovialidade da nova rede de franquias que não para de crescer, o Grupo CRM, detentor da Kopenhagen e da Chocolates Brasil Cacau, tem no seu portfólio marcas que não deixam dúvidas na hora de investir no setor de lojas especializadas em chocolates. Com o aval de seus principais franqueados que hoje investem nas duas redes, e outros três mil candidatos cadastrados no banco de dados de interessados em abrir uma franquia, hoje o Grupo CRM é o único conglomerado industrial com conhecimento específico para a fabricação de chocolates, para todos os segmentos e perfil de consumidores.


Quando o assunto é oferecer um produto de qualidade, seja para presentear ou para consumo próprio, e ainda um serviço de cafeteria que chega a aumentar em 30% o movimento das lojas, a companhia tem a opção certa de negócio. Durante todos os dias da ABF Franchising Expo haverá apresentações aos interessados em saber mais sobre as franquias. A ideia é promover uma interação dos executivos do Grupo CRM com os candidatos interessados para esclarecer os principais pontos e dúvidas do negócio de chocolaterias dando ainda mais confiança na hora de fazer o investimento.

Para os interessados em um negócio que leva a credibilidade de uma marca de 84 anos e a jovialidade da nova rede de franquias que não para de crescer, o Grupo CRM, detentor da Kopenhagen e da Chocolates Brasil Cacau, tem no seu portfólio marcas que não deixam dúvidas na hora de investir no setor de lojas especializadas em chocolates. Com o aval de seus principais franqueados que hoje investem nas duas redes, e outros três mil candidatos cadastrados no banco de dados de interessados em abrir uma franquia, hoje o Grupo CRM é o único conglomerado industrial com conhecimento específico para a fabricação de chocolates, para todos os segmentos e perfil de consumidores. Quando o assunto é oferecer um produto de qualidade, seja para presentear ou para consumo próprio, e ainda um serviço de cafeteria que chega a aumentar em 30% o movimento das lojas, a companhia tem a opção certa de negócio. Durante todos os dias da ABF Franchising Expo haverá apresentações aos interessados em saber mais sobre as franquias. A ideia é promover uma interação dos executivos do Grupo CRM com os candidatos interessados para esclarecer os principais pontos e dúvidas do negócio de chocolaterias dando ainda mais confiança na hora de fazer o investimento.

Franquias

A evolução no número de lojas franqueadas também é um fator que contribuiu para a consolidação dos números da empresa. De 2009 para cá, Kopenhagen tem aberto uma média de 20 novos pontos de venda por ano. O que denota um amadurecimento da marca em buscar oportunidades em locais nobres que comportem um comércio com as características que uma grife de chocolates finos exige. Já a Chocolates Brasil Cacau mantém uma média de abertura de uma loja por semana desde a sua criação, tendo fechado 2011 com 144 operações com a previsão de abrir 100 lojas em 2012. Juntas, as duas marcas do Grupo CRM devem ultrapassar os 500 pontos de venda até o fim do ano, um marco histórico.

Os interessados em se tornar um franqueado do Grupo CRM devem entrar em contato com a área de expansão da companhia pelos sites das marcas www.chocolatesbrasilcacau.com.br  e www.kopenhagen.com.br  ou pelos e-mails expansao@chocolatesbrasilcacau.com.br  e expansao@kopenhagen.com.br . Para a Chocolates Brasil Cacau o investimento inicial é a partir de R$ 120 mil. Para Kopenhagen o investimento inicial é de R$ 350 mil. Os candidatos passam por uma fase de pré-qualificação, entrevistas, aprovação de ponto de venda, entre outros trâmites necessários para franquear as marcas. O processo é rigoroso já que o Grupo CRM busca empreendedores que tenham experiência comercial e visão empresarial além de liderança na condução de pessoas e negócios. Em contrapartida, após a aprovação, o investidor conta com consultoria e apoio durante a fase de pré-inauguração e assessoria de marketing, premiações, treinamentos e todo suporte necessário para fazer a nova unidade se estabelecer.
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?