terça-feira, 11 de junho de 2013

Fluxo de clientes nas lojas aumenta em 20% no final de semana que antecede Dia dos Namorados

Segmento de Equipamentos e materiais para escritório, Informática e de comunicação apresentou alta de 8,6% em relação ao ano anterior

Fluxo aumenta cerca de 20%
durante o período
Dia dos namorados chegando e a expectativa dos varejistas de aumentar o faturamento em pelo menos 5% em 2013 pode estar mais próxima de ser atingida. Pelo menos se considerarmos o incremento em torno de 20%, no fluxo de clientes nas lojas apenas no último final de semana que antecede a comemoração, as previsões são otimistas.

De acordo com a Virtual Gate, que fornece soluções para o varejo, o período de 21 de maio a 05 de junho de 2011, 2012 e 2013, demonstra redução de fluxo de clientes de 12% na comparação 2011 x 2012. Entretanto, 2013 apresenta crescimento de 5% na comparação com ano anterior, demonstrando que a tendência na quantidade de shoppers até dia dos namorados em 2013 será maior que o registrado em 2012.



“Tal índice foi comprovado ao analisarmos os números do final de semana que antecede a data, que registrou um pico de 20% de acréscimo no fluxo de clientes que estiveram nas lojas de rua e de shopping em busca de presentes”, explica a diretora geral da empresa, Heloísa Cranchi.

O segmento que prevê maior crescimento, ao contrário do que muitos imaginam, não é o de vestuário, que espera um acréscimo de apenas 6,2%. Mais tecnológicos, o segmento de Equipamentos e materiais para escritório, Informática e de comunicação (entenda-se celulares, notebooks e tablets), que registrou uma redução de 4% entre 2011 e 2012, é o que apresenta alta de 8,6% no comparativo de 2012 e 2013, demonstrando possível crescimento no volume de shoppers até dia 19/06/2013. Tecidos, vestuário e calçados houve redução de 10% entre 2011 e 2012, e crescimento de 6,2% entre 2012 e 2013, demonstrando também a perspectiva de crescimento de fluxo no período do Dia dos Namorados.

Foram analisados dados de 752 pontos de vendas no território nacional, divididos entre os segmentos de “Tecidos, vestuário e calçados” e “Equipamentos e materiais para escritório, informática e de comunicação” nos períodos de 21/maio a 19/junho de 2011 e 2012 comparativamente a 21/maio a 05/junho em 2013.

Graças à tecnologia de captura de informações por meio de câmeras (vídeo-analytics), a Virtual Gate, empresa do Grupo Plastrom, oferece serviços e soluções diferenciadas, entre os quais se destacam a análise especializada das informações apuradas pelos sistemas e da taxa de conversão, ajudando na construção de resultados para seus clientes.

Conhecendo a sua curva de fluxo, o varejista pode preparar as lojas para melhor atender o cliente neste período, assim como em outras datas comemorativas que estão mapeadas pela sazonalidade de vendas, e com certeza irá se surpreender com os resultados alcançados.

Como explica Heloísa, quando o lojista monitora o fluxo e a taxa de conversão de cada ponto de venda individualmente, ele sabe se suas estratégias estão funcionando ou se algo precisa ser alterado ou melhorado. “Com tudo isso, o varejista passa a ter informações que o auxiliam a tomar as melhores decisões estratégicas, que, com certeza, irão refletir num melhor atendimento ao cliente”, conclui a executiva.

Entre seus clientes estão grandes varejistas como C&A, Pernambucanas, Vivo, Telhanorte, Leroy Merlin, Livraria Cultura,Cybelar, Shoestock, Nokia, Via Uno, Reebok, Cantão, Redley, L'Occitane, Lacoste, Kate Spade entre outros.

Mais informações: www.virtualgate.com.br
Post Anterior
Próximo Post