Empresa reverteu parte da renda para ONGs parceiras

Em sua quarta edição consecutiva, a Campanha de Recuperação de Crédito da Serasa Experian - Natal 2012 beneficiou cerca de 10 milhões de consumidores. Foi o maior número de beneficiados desde 2010, ano em que foi lançada a campanha.

O objetivo da iniciativa foi sensibilizar o maior número de empresas a adquirir, com condições especiais, as soluções de recuperação de crédito da Serasa Experian. Com a utilização dessas ferramentas, os varejistas puderam analisar de maneira detalhada a situação de seus clientes, e assim estabelecer uma renegociação saudável, condizente com a realidade financeira do cidadão. “As renegociações permitiram às empresas recuperarem suas dívidas em atraso, e aos consumidores regularizarem as suas pendências, tornando-se aptos a tomarem crédito novamente”, explicou Vander Nagata, superintendente de informações sobre consumidores da Serasa Experian.




Ao todo, 350 instituições aderiram à campanha, número também recorde. “Como o Natal é a mais importante data para o varejo, muitas empresas se conscientizaram da necessidade de recuperar seus clientes para este período”, relata Vander.

ONGs beneficiadas

Além dos consumidores e das empresas participantes, a Campanha Serasa Experian de Recuperação de Crédito- Natal 2012 beneficiou três ONGs parceiras da Serasa Experian, direcionando a essas organizações parte dos resultados obtidos pela iniciativa. As ONGs atendidas foram Lar Bethel, Projeto Quixote e Solidariedade França Brasil.

“Esses recursos já foram utilizados para pagamento do salário de dezembro e a outra parte utilizaremos na melhoria de nossa estrutura física”, disse Orlando Mattos Jr., coordenador executivo do Lar Bethel, sediado em São Paulo. A organização investe na educação, na saúde e no lazer de crianças carentes.

O Projeto Quixote, especializado em auxiliar crianças, adolescentes e famílias em situação de risco social, pretende, por sua vez, destinar a renda obtida para o projeto “Refugiados Urbanos”, que trabalha com crianças e jovens que saíram de suas casas para viver nas ruas da cidade de São Paulo. “O objetivo final do Programa é o rematriamento, ou seja, a reinserção dessas crianças e jovens em suas comunidades de origem e em suas famílias, que na maior parte das vezes se encontram no limite da linha da pobreza, desorganizadas e desestruturadas para recebê-los de volta”, explicou a coordenadora geral do Projeto Quixote, Graziela Bedoian.

O benefício oriundo da campanha também veio em boa hora para a ONG Solidariedade França Brasil, que atua em defesa da educação na Baixada Fluminense, região que apresenta preocupantes índices de desenvolvimento. “Em um momento em que tivemos dificuldades na captação de recursos e em que ainda são necessárias muitas ações, a doação da Serasa Experian é muito importante para a Solidariedade França-Brasil”, disse Suzete Younes, gerente executiva da organização.