Buscar

Projeto busca tornar minimercados de bairros, no PR, mais competitivos

Varejo TOP Loja Minimercados vai envolver micro e pequenas empresas do segmento em Curitiba, Ponta Grossa, Ivaiporã e Francisco Beltrão

O Sebrae/PR e o Sistema Fecomércio Sesc Senac PR assinam nesta segunda-feira, dia 24, termo de cooperação técnica para o desenvolvimento do Projeto Varejo TOP Loja Minimercados. A proposta é capacitar micro e pequenas empresas do segmento para competir com grandes redes que passaram a atuar também no formato de minimercados em bairros.Ainda particip am do encontro, que acontece na sede do Sebrae/PR, em Curitiba, outros dois parceiros, o Sindicato do Comércio Atacadista (SINCA) e a Associação Paranaense de Supermercadistas (APRAS).

O projeto é inédito no Brasil e será realizado no Paraná, inicialmente, em quatro municípios: Curitiba, Ponta Grossa, Ivaiporã e Francisco Beltrão. Em Ivaiporã e Francisco Beltrão, o Varejo TOP Loja Minimercados já está em andamento. Em Curitiba e Ponta Grossa, os lançamentos vão ocorrer nos dias 9 e 23 de julho, respectivamente.


O Projeto é uma iniciativa do Sebrae Nacional e cada estado deve atuar com ações segmentadas. No caso do Paraná, haverá projetos específicos para os segmentos de Minimercados, Confecção e Materiais de Construção.

De acordo com Osmar Dalquano, coordenador estadual do Setor de Comércio, Bens e Serviços do Sebrae/PR, só podem participar os minimercados que possuam até 400 metros quadrados de área física e quatro check-outs, ou seja, quatro caixas operando. "O projeto foi pensado para atender as micro e pequenas empresas que enfrentam as dificuldades atuais do mercado, que está sofrendo com a entrada das grandes redes nos bairros."

A sobrevivência dos antigos minimercados nos bairros, na avaliação de Osmar Dalquano, está ameaçada com esses novos negócios. "Por isso a necessidade de se tornarem mais competitivos, para não verem seus clientes migrarem para as grandes redes", contextualiza.

Um estudo feito pela GFK Mercado de Vizinhança - que serviu de apoio para o projeto Varejo TOP Loja Minimercados - mostra que existem mais de 50 mil estabelecimentos com esse perfil espalhados no País, que respondem por 40% do volume de vendas dos segmentos de alimentos, bebidas, limpeza, higiene e beleza. As lojas que dispõem de quatro check-outs, em média, possuem 20 funcionários, atendem 580 clientes, por dia, e faturam cerca de R$ 3,8 milhões anualmente.

"O projeto foca na capacitação dos empresários e dos gerentes dos minimercados. Planejamos uma grande carga de treinamentos para gestão da empresa. Além disso, cada loja participante receberá consultoria de atendimento individual com o objetivo de elevar a performance do gestor do negócio, e ainda poderá participar de missões técnicas para conhecer inovações do setor e escolher as melhores práticas", informa o assessor técnico do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, Paikan Salomon de Mello e Silva.
O projeto vai atender até 25 empresas em cada município. "É muito importante que o empresário se prepare para sobreviver nesse cenário, buscando se modernizar, criar um plano de trabalho à longo prazo. O perfil do consumidor mudou muito. Ele não faz mais compras para estocar em casa, agora ele vai duas, três vezes na semana no mercado. E por isso, acaba comprando até 30% a mais daquilo que tinha planejado, por impulso. É preciso pensar em estratégias para agregar mais diferenciais à venda", explica Osmar Dalquano, do Sebrae/PR.

Soluções inovadoras

O desafio do Projeto Varejo TOP Loja Minimercados é buscar soluções inovadoras para o segmento e para isso conta com o apoio de parceiros para agregar expertise de formação. As capacitações serão ministradas por profissionais da Academia Empresarial APRAS que são especialistas no segmento.

Segundo a consultora do Sebrae/PR, Fernanda Pesarini, que também será responsável pelo projeto em Curitiba, os treinamentos serão voltados para temas como "Gestão de compras e de estoque"; "Tributação"; "Liderança"; "Visual da Loja"; "Marketing de Vizinhança"; "Gestão de RH e retenção de talentos". "A ideia é levar ferramentas para o empresário e sua equipe. Por exemplo, em vez de inchar as prateleiras com novos produtos e, com isso, reduzir o espaço de circulação dos carrinhos na loja, o empresário deve pensar em compor um mix mais reduzido de produtos destinado ao perfil dos seus clientes. O mix de produto será mais enxuto, porém assertivo", esclarece.

O fato dos minimercados já atuarem há mais tempo nos bairros e já estarem bem próximos dos clientes os deixam em vantagem em relação às grandes redes. "O consumidor compra hoje por conveniência. Se ele tiver que pagar um real a mais por um refrigerante para ser atendido mais rápido, ele vai pagar. O consumidor não quer perder tempo em fila de caixa. Então, o empresário deve pensar em oferecer uma melhor acessibilidade, um bom estacionamento, serviços de entrega em domicílio e outros diferenciais para fidelizar o cliente", detalha Fernanda Pesarini.

O projeto em Curitiba, que está em fase de inscrições, ainda será aberto para participação de minimercados dos municípios de Pinhais, São José dos Pinhais, Araucária e Campo Largo.

A assinatura do termo de cooperação do Projeto Varejo TOP Loja Minimercados acontece no horário das 11h30 às 13 horas, na Sala Araucária que fica no 3º andar do Sebrae/ PR (Rua Prado Velho, nº 150).


Conheça o perfil do gestor do pequeno varejo

  • Tem em torno de 38 anos
  • A maioria é masculina; 71% são homens
  • 56% não concluíram o ensino fundamental
  • Têm em média 15 anos de experiência no ramo
  • 84% administram empresas familiares

Sobre o Sebrae/PR

O Sebrae/PR - Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná é uma instituição sem fins lucrativos criada nos anos 1970 para dar apoio aos empresários de micro e pequenas empresas e aos empreendedores interessados em abrir o próprio negócio. No Brasil, são 27 unidades e 800 postos de atendimentos espalhados de norte a sul. No Paraná, seis regionais e 11 escritórios. A entidade chega aos 399 municípios do Estado por meio de atendimento itinerante, pontos de atendimento e de parceiros como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece palestras, orientações, capacitações, treinamentos, projetos, programas e soluções empresariais, com foco em desenvolvimento de empreendedores; impulso a empresas avançadas; competitividade setorial; promoção de ambiente favorável para os negócios; tecnologia e inovação; acesso ao crédito; acesso ao mercado; parcerias internacionais; r edes de cooperação; e formação de líderes.